Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Instituto de Relações Internacionais
 
Bacharelado em Relações Internacionais
 
Disciplina: BRI0057 - Regiões e Regionalismo na Política Mundial
Regions and Regionalism in World Politics

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2015 Desativação:

Objetivos
Organizações internacionais e integração internacional são importantes sub-áreas na disciplina de relações internacionais. Recentemente, várias instituições regionais foram nas Américas e em outras partes. Seguindo a mesma tendência, houve um ressurgimento da pesquisa sobre regionalismo e organizações regionais, e várias tentativas foram feitas no sentido de avaliar o desenho institucional das instituições regionais e sua performance em perspectiva comparada.
O curso explora as mudanças no papel e no poder das grandes regiões e organizações regionais no atual sistema internacional; os debates associados com as regiões como entidades geográficas, políticas e econômicas; as contribuições políticas e econômicas das instituições regionais; e como sua posição no sistema mudou ao longo do tempo. O curso também trará uma discussão crítica acerca dos limites e possibilidades das abordagens regionais e comparativas das relações internacionais. Considerações teóricas, conceituais e metodológicas sobre o regionalismo serão complementadas por exemplos concretos de cooperação e integração econômica, política e de segurança pelo mundo.
Os estudantes, ao final do curso deverão ter: (1) desenvolvido uma compreensão das principais teorias de regionalismo; (2) se familiarizado com as funções das instituições internacionais chave como a UE, a a OEA, ASEAN, a União Africana; (3) adquirido a habilidade analítica de comparar instituições regionais; e (4) desenvolvido algum conhecimento sobre as políticas de reforma e fortalecimento destas instituições e sua contribuição para a governança regional e a ordem global.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2795189 - Janina Onuki
 
Programa Resumido
O curso oferece uma perspectiva acerca do espaço e do papel do regionalism na política mundial. Sua parte teórica-conceitual (aulas 1-6, 12) explora conceitos chave: (1) origem e história do regionalismo; (2) perspectivas teóricas sobre o regionalismo, incluindo realista, liberal, e construtivista e a ideia de novo regionalismo; (3) avaliação comparativa das variações nas estruturas das instituições regionais; (4) desempenho das instituições regionais em distintos campos de política como governança comercial, monetária, governança financeira; governança de segurança; direitos humanos e democracia; (5) difusão do regionalismo e inter-regionalismo; (6) o futuro do regionalismo, especialmente seu espaço nas atuais transformações de poder no sistema global. Os estudos de caso (aulas 7-11) aplicarão as teorias e conceitos às instituições regionais na Europa, Américas, Ásia, África e Oriente Médio.
 
 
 
Programa
1. Introdução: o estudo das regiões e a evolução do regionalismo
2. Integração econômica regional: História e teoria
3. Segurança regional e administração de conflitos
4. Proteção regional de direitos humanos e democracia
5. O desenho das instituições regionais
6. Regionalismo comparado: Desafios teóricosl, conceituais e metodológicos
7. Regionalismo na Europa
8. Regionalismo nas Américas
9. Regionalismo na Ásia
10. Regionalismo na África
11. Regionalismo no Oriente Médio
12. A difusão do regionalismo e inter-regionalismo
 
 
 
Avaliação
     
Método
Ensaios e apresentações de seminários
Critério
Conforme artigos 81 a 84 do Regimento Geral da USP, as notas variarão de zero a dez e para ser aprovado o aluno deverá obter nota final igual ou superior a cinco e ter, no mínimo, setenta por cento de frequência na disciplina.
Norma de Recuperação
Poderão participar da recuperação os alunos que alcançarem média final mínima 3,0 (três) e frequência mínima de 70% (setenta), em conformidade com a Resolução CoG nº 3583.
 
Bibliografia
     
Acharya, Amitav. "The Emerging Regional Architecture of World Politics." World Politics 59, no. 4 (2007): 629-652.
Acharya, Amitav, and Alastair Iain Johnston, eds. Crafting Cooperation. Regional International Institutions in Comparative Perspective. Cambridge: Cambridge University Press, 2007.
Aris, Stephen, and Andreas Wenger, eds. Regional Organisations and Security: Conceptions and Practices. Abingdon: Routledge, 2014.
Börzel, Tanja A., Lukas Goltermann, Mathis Lohaus and Kai Striebinger, eds. Roads to Regionalism. Genesis, Design, and Effects of Regional Organizations. Farnham: Ashgate, 2012.
Börzel, Tanja A. and Vera van Hüllen, eds. Governance Transfer by Regional Organizations. Patching Together a Global Script. Houndmills, Basingstoke: Palgrave Macmillan, 2015.
Börzel, Tanja A. and Thomas Risse, eds. The Oxford Handbook of Comparative Regionalism. New York: Oxford University Press, forthcoming.
Breslin, Shaun, Christopher W. Hughes, Nicola Phillips and Ben Rosamond, eds. New Regionalisms in the Global Political Economy. London/New York: Routledge, 2002.
Buzan, Barry, and Ole Waever. Regions and Powers: The Structure of International Security. Cambridge: Cambridge University Press, 2003.
Cooper, Andrew F., Christopher W. Hughes and Philippe De Lombaerde, eds. Regionalisation and Global Governance. The Taming of Globalisation? London/New York: Routledge, 2008.
Diehl, Paul F., and Joseph Lepgold, eds. Regional Conflict Management. Lanham: Rowman & Littlefield, 2003.
Farrell, Mary, Björn Hettne and Luk Van Langenhove, eds. Global Politics of Regionalism. Theory and Practice. London: Pluto Press, 2005.
Fawcett, Louise. "Exploring Regional Domains: A Comparative History of Regionalism." International Affairs 80, no. 3 (2004): 429-446.

Fawn, Rick. "‘Regions’ and Their Study: Wherefrom, What for and Whereto?" Review of International Studies 35, no. S1 (2009): 5-34.
Heine, Jorge, and Brigitte Weiffen. 21st Century Democracy Promotion in the Americas. Standing up for the Polity. London/New York: Routledge, 2015.
Hurrell, Andrew. "One World? Many Worlds? The Place of Regions in the Study of International Society." International Affairs 83, no. 1 (2007): 127-146.
Jetschke, Anja and Tobias Lenz. "Does Regionalism Diffuse? A New Research Agenda for the Study of Regional Organizations." Journal of European Public Policy 20, no. 4 (2013): 626–637.
Katzenstein, Peter J. A World of Regions: Asia and Europe in the American Imperium. Ithaca, NY: Cornell University Press, 2005.
Kelly, Robert E. "Security Theory in the ‘New Regionalism‘." International Studies Review 9, no. 2 (2007): 197-229.
Kirchner, Emil J., and Roberto Domínguez, eds. The Security Governance of Regional Organizations. London/New York: Routledge, 2011.
Koremenos, Barbara, Charles Lipson, and Duncan Snidal. "The Rational Design of International Institutions." International Organization 55, no. 4 (2001): 761-799.
Mansfield, Edward D. and Helen V. Milner. "The New Wave of Regionalism." International Organization 53, no. 3 (1999): 589-627.
Mansfield, Edward D., and Etel Solingen. "Regionalism." Annual Review of Political Science 13, (2010): 145-163.
Mattli, Walter. The Logic of Regional Integration: Europe and Beyond. New York: Cambridge University Press, 1999.
Paul, Thazha V., ed., International Relations Theory and Regional Transformation. Cambridge: Cambridge University Press, 2012.
Pevehouse, Jon C. Democracy from Above. Regional Organizations and Democratization. Cambridge: Cambridge University Press, 2005.
De Lombaerde, Philippe, Fredrik Söderbaum, Luk Van Langenhove and Francis Baert. "The Problem of Comparison in Comparative Regionalism." Review of International Studies 36, no. 3 (2010): 731-753.
Tavares, Rodrigo. Regional Security. The Capacity of International Organizations. London/New York: Routledge, 2010.
 

Clique para consultar os requisitos para BRI0057

Clique para consultar o oferecimento para BRI0057

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP