Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Informação e Cultura
 
Disciplina: CBD0223 - Fundamentos em Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação
Fundamentals of Librarianship, Documentation and Information Science

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2016 Desativação:

Objetivos
- Apresentar e discutir princípios e paradigmas das áreas da Biblioteconomia, da Documentação (e disciplinas homólogas) e da Ciência da informação a partir da abordagem dos respectivos contextos de origem, natureza e abrangência, tendo em vista a compreensão e significação das relações entre os referidos campos e os fenômenos e dinâmicas socioculturais que as envolvem.
- Introduzir o aluno na cultura da Biblioteconomia, oferecendo-lhe elementos para que se perceba como elo de uma cadeia milenar de produção de conhecimentos teóricos e práticos específicos e especializados.
- Estimular o pensamento crítico-reflexivo do aluno, indispensável ao futuro profissional bibliotecário, a partir da abordagem de elementos, dinâmicas e lógicas intrínsecas ao campo.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
889711 - Ivete Pieruccini
 
Programa Resumido
Estudo dos fundamentos (origens, contextos, paradigmas) das áreas da Biblioteconomia, da Documentação e disciplinas afins (Museologia e Arquivologia) e da Ciência da Informação, bem como de seus territórios de atuação e circuitos socioprofissionais de formação permanente.
 
 
 
Programa
O conceito de Biblioteconomia: definição (etimologia), objeto, princípios, origens;
O conceito de Documentação: definição (etimologia), objeto, princípios, origens;
Os conceitos de Museologia e Arquivologia: definição, natureza, especificidades;
O conceito de Ciência da Informação: definição, natureza, origens;
Definição e contexto de surgimento das áreas; marcos relevantes na constituição das áreas no ocidente; paradigmas e fundamentos da formação em Biblioteconomia/Documentação;
Ambientes de atuação profissional: natureza e especificidades;
Formação permanente: princípios e recursos;
Instâncias de apoio e controle profissional; instituições e dispositivos de regulação da área.
 
 
 
Avaliação
     
Método
• Participação nas discussões em sala de aula sobre os textos recomendados para a leitura,
• Seminários em grupo e
• Trabalho individual final.
Critério
• Seminários: 0 a 10.
• Trabalho individual: 0,0 a 8,5
• Participação em sala de aula: 0,0 a 1,5
• Média final: soma da nota do seminário e participação em sala de aula + a nota do trabalho individual, divididos por 2.
Norma de Recuperação
Apresentação de trabalho e/ou relatório crítico de leituras sobre os temas discutidos na disciplina para alunos reprovados que obtiverem nota mínima regimental de reprovação, segundo prazos fixados pelo calendário de atividades acadêmicas e freqüência às aulas igual ou superior a 70%.
 
Bibliografia
     
ALMEIDA Jr., O. F. Formação, formatação: profissionais da informação produzidos em série.
In: VALENTIM, M. L. Formação do profissional da informação (coord.) São Paulo : Polis, 2002. p. 133-148.
AQUINO, M. de A., org. O campo da Ciência da Informação: gênese, conexões e
especificidades. João Pessoa: Ed. Universitária, 2002.
BIBLIOTECA Nacional. Catálogo das obras históricas do campo da Biblioteconomia. Rio de Janeiro : BN, 2013.Disponível em: http://www.bn.br/portal/arquivos/pdf/LivrosRarosDeBiblioteconomiaCatalogoRev.pdf Acesso em: março 2013.
BORKO, Harold. Information science: what is it? American Documentation, jan. 1968. 5p.
BRADFORD, S. C. Natureza, origem e finalidade da documentação. In: ______. Documentação. Rio de Janeiro:Fundo de Cultura, c1961. p. 68-77
BRAGA, G. M. Informação, ciência da informação: breves reflexões em três tempos. Ciência da Informação, v.24, n. 1, 1995. Disponível em: file:///C:/Users/IVETE/Downloads/534-1162-1-PB%20(1).pdf. Acesso em: 06 janeiro 2014.
BUSH, Vannevar. As we may think (cópia xerox) (versão completa em inglês) Disponível em: http://www.theatlantic.com/magazine/archive/1945/07/as-we-may-think/303881/
BUTLER, P. Introdução à ciência da Biblioteconomia. Rio de Janeiro : Lidador, 1971.
CACALY, Serge, dir. Dictionnaire encyclopédique de l´information et de la documentation. Paris : Nathan, 1997.
CALENGE, Bertrand. Peut-on définir la bibliothéconomie ? Bulletin des bibliothèques de France Disponível em: http://bbf.enssib.fr/consulter/bbf1998020008001 (versão adaptada em português por Ivete Pieruccini)
CAPURRO, R.; HJORLAND, B. O conceito de informação. Perspectivas em Ciência da Informação, v.12, n.1, p.148-207, jan./abr. 2007.
CASTRO, C.A., org. Ciência da Informação: múltiplos discursos. São Luís : EDUFMA, 2002
CASTRO, Carlos Augusto. História da biblioteconomia brasileira: perspectiva histórica. Brasília : Thesaurus, 2000.
CASTRO, Carlos Augusto. Histórico e evolução curricular na área de Biblioteconomia no Brasil. In: VALENTIM, Marta Lígia. Formação do profissional da informação, coord. São Paulo : Polis, 2002. p. 25-48
CONSTANTIN, A-L. Bibliothèconomie, ou nouveau manuel complet pour l´arrangement, la conservation e l´administration dês bibliothèques. Paris : La Librerie Encyclopedique de Roret, 1841. Versão digital open library disponível em:
http://www.archive.org/stream/bibliothconom00hess#page/40/mode/2up Axesso em: mar 2013
CUNHA, M.B.; CAVALCANTI, C.R.O. Dicionário de Biblioteconomia e Arquivologia. Brasília : Briquet de Lemos, 2008
DARNTON, R. A questão dos livros. São Paulo : Companhia das Letras, 2010.
FIGUEIREDO, N. A modernidade das 5 leis de Ranganathan. Ci. Inf., Brasília, 21(3): 186-191, set./dez. 1992. Disponível em: revista.ibict.br/index.php/ciinf/article/download/1277/911. Acesso em: 12 fev 2012
FONSECA, E. N. da. Introdução à Biblioteconomia. Brasília : Briquet de Lemos/Livros, 2007. FONSECA, E.N. Ciência da Informação e prática bibliotecária. Ciência da Informação, v.16, n.2, 1987. Disponível em: http://revista.ibict.br/index.php/ciinf/article/viewArticle/1464 Acesso em 10 jan 2010
GUIMARÃES, J. A. de. Moderno profissional da informação: elementos para sua formação no Brasil. Disponível em: Acesso em: 15. fev. 2008
GUIMARÃES, José Augusto. Moderno profissional da informação: elementos para sua formação no Brasil. Disponível em: http://www.brapci.ufpr.br/download.php?dd0=14760
GUINCHAT, C.; MENOU, M. Introdução geral às ciências e técnicas da informação e documentação. Brasília : MCT/CNPq/IBICT, 1994.
HIGOUNET, C. A escrita, expressão gráfica da linguagem. In: ______. História concisa da escrita. São Paulo: Parábola Editorial, 2003. p. 9-28. Disponível em: http://minhateca.com.br/smolesk1917/Galeria/LIVROS+DIVERSOS/HISTORIA/HISTORIA+HISTORIA+CONCISA+DA+ESCRITA,110694691.pdf Acesso em: jan 2015
JACOB, Christian. Ler para escrever: navegações alexandrinas. In: BARATIN, Marc; JACOB, Christian (dir.). O poder das bibliotecas: a memória dos livros no Ocidente. Rio de Janeiro : Ed. UFRJ, 2000. p.45-73
LAHARY, D. Bibliothéconomie. In : CACALY, Serge, dir. Dictionnaire encyclopédique de l´information et de la documentation. Paris : Nathan, 1997. p.78-81
LE COADIC, Y-F. A Ciência da informação. Brasília – DF: Briquet de Lemos Livros, 2004.
LE COADIC, Y-F. Princípios científicos que direcionam a ciência e a tecnologia da informação digital. Transinformação, Campinas, 16 (3): 205-213, set./dez.2004.
LOPES YEPES, J. Diccionario enciclopédico de las ciencias de la documentación. Madrid : Editorial Sinteses, 2004. v.2
MARTINS, Wilson. As bibliotecas na Antiguidade e na Idade Média. In: _______. A palavra escrita: história do livro, da imprensa e da biblioteca. 2.ed. São Paulo : Ática, 1996. p.82-92
Mc GARRY, K. O contexto dinâmico da informação: uma análise introdutória. 1-34
MILANESI, L.A. Biblioteca? São Paulo : Brasiliense, 2002.
NAUDÉ, G. Advis pour dresser une bibliothèque. Réproduction de l’édition de 1644 precedée de L’Advis, manifeste de la bibliotèque érudite, par C. Jolly. Paris : Alain Baudry et Cie., 2010. (a ser explorado em sala de aula)
OCHANDO, Manoel B. História da Ciência da Documentação. Disponível em: http://ccdoc-histccdocumentacion.blogspot.com.br/search/label/10.-%20Evoluci%C3%B3n%20del%20Concepto%20Documentaci%C3%B3n Acesso em: 20 jan 2015
OLIVEIRA, M. coord. Ciência da Informação e Biblioteconomia: novos conteúdos e espaços de atuação. Florianópolis : Editora UFMG, 2005.
ORTEGA y GASSET, J. Misión del bibliotecario : y otros ensayos afines. Madrid : Revista de Occidente, 1967. 183p.
ORTEGA, C. D. Relações históricas entre Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação. Revista de Ciência da Informação, v.5, n.5, out. 2004. Disponível em: http://www.dgz.org.br/out04/Art_03.htm Acesso em jan. 2009
OTLET, P. El tratado de documentación: el libro sobre el libro: teoria y pratica.Murcia : Universidad de Murcia, 2007.
POMIAN, K. Coleção. In:________ . Enciclopédia Enaudi: Memória/ História. Lisboa: Imprensa Nacional casa da Moeda, 1982.
REVEL, Jacques. Entre dois mundos: a biblioteca de Gabriel Naudé. In: BARATIN, Marc; JACOB, Christian (dir.). O poder das bibliotecas: a memória dos livros no Ocidente. Rio de Janeiro : Ed. UFRJ, 2000. p.218-224
RIBEIRO, F. Informação: um campo uno, profissões diversas? Disponível em: http://badinfo.apbad.pt/congresso8/convidado4.pdf. Acesso em: 15 janeiro 2009.
RIBEIRO, Fernanda. Informação: um campo uno, profissões diversas? Disponível em: http://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/14052/2/informacao000073260.pdf Acesso em: 20 ago 2014
RIBEIRO, L. V. Gênese da Ciência da Informação: os sinais enunciadores da nova era. In: AQUINO, M. de A., org. O campo da Ciência da Informação: gênese, conexões e especificidades. João Pessoa: Ed. Universitária, 2002. p. 61-86
SANTOS, P. de M. L. Paul Otlet: um pioneiro da organização das redes mundiais de tratamento e difusão da informação registrada. Ciência da Informação, v.36, n.2, p.54-63, maio/ago, 2007.
SHERA, J. H. Sobre Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação. In: GOMES, H. E., org. Ciência da Informação ou informática? Rio de Janeiro : Calunga, 1980. p. 91-105.
SHERA, J.; EGAN, M. Exame atual da Biblioteconomia e da Documentação. In: BRADFORD, S.C. Documentação. Rio de Janeiro : Fundo de Cultura, 1961. p.15-61
SILVA, A. M.; RIBEIRO, F. Das ciências documentais à ciência da informação. Porto : Edições Afrontamento, 2002. 174p.
SMIT, J. W. Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia: o que agrega estas atividades profissionais e o que as separa? Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo, Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários/FEBAB, Nova Série, v.1, n.2, 27-36, 1999-2000.
SMIT, J. W. Arquivologia/biblioteconomia: interfaces da Ciência da Informação. I n f . I n f . , L o n d r i n a , v . 8 , n . 1 , j u n . / d e z . 2 0 03 Disponível em:
SMIT, J.W. O documento audiovisual ou a proximidade entre as 3 marias. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo, v.26, n1/2, p.81-5, 1993.
SMIT, J.W. O que é documentação?. São Paulo : Brasiliense, 1986.
SOUZA, C.M. Desenvolvimento e requalificação profissional: desafios profissionais do século XXI. Disponível:
SOUZA, F. C. Com o que olhar para o novo milênio? In: _____. O ensino da Biblioteconomia no contexto brasileiro: século XX. Florianópolis : Editora UFSC, 2009. p. 151-167.
VALENTIM, M. P. coord.. Atuação profissional na área da informação. São Paulo : Polis, 2004.
VALENTIM, M. P. coord.. Formação do profissional da informação. São Paulo : Polis, 2002.
 

Clique para consultar os requisitos para CBD0223

Clique para consultar o oferecimento para CBD0223

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP