Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Instituto de Relações Internacionais
 
Bacharelado em Relações Internacionais
 
Disciplina: BRI0040 - Estratégias para Lidar com Incerteza nas Relações Internacionais
Strategies to deal with Uncertainty in International Relations

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2014 Desativação:

Objetivos
O principal objetivo dessa disciplina é fornecer aos alunos uma introdução à teoria da Complexidade e a sua aplicação à disciplina das Relações Internacionais assim como a conduta das políticas externas.

No final da disciplina os alunos terão conhecimento do desenvolvimento teórico da disciplina das Relações Internacionais e das mudanças paradigmáticas que permitiram a emergência da Complexidade como teoria das mesmas.

Os alunos também terão conhecimento dos principais conceitos da Complexidade assim como das principais ferramentas sendo utilizadas para contribuir aos debates dentro da disciplina das RIs.

Finalmente, a disciplina vai aplicar esses conceitos e ferramentas de forma prática para avaliar a contribuição que a Complexidade pode fazer para o desenvolvimento de políticas externas em resposta a alguns dos problemas internacionais mais urgentes da atualidade.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
7759260 - Kai Enno Lehmann
 
Programa Resumido
A disciplina será dividia em três partes principais, combinando aspectos teóricos e práticos das relações internacionais.
1ª parte:
O desenvolvimento histórico dos paradigmas teóricos das Relações Internacionais e o surgimento da Complexidade como uma abordagem alternativa.
2ª parte
Os principais conceitos e ferramentas da teoria da Complexidade e as suas consequências para a disciplina das Relações Internacionais
3ª parte
Estudos de caso: A aplicação prática dos conceitos e ferramentas da Complexidade a alguns dos principais assuntos das políticas internacionais da atualidade.
 
 
 
Programa
1. Apresentação do curso
2. Relações Internacionais como uma ciência: O surgimento do paradigma linear durante o século XX
3. As Relações Internacionais e o problema de (des)ordem.
4. O surgimento da teoria de Complexidade como alternativa às abordagens tradicionais
5. Os principais conceitos e as principais ferramentas da Complexidade
6. O sistema internacional e as políticas externas como sistemas complexos: atores, objetivos e expectativas
7. Estudos de caso (I): Segurança internacional: os mitos sobre o terrorismo e outras ameaças
8. Estudo de caso (II): Integração regional
9. Estudo de caso (III): As políticas de desenvolvimento
10. Estudo de caso (IV): O meio ambiente
11. Aplicando tudo em um lugar só: As tentativas de ‘fazer’ o Iraque mudar e as suas lições sobre a natureza das relações internacionais
12. Resumo
 
 
 
Avaliação
     
Método
A avaliação será feita através de duas provas escritas, a serem realizadas na sala de aula.
Em conformidade com as atividades exigidas dos alunos, conforme inciso 1º do artigo 65 do Regimento Geral da USP.
Critério
De acordo com o artigo 81 do Regimento Geral da USP.
Norma de Recuperação
De acordo com o Regimento Geral da USP e a Resolução CoG 3583/1989.
 
Bibliografia
     
Jervis, Robert (1997), System Effects, (Princeton University Press)
Geyer, Robert & Rihani, Samir (2010), Complexity and Public Policy (Routledge)
Gaddis, John Lewis (2002), The Landscape of History – How Historians map the past, (Oxford University Press)
Khanna, Parag (2011), How to run the world, (Random House)
Cooper Ramo, Joshua (2009), The Age of the Unthinkable, (Londres: Little Brown)
Elman, Colin & Miriam Fendius Elman (Editores), (2001), Bridges and Boundaries: Historians, Political Scientists and the Study of International Relations, (London: MIT Press).
 

Clique para consultar os requisitos para BRI0040

Clique para consultar o oferecimento para BRI0040

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP