Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Instituto de Relações Internacionais
 
Bacharelado em Relações Internacionais
 
Disciplina: BRI0049 - Globalização, Democracia e Governança
Globalisation, Democracy and Governance

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2015 Desativação:

Objetivos
O curso tem como objetivo apresentar as relações entre a globalização, as crises econômicas e a democracia com especial atenção às estratégias dos novos movimentos sociais, suas origens, características, suas demandas e efeitos de sua atuação que possam ter impacto nas decisões domésticas e internacionais.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2795189 - Janina Onuki
2121493 - Maria Antonieta Del Tedesco Lins
 
Programa Resumido
O curso tem início com a discussão da globalização e dos efeitos da crise econômica internacional de 2008-2009 em seu contexto.
A segunda parte dedica-se à apresentação e análise dos novos movimentos sociais. Esta apresentação será feita em dois níveis: i. no plano teórico, histórico e conceitual – teoria de movimentos sociais; e ii. no plano estrutural, funcional e político, em que se analisam as estratégias e o impacto dos movimentos sociais nas decisões domesticas e internacionais.
Em seguida, o curso se volta para a relação entre globalização, movimentos sociais e democracia neste novo contexto. Esta análise abordará as temáticas da “democracia paradoxal”, da desconfiança no sistema democrático tradicional e do triangulo entre a globalização, os movimentos sociais e a democracia.
A quarta parte se compõe de estudos de casos de países bastante afetados pela crise iniciada em 2008, a serem definidos entre os quais os países árabes (a Primavera Árabe), algumas grandes economias emergentes e o caso da Ucrânia.
A parte final busca propor aos estudantes uma reflexão sintética, que tenha em conta toda a discussão vista ao longo do curso, sobre a importância dos novos movimentos sociais na governança global.
 
 
 
Programa
I. A globalização e seus impactos: com ênfase na crise econômica, social e política e na globalização das redes de comunicação (internet e redes sociais)
II. Os novos movimentos sociais
1. Historia e teoria dos movimentos sociais
2. Contextos, Conceitos, estrutura e dos movimentos sociais
3. Papel, estratégias e impacto dos movimentos sociais nas decisões locais, nacionais, internacionais e sobre a governança global.

III. Triangulo entre globalização, democracia e os movimentos sociais.
“Democracy paradox”.

IV. Os novos movimentos sociais. Estudos de casos.
1. Países mais afetados pela crise: Grécia, Espanha, Portugal / Resistência: Os casos especiais de Islândia e de Chipre / Os Estados Unidos: Occupy Wall Street
2. Primavera Árabe: Tunísia, Egito, Marrocos, Síria
3. Países emergentes: Brasil, Turquia, África do Sul
4. Ucrânia

V. O papel dos movimentos sociais na governança global. Comércio global, Mercado Financeiro, FMI, Banco Mundial, G 20
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, seminários, exercícios práticos e leituras orientadas. Compatíveis com as atividades exigidas dos alunos, conforme inciso 1º do artigo 65 do Regimento Geral da USP.
Critério
Conforme artigos 81 a 84 do Regimento Geral da USP, as notas variarão de zero a dez e para ser aprovado o aluno deverá obter nota final igual ou superior a cinco e ter, no mínimo, setenta por cento de frequência na disciplina.
Norma de Recuperação
Poderão participar da recuperação os alunos que alcançarem média final mínima 3,0 e frequência mínima de 70%, em conformidade com a Resolução CoG nº 3583.
 
Bibliografia
     
Buechler, Steven M. Understanding Social Movements, Theories from the Classic Era to the Present, Paradigm Publishers, 2011.

Butler J (2012) So what are the demands and where do we go from there?. Tidal: Occupy Theory and Strategy Issue 2.

Byrne, Janet. The Occupy Handbook, Back Bay Books, 2012.

Castells, Manuel. Networks of Outrage and Hope: Social Movements in the Internet Age. Berkeley: University of California, 2012.

Dahl, Robert. Democracy and its Critics, Yale University Press,1989.

Della Porta, Donatella; Diani, Mario. Los Movimientos Sociales. UCM-Centro de Investigaciones Sociológica (CIS), 2011.

Della Porta, Donatella. Can Democracy Be Saved?: Participation, Deliberation and Social Movements, Polity Press, 2013.

Diani, Mario; Bison, Ivano. Organizações, coalizões e movimentos. Revista Brasileira de Ciência Política, núm. 3, p. 220-249, 2010.

Habermas, Jürgen. Direito e Democracia, Entre Facticidade e Validade. Tempo Brasileiro, 2003.

Koenig-Archibuggi, Mathias. Is global democracy possible? European Journal of International Relations, 17 (3). 519-542. 2011.

Merlini, Cesare; Roy, Olivier.(eds) Arab Society in Revolt: The West's Mediterranean Challenge. Brookings Institution Press 2012.

Rodrik, Dani. The Globalization Paradox: Democracy and the Future of the World Economy, 2012.

Rosanvallon, Pierre. Counter-democracy : politics in an age of distrust, New York Cambridge University Press, 2008.

Rosanvallon Pierre. Democratic legitimacy: impartiality, reflexivity, proximity. Princeton University Press, 2011.

Woods, Ngaire, Walter Mattli. The Politics of Global Regulation, Oxford University Press, 2009.
 

Clique para consultar os requisitos para BRI0049

Clique para consultar o oferecimento para BRI0049

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP