Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Informação e Cultura
 
Disciplina: CBD0266 - Planejamento e Avaliação de Bibliotecas e Serviços de Informação II
Planning and Assessment of Libraries and Information Services II

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2010 Desativação:

Objetivos
Fornecer referências conceituais e metodológicas necessárias a processos de planejamento e gestão de unidades de informação, com ênfase em princípios e procedimentos para elaboração de diagnósticos em unidades de informação.

De natureza teórico-prática, a disciplina prevê abordagem crítico-reflexiva da literatura especializada, debates sobre conceitos-chaves aí implicados, bem como a elaboração, pelo aluno, de um projeto de intervenção a partir do diagnóstico em uma unidade de informação de seu interesse (continuidade do trabalho de Planejamento e Avaliação de Bibliotecas e Serviços de Informação I).
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2090263 - Asa Fujino
3084991 - Marcelo dos Santos
28943 - Maria Christina Barbosa de Almeida
 
Programa Resumido
O planejamento em bibliotecas e serviços de informação; Elaboração de projetos; Gestão de
projetos e equipes.
 
 
 
Programa
1. Planejamento: conceito, concepções e objetivos
2. Planejamento em bibliotecas e serviços de informação
2.1 Planejamento estratégico e operacional em bibliotecas e serviços de informação
2.2 Planejamento das tecnologias de informação
2.3 Planejamento envolvendo redes de informação
2.4 Planejamento envolvendo os aspectos relativos a espaço
3. Projetos
3.1 Conceituação e caracterização
3.2 Ciclo de vida de um projeto
3.3 Etapas de elaboração de projetos
4. Gerenciamento de Projeto
4.1 Conceituação e objetivos
4.2 O gerente de projeto: atribuições e habilidades
4.3 Ferramentas de gerência de projetos
4.3 Gestão de riscos
4.4 Gestão de pessoas
5. Redação de projeto
6. Roteiro para apresentação de projetos
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas; estudos de casos; seminários e acompanhamento e orientação individuais na realização do trabalho prático.
Critério
1. Participação em aulas; seminários e acompanhamentos/orientações - 2,0 (dois pontos)
2. Trabalhos parciais - 4,0 (quatro pontos)
a) Estudos de casos
b) Fichamentos de textos
3. Trabalho Final (Projeto de intervenção) - 4,0 (quatro pontos)
a) Apresentação
b) Relatório

Total - 10,0 (dez pontos)

Observações:
(1) Os trabalhos parciais e final serão realizados individualmente ou em dupla.
(2) Atenção às datas para entrega dos trabalhos (parciais e final), pois haverá desconto de 0,5 (meio ponto) a cada semana de atraso.
Norma de Recuperação
Apresentação de trabalho e realização de prova escrita (individual e sem consultas) pelos alunos reprovados que obtiveram frequência mínima regimental e nota superior a 3,0 (três), segundo os prazos fixados pelo calendário de atividades acadêmicas.
 
Bibliografia
     
ALMEIDA, M. C. B. de. Planejamento de bibliotecas e serviços de informação. 2,ed, rev e ampl. Brasília: Briquet de Lemos, 2005.
BELLUZZO, R.C.B. Unidades de informação sob a ótica da gestão protocolos de certificação para o acesso universal. Disponível em: http://cdij.pgr.mpf.gov.br/noticias/palestra_cbbd/T1_A2.pdf Acesso: 06. mar.2009.
BRANDÃO, D.; SILVA, R. R.; PALOS, C. M. C. Da construção da capacidade avaliatória em iniciativas sociais: algumas reflexões. Disponível: . Acesso em: 12. fev. 2008
CANDIDO, A. P., GAUTHIER, F. Á., HERMENEGILDO, J. L. S. Proposta de um modelo de diagnóstico institucional baseado em teoria sobre o ciclo de vida das organizações. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/ENEGEP1999_A0445.PDF Acesso em: 12. fev. 2008
CHIAVENATO, I. Introdução à teoria geral da administração. 3ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 494p.
CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre : Artmed, 2007.
FIGUEIREDO, N. M. de. Paradigmas modernos da Ciência da Informação. São Paulo: Polis, 1999.
GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999.
HELDMAN, K. Gerência de projetos – fundamentos: um guia prático para quem quer certificação. Rio de Janeiro: Campus, 2005. 400p.
JANNUZZI, P. de M. Indicadores sociais no Brasil. Campinas: Alínea, 2001.
LANCASTER, F.W. Avaliação de serviços de bibliotecas. Brasília: Briquet de Lemos, 1996.
MACIEL, A.C.; MENDONÇA, M.A.R. Bibliotecas como organizações. 1ª ed. rev. Rio de Janeiro: Intertexto, 2006. 96p.
OLIVEIRA, M. de P. Diagnóstico institucional participativo. Instituto Fonte. Disponível em: http://www.fonte.org.br/documentos/artigo%2012.pdf . Acesso em: 13 fev. 2008
PADILHA, P. R. Planejamento dialógico: como construir o projeto político pedagógico da escola. São Paulo: Cortez; Instituto Paulo Freire, 2007.
PHILLIPS, J. Gerência de projetos de tecnologia da informação. Rio de Janeiro: Campus, 2003. 480p.
ROMANI, C.; BORSZCZ, I. Unidades de informação: conceitos e competências. Florianópolis: Editora da UFSC, 2006. 133p.
TECPAR. Gestão de Unidades de Informação: manual. Curitiba: Tecpar, 1997.


Periódicos:
International Journal of Information Management
Journal of Academic Librarianship
Journal of Library Administration. New York: Haworth Press, 1980-
Library Management. Bradford: MCB Univ. Press, 1979-
 

Clique para consultar os requisitos para CBD0266

Clique para consultar o oferecimento para CBD0266

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP