Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Instituto de Relações Internacionais
 
Bacharelado em Relações Internacionais
 
Disciplina: BRI0093 - Segurança e Defesa
Security and Defense

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2019 Desativação:

Objetivos
Este curso examina o nexo entre segurança internacional, segurança doméstica e políticas de segurança e defesa. A ênfase é colocada nos problemas de formulação e implementação das políticas de segurança e defesa nos regimes democráticos. O curso explora ainda os desdobramentos contemporâneos relacionados ao terrorismo e o crime organizado e seus impactos na segurança doméstica e internacional.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3230041 - Leandro Piquet Carneiro
 
Programa Resumido
O curso está estruturado em dez aulas e começa com uma revisão das principais teorias sobre conflitos internacionais e subnacionais e os respectivos papéis das instituições encarregadas da segurança nacional e internacional. O curso também examina os desafios de segurança nacional enfrentados pelos estados nacionais e organismos multilaterais de cooperação. A temática dos Direitos Humanos está presente de forma transversal nas aulas e como tema específico de estudo, principalmente no tratamento do problema das migrações e deslocamento de populações em áreas de conflito. Outros conteúdos tratados são a ameaça representada pelo terrorismo, crime organizado e segurança cibernética proliferação de armas de destruição em massa, segurança na era pós-Guerra Fria, e guerras assimétricas. Em vista das mudanças no cenário da segurança internacional, o curso aborda os elementos do poder nacional que estão à disposição dos formuladores das políticas de defesa e os resultados estratégicos alcançados no nível nacional e internacional.
 
 
 
Programa
AULA 1 Os conceitos de nação, Estado e Estado-nação - Teorias e elementos do Estado, Poder Nacional e seus componentes - Conceitos de Geopolítica e Geoestratégia AULA 2 Conceitos-chave de segurança - Segurança Nacional - Segurança Regional - Segurança Abrangente - Segurança Comum AULA 3 Guerra - Teorias e causas da guerra. - Princípios da guerra - Guerra contemporânea:Guerra Convencional na Era Nuclear, Guerra Limitada, Guerra Revolucionária, Guerrilha, Insurgência e Contra-Insurgência. AULA 4 Objetivos da Segurança Nacional - Valores e Interesses Nacionais - Não Alinhamento, Equilíbrio de Poder e Segurança Coletiva - Formas de Poder e suas transformações AULA 5 Políticas de Defesa e Segurança - Princípios, formulação, objetivos e processo decisório - Organizações Nacionais de Segurança - Organizações Para-militares e defesa civil - Relações Civis-Militares AULA 6 Dissuasão e Détente: Conceito, Teorias da dissuasão nuclear e suas correntes - Corrida Armamentista, Comércio e Proliferação de Armas - Proliferação Nuclear e tratados internacionais - Complexo Militar Industrial. - Alianças e pactos militares, tratados de paz, cooperação em matéria de defesa, AULA 7 O sistema de governança dos direitos humanos - Direitos Humanos e Conflitos Armados - O problema dos Conflitos armados internos - Tribunal Penal Internacional e o Estatuto de Roma - O problema dos refugiados: causas da migração e populações em áreas fronteiriças e segurança de fronteira - O Sistema Interamericano de Defesa dos Direitos Humanos Aula 8 Terrorismo - Conceito e tipos (nacional, internacional e transfronteiriço). - Ideologias Conflitantes: Militarismo, Nacionalismo, Fundamentalismo e Separatismo AULA 9 Fim da guerra fria e surgimento de nova ordem mundial. - Reestruturação da ONU - Questões ambientais globais: aquecimento global, desertificação e desmatamento - Cibersegurança e Biossegurança AULA 10 Segurança Doméstica e Crime Organizado - O processo de transnacionalização do crime organizado - Lavagem de dinheiro, narcotráfico, biopirataria e tráfico humano - Cooperação jurídica internacional em matéria criminal - A convergência crime-terror
 
 
 
Avaliação
     
Método
Além da frequência regular, será cobrada a leitura dos textos indicados antes das aulas por meio de perguntas orais nas aulas. A participação em sala de aula representa 20% da nota final. Durante o semestre, o aluno irá elaborar um artigo de opinião de 700 palavras sobre um evento atual relacionado a um dos temas tratados no curso (10% da nota). Além disso, são esperados três ‘policy memo outlines’ de uma página (10%), um policy memo de 3 páginas (10% da nota) e prova em sala de aula (50% da nota).
Critério
Conforme artigos 81 a 84 do Regimento Geral da USP. As notas variarão de zero a dez e para ser aprovado o aluno deverá obter nota final igual ou superior a cinco e ter, no mínimo, setenta por cento de frequência na disciplina.
Norma de Recuperação
Poderão participar da recuperação os alunos que alcançarem média final mínima 3,0 e frequência mínima de 70%, em conformidade com a Resolução CoG nº 3583.
 
Bibliografia
     
Albanese, J. S. (2000). “The Causes of Organized Crime: Do Criminals Organized Around for Crimes or do Criminal Opportunities Create New Offenders?” Journal of Contemporary Criminal Justice 2000, Vol 15, p 409-423. Andreas, P., Naldelmann, E. (2006) Policing the Globe: Criminalization and Crime Control in International Relations. Oxford University Press. Bailey, J. e Godson, R. (2002) Organized Crime and Democratic Governability: Mexico and the U.S.-Mexican Borderlands. Ed. Prentice Hall e Pittisburg Latin American Studies. Binnendijk, Hans, and Patrick L. Clawson. "Tuning the Instruments of National Power." Joint Forces Quarterly (Winter 1995-1996.) Available from the Defense Technical Information Center. Collins, Alan, ed. 2016. Contemporary Security Studies. Fourth ed. Oxford, UK: Oxford University Press. David Jablonsky, "National Power," in The U.S. Army War College Guide to National Security Issues Volume I: Theory of War and Strategy, ed. J.Boone Bartholomees, Jr., Strategic Studies Institute, U.S. Army War College, Carlisle, PA, (2010), pp. 123-139. Fendrick J. Reed, "Diplomacy as an Instrument of National Power," in The U.S. Army War College Guide to National Security Issues Volume I: Theory of War and Strategy, ed. by J. Boone Bartholomees, Jr., Strategic Studies Institute, U.S. Army War College, Carlisle, PA, (2010): pp.167-172. Kamien, David. 2012. McGraw-Hill homeland security handbook: Strategic guidance for a coordinated approach to effective security and emergency management, second edition. 2 ed. New York: McGrawHill. Marques, Adriana A. 2003. Concepções estratégicas brasileiras no contexto internacional do pós Guerra Fria. Rev. Sociol. Polit., Jun, no.20, p.69-85. ISSN 0104-4478 Naím, M. (2006). Ilícito: o ataque da pirataria, da lavagem de dinheiro e do tráfico à economia global, Jorge Zahar Editores, Rio de Janeiro. Nye, J. S. 2003. Understanding international conflicts an introduction to theory and history. 4th ed. ed. New York: New York Longman. Nye, J. 2011. The Future of Power. 1st ed. New York: PublicAffairs. Oliveira, Amâncio Jorge de e Onuki, J. 2000. Brasil, Mercosul e a segurança regional. Rev. bras. polít. int., Dez, vol.43, no.2, p.108-129. ISSN 0034-7329 Pieranti, Octavio Penna, Cardoso, Fabio dos Santos and Silva, Luiz Henrique Rodrigues da. 2007. Reflexões acerca da política de segurança nacional: alternativas em face das mudanças no Estado. Rev. Adm. Pública, Fev 2007, vol.41, no.1, p.29-48. ISSN 0034-7612 Proença Júnior, D. e Duarte, E. E. 2007. Os estudos estratégicos como base reflexiva da defesa nacional. Rev. bras. polít. int., Jun, vol.50, no.1, p.29-46. ISSN 0034- 7329 Proença Júnior, D. 2011. Forças armadas para quê? Para isso. Contexto int., Dez 2011, vol.33, no.2, p.333-373. ISSN 0102-8529
 

Clique para consultar os requisitos para BRI0093

Clique para consultar o oferecimento para BRI0093

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP