Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Instituto de Relações Internacionais
 
Bacharelado em Relações Internacionais
 
Disciplina: BRI0017 - Integração Regional
Regional Integration

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2010 Desativação:

Objetivos
O curso tem como objetivo discutir as perspectivas da integração regional a partir de três disciplinas do campo das Relações Internacionais: Economia, Direito e Ciência Política. Trata-se de apresentar os conceitos centrais e introduzir as diversas abordagens teóricas para analisar os principais processos de integração em curso. Experiências de integração na Europa e América Latina serão tomadas como estudo de caso, com o objetivo de consolidar o aprendizado conceitual.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
5005992 - Deisy de Freitas Lima Ventura
2795189 - Janina Onuki
2121493 - Maria Antonieta Del Tedesco Lins
 
Programa Resumido
Teorias da integração regional. Interdependência e a abordagem neofuncionalista das Relações Internacionais. A experiência da integração européia. O histórico da integração na América Latina. O relacionamento Brasil e Argentina e a criação do Mercosul.
Dinâmicas institucionais na Europa e na América do Sul (Mercosul, CAN e UNASUL). Introdução ao Direito da Integração Regional. Introdução aos temas de Governança Regional.
Aspectos teóricos da integração econômica (criação de comércio, ganhos do comércio, etc.) (modelos microeconômicos simples). Análise econômica de experiências de integração (etapas da integração européia e resultados, Mercosul, outras experiências na América Latina). Unificação monetária.
 
 
 
Programa
1. Conceitos e abordagens teóricas das Relações Internacionais: análise dos processos de integração regional
2. Funcionalismo e neofuncionalismo: interdependência e integração
3. Política externa e integração regional: intergovernamental versus supranacional
4. Política externa dos países da América Latina em perspectiva comparada: obstáculos e facilitadores da integração.
5. Princípios do Direito Comunitário europeu, e suas relações com a ordem nacional e o direito internacional
6. Estudo comparado do quadro orgânico da União Européia, do Mercosul, da CAN e da UNASUL
7. Análise comparada dos princípios do Direito da Integração e dos sistemas de solução de controvérsias da América do Sul (Mercosul, CAN e UNASUL)
8. Dilemas da Governança Regional: relações com a governança global, justaposição de sistemas, integração positiva
9. Teoria da proteção: por que os países impõem barreiras ao comércio?
10. Integração econômica e acordos preferenciais de comércio: classificação dos acordos de integração
11. Efeitos econômicos da integração: criação e desvio de comércio; efeitos sobre investimentos
12. Elementos da integração monetária e financeira
13. O processo europeu de unificação monetária
14. Custos econômicos da integração
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, seminários, exercícios práticos e leituras orientadas.
Critério
De acordo com o artigo 81 do Regimento Geral da USP.
Norma de Recuperação
De acordo com o Regimento Geral da USP.
 
Bibliografia
     
SCHMITTER, Philippe. “Neo-neo-functionalism”. In: Wiener, Antje and Diez, Thomas (eds.). European Integration Theory. Oxford: Oxford University Press, 2003.
HAAS, Ernst. The Uniting of Europe: political, social and economic forces. Stanford: Stanford University Press, 1958.
NYE, Joseph S. “Comparing common markets: a revised neofuncionalist model”. In: Lindberg, L. N. and Scheingold, S. A. (eds.). Regional integration: theory and research. Cambridge, MA: Harvard University Press.
HURRELL, Andrew. “O ressurgimento do regionalismo na política mundial”. Contexto Internacional, vol. 17, no. 1, jan-jun 1995, pp. 23-59.
MALAMUD, Andrés. “Presidential diplomacy and the institutional underpinnings of Mercosur: an empirical examination”. Latin American Research Review, vol. 40, nº 1. February 2005.
CAETANO, Gerardo. Los retos de una nueva institucionalidad para el Mercosur. Montevidéu: FESUR, 2004.
_________; VAZQUEZ, Mariana; VENTURA, Deisy. Reforma Institucional del Mercosur: análisis de un reto. Montevidéu: CEFIR, 2008.
COSTA, Olivier (Dir.). L’Europe en bouteille. http://bordeaux.eurosblog.eu/
FORET, François. Légitimer l’Europe – Pouvoir et symbolique à l’ère de la gouvernance. Paris: Sciences Po, 2008.
MAGNETTE, Paul. Le régime politique de l’Union européenne. 2. ed. Paris: SciencesPo, 2008.
PEROTTI, Alejandro; VENTURA, Deisy. El proceso legislativo del Mercosur. Montevidéu: KAS, 2004.
QUERMONNE, Jean-Louis. L’Union européenne dans le temps long. Paris: SciencesPo, 2008.
VENTURA, Deisy. Las asimetrías entre el Mercosur y la Unión Europea. Montevidéu: KAS, 2005.
ZIZEK, Slavoj. Que veut l’Europe? Paris: Flammarion, 2007.
BAUMANN, R. Canuto, O. e GONÇALVES, R. Economia Internacional. Teoria e experiência brasileira. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. Capítulo 6 – Integração regional.
KRUGMAN, P. & OBSTFELD, M. Economia Internacional. Teoria e prática. 6ªedição São Paulo: Pearson Addison Wesley, 2005. Capítulo 8.
MARCONINI, M. A integração latino-americana – Uma nova síntese? In BENECKE, D. Nascimento, R.; FENDT, R. Brasil na arquitetura comercial global. Rio de Janeiro: Konrad Adenauer, 2003. (dados e fatos sobre integração na AL).
 

Clique para consultar os requisitos para BRI0017

Clique para consultar o oferecimento para BRI0017

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP