Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Informação e Cultura
 
Disciplina: CBD0268 - Documentação Audiovisual
Audio-visual Documentation

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2019 Desativação:

Objetivos
Discutir as especificidades da documentação audiovisual com relação aos seus formatos e suportes, necessidades de conservação e preservação e as novas formas para representação e acesso possibilitadas pelas novas tecnologias de comunicação e informação. Ampliar a visão sobre as possibilidades de organização, tratamento e uso dos documentos audiovisuais em sistemas de informação colaborativos na web e sua inserção no campo das Humanidades Digitais. Enfatizar a especificidade da informação neles contida e a necessidade da conservação e preservação física e digital dos referidos documentos.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
6722006 - Giovana Deliberali Maimone
2027956 - Vânia Mara Alves Lima
 
Programa Resumido
1. O documento audiovisual: formatos e suportes 2. A organização do conhecimento e a representação da informação audiovisual e as Humanidades Digitais 3. Metadados para documentos audiovisuais: normas, padrões e instrumentos 4. Conservação e preservação física e curadoria digital nos acervos audiovisuais 5. Gestão de acervos e capacitação do profissional
 
 
 
Programa
1. O documento audiovisual suas especificidades de formatos e suportes 2. A documentação audiovisual e as Humanidades Digitais 3.Organização do conhecimento e a representação da informação na documentação audiovisual 4. Instrumentos, normas e padrões para a identificação dos Metadados em documentos audiovisuais (sonoros, iconográficos e cinematográficos) . 5. A Recuperação da informação iconográfica, sonora e cinematográfica. 6. A conservação e a preservação física do patrimônio audiovisual: memória e utilizações futura. 7. Preservação e curadoria digital nos acervos audiovisuais: bibliotecas, arquivos, museus e centros de documentação 8. A gestão de acervos audiovisuais em ambientes colaborativos da web. 9. Competências e habilidades do bibliotecário para a gestão, tratamento e disseminação dos acervos audiovisuais em Bibliotecas, Arquivos e Museus
 
 
 
Avaliação
     
Método
Discussão de textos. Exercícios dirigidos em sala. Visitas em acervos iconográficos, sonoros e cinematográficos. Elaboração de trabalho final da disciplina (Monografia sobre um dos temas do programa ou Diagnóstico e Projeto de Organização de um sistema de documentação audiovisual).
Critério
1a. Avaliação: Exercícios dirigidos (1 a 10). Individual / 2ª. Avaliação: Seminários (1 a 10). Coletivo / 3ª. Avaliação: Trabalho Final (1 a 10). Coletivo. Média é = Nota da disciplina: 1ª. + 2ª. + 3ª. / 3
Norma de Recuperação
Realização de prova escrita sobre o conteúdo da disciplina para os alunos reprovados que obtiveram mínimo regimental de presença e nota superior a três, segundo os prazos fixados pelo calendário de Atividades Acadêmicas.
 
Bibliografia
     
ACADEMY OF MOTION PICTURE ARTS AND SCIENCES. Science and Technology Council. O dilema digital: questões estratégicas na guarda e no acesso a materiais cinematográficos digitais. 2009. Disponível em: http://cinemateca.gov.br/sites/default/files/Dilema_Digital_1_PTBR.pdf . Acesso em: 07 maio 2018. ACADEMY OF MOTION PICTURE ARTS AND SCIENCES. Science and Technology Council.. O dilema digital 2: Perspectivas de cineastas independentes, documentaristas e Arquivos audiovisuais sem fins lucrativos. 2012. Disponível em: http://cinemateca.gov.br/sites/default/files/Dilema_Digital_2_PTBR.pdf. Acesso em: 07 maio 2018. AGUSTÍN LACRUZ, M. del C. La lectura de las imágenes fotográficas orientada hacia la representación documental. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v. 20, n. esp. 1, p. 55-88, fev. / 2015. Disponível em: Acesso em: 11 fev. 2015. AMARAL, E. C. dos S. Organização de imagens em movimento: a experiência da Fundação Casa de Jorge Amado. Disponível em: http://www.cinform-anteriores.ufba.br/vi_anais/docs/ErenildaAmaral.pdf . Acesso em: 17 maio 2018. AV records: from cards to MARC 21. Disponível em: https://www.loc.gov/marc/bibliographic/bd008v.html Acesso em: 17 maio 2018. BACA, M. et al (ed) Cataloging cultural objects: a guide to describing cultural Works and their images. Chicago: ALA, 2006. BENSON, A. C. Image descriptions and their relational expressions: a review of the literature and the issues. Journal of Documentation. v. 71 n. 1, p. 143-164, 2015. CALDERA SERRANO, La documentación sonora en los sistemas de información documental de los medios audiovisuales. Boletín de la Asociación Andaluza de Bibliotecarios, n. 74, p. 29 - 39, mar.2004. COELHO, M.F. C. A experiência brasileira na conservação de acervos audiovisuais: um estudo de caso. Tese (Doutorado) ECA/USP, 2009.. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-19112010-083724/pt-br.php Acesso em 09 de maio 2018. CORDEIRO, R. I.de N.; AMANCIO, T. Análise e representação de filmes em unidades de informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 34, n. 1, p. 89 - 94, jan./abr. 2005. CORDEIRO, R. I. de N. Informação cinematográfica e textual: da geração à interpretação e representação de imagem e texto. Ciência da Informação, Brasília, v.25, n.3, p.461-465, 1996. DALBELLO, M. A genealogy of digital humanities. Journal of Documentation. v. 67 n. 3, p. 480-506, 2011 DEL VALLE GASTAMINZA, F. Indización y representación de documentos audiovisuales. In: ________Manual de documentación fotográfica. Madrid: Editorial Síntesis, 1999. p. 467 – 485. EDMONDSON, R. Uma filosofia de arquivos audiovisuais. Paris: UNESCO/UNISIST, 1998. p.1-42 GONÇALVES, E.F.; OLIVEIRA, R.A.; NEVES, D.A.B. Análise da informação imagética: uma abordagem sob a perspectiva cognitiva. Em Questão. Porto Alegre, v.22, n. 3, p.110-135, set/dez. 2016. Disponível em http:// http://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/59905 Acesso em 14 de maio de 2018. GRACY, K. F. Enriching and enhancing moving images with Linked Data: An exploration in the alignment of metadata models. Journal of Documentation, v. 74, n. 2, p.354-371, 2018. Disponível em https://doi.org/10.1108/JD-07-2017-0106 Acesso em 23 de maio de 2018 HARPRING, P. The Language of Images: Enhancing Access to Images byApplying Metadata Schemas and Structured Vocabularies. In: Introduction to access image. Edited by Murtha Bacca. Los Angeles: Getty Research Institute, 2002. p. 20-39 IFLA. Supports photographiques et films. IN: IFLA. IFLA principles of conservation. International Preservation Issues: n.3 p.53-72. Disponível em https://www.ifla.org/files/assets/pac/ipi/pchlm-f.pdf Acesso em 07 de maio de 2018. JAEGGER, M. de F.P., LYRA, M.H.C.P. de. Manual de procedimentos para descrição de arquivos sonoros. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 1985. (Publicações Técnicas, 38). JOLY, M. Introdução à análise da imagem. Lisboa. Edições 70, 2008. LIMA, M. de L. Fotografia e Memória no âmbito da Ciência da Informação. Scire. v.22, n.1, jun. p. 35-43, 2016 MANINI, M.P. Análise documentária de fotografias: um referencial de leitura de imagens fotográficas para fins documentários. Tese (Doutorado) São Paulo, 2002. Disponível em http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27143/tde-23032007-111516/pt-br.php. Acesso em 23 de maio de 2018. MANINI, M.P. Acervos imagéticos e memória. Ponto de Acesso. Salvador, v.10, n.3, p.97-115, dez. 2016. Disponível em http://dx.doi.org/10.9771/rpa.v10i3.20934. Acesso em 23 de maio 2018. MANINI, M.P. Imagem, Memória e Informação: um tripé para o documento fotográfico. Domínios da imagem. Londrina, v.4 n.8, p.77-88, 2011. Disponível em https://www.researchgate.net/publication/267379803_Imagem_Memoria_e_Informacao_um_tripe_para_o_documento_fotografico. Acesso em 23 de maio e 2018. MENARD, E. ; SMITHGLASS, M. Digital image description: a review of best practices in cultural institutions. Library Hi Tech. v. 30 n. 2, p. 291-309, 2012. Disponível em https://www.emeraldinsight.com/doi/full/10.1108/07378831211239960 Acesso em 14 de maio de 2018. MEY, E. S. Acesso aos registros sonoros: elementos necessários à representação bibliográfica. Tese (Doutorado) ECA/USP, 1999. (Itens 3.4; 3.6 e 5). Disponível em: http://www.conexaorio.com/biti/mey/index.htm. Acesso em: 07 de maio 2018. MOREIRO GONZALEZ, J.A. O conteúdo da imagem. Curitiba, Ed.UFPR, 2003. OLIVEIRA, S. R. Imagem também se lê. São Paulo: Edições Rosari, 2009. PATO, P. R. G. Imagens: polissemia versus indexação e recuperação da informação. In: MANINI, M. P.; MARQUES, O. G.; MUNIZ, N. C. (orgs.). Imagem, memória e informação. Brasília: Ícone, 2010. 200 p. POLO CARRIÓN, J. A.; CALDERA SERRANO, J. ; POVEDA LÓPEZ, I.C. Metadatos y audiovisual: iniciativas, esquemas y estándares. Documentación de las Ciencias de la Información. v.34, p.45-64, 2011. Disponível em http://revistas.ucm.es/index.php/DCIN/article/view/36445 Acesso em 14 de maio de 2018. ROOSA, M. El cuidado, manipulación y almacenamiento de fotografia. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/pac/ipi/ipi5-es.pdf. Acesso Acesso em: 07 maio 2018 SANTOS, F.E.P. et al. Documento e informação audiovisual: bases conceituais numa perspectiva neodocumentalista Em Questão, Porto Alegre, v. 24, n. 2, p. 235-259, maio/ago. 2018 Disponível em http://dx.doi.org/10.19132/1808-5245242.235-259 Acesso em 23 de maio de 2018 SHATFORD LAYNE, S. Analyzing the subject of a picture: a theoretical approach. Cataloging &Classification Quarterly. v. 6, n. 3, p. 39-62, 1986 SIMIONATO, A. C. Representação, acesso, uso e reuso da imagem digital. 2012. 141 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2012. SMIT, J.W. Algumas questões sobre os documentos audiovisuais em bibliotecas. São Paulo: APB, 1995. (Ensaios APB, 23). SMIT, J.W. A análise da imagem: um primeiro plano. In: SMIT, J.W. (coord.). Análise documentária: a análise da síntese. 2.ed. Brasília: IBICT, 1989. p.101-113 SMIT, J.W. Documentação audiovisual. In: BELLOTTO, H.L.; LIMAS, Y.D.; SMIT, J.W (coord.). Organização de arquivos. São Paulo: ECA/USP, 2000, p.67-80. SMIT, J. W. A representação da imagem. Informare - Cadernos do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Rio de Janeiro, v. 2, n. 2, p. 28 – 36, 1996. SOUZA, R. de M. A representação do filme documentário institucional: testemunho histórico científico no espaço informacional acadêmico. Morpheus. Revista Eletrônica em Ciências Humanas - Conhecimento e Sociedade, n.5, 2004. Disponível em: Acesso em: 12 fev. 2015. VRA CORE OVERSIGHT COMMITTEE. VRA Core: a data standard for the description of images and works of art and culture. [201-]. Disponível: . Acesso em: 07 maio 2018. YAMANE, G.A.C.; CASTRO, F.F. O estudo e a identificação dos padrões de metadados para a representação e a recuperação da imagem digital na perspectiva da web. Em Questão, Porto Alegre, v. 24, n. 1, p. 145-173, jan./abr. 2018. Disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/71475 Acesso em 17 de maio de 2018. Recursos eletrônicos FIAF - Fédération Internationale des Archives du Film http://www.fiafnet.org.uk FIAT - Fédération Internationale des Archives de la Télévision http://fiatifta.org http://fiatifta.org/index.php/media/papers-presentations/ IASA - International Association of Sound and Audiovisual Archives http://www.iasa-web.org https://www.iasa-web.org/cataloguing-rules Referências Complementares: ALVES, M.C., VALERIO, S.A. Manual de indexação de documentos fotográficos: versão preliminar. Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, 1996. ARAÚJO, C. A. O pensamento crítico na Arquivologia, na Biblioteconomia e na Museologia. InCID: R. Ci. Inf. E Doc., Ribeirão Preto, v. 5, n. 1, p. 27 – 46, mar. / ago. 2014. CUNHA, C. da S.; BLAYA PEREZ, C. Preservação digital de fotografias. Inf. & Soc.:Est., João Pessoa, v.24, n.2, p. 49-55, maio/ago. 2014. FILIPPI, P. de; LIMA, S.F.; CARVALHO, V.C. Como tratar coleções de fotografias. São Paulo: Arquivo do Estado, 2000. FUNDAÇÃO João Pinheiro; Universidade Federal de Minas Gerais. Manual de orientação para preservação de acervos fotográficos. Belo Horizonte, 1985. GLENNAN, K.P. The development of resource description & access and its impact on music materials. Music Library Association. v. 68, n. 3 , March, p. 526-534, 2012. Disponível http://www.jstor.org/stable/41412167. Acesso em 09 de maio de 2018. GREISDORF, H; O´CONNOR, B. Structures of image collections from Chauvet-Pont-Arc to Flick. Westport: Libraries Unlimited, 2008. HUDRISIER, H. L'iconothèque: documentation audiovisuelle et banques d'images. Paris: Documentation Française, 1982. LUIRETTE, C. D. Conservación preventiva de soportes audiovisuales: imágenes fijas y em movimento. Buenos Aires: Alfagrama, 2008. McRAE, L; WHITE, L. S. ArtMARC sourcebook: cataloging art architecture and their visual images. Chicago: ALA, 1998. POLO CARRIÓN, J. A.; CALDERA SERRANO, J. ; POVEDA LÓPEZ, I.C. Metadatos y audiovisual: iniciativas, esquemas y estándares. Documentación de las Ciencias de la Información. v.34, p.45-64, 2011. Disponível em http://revistas.ucm.es/index.php/DCIN/article/view/36445 Acesso em 14 de maio de 2018. RODRIGUES, Ricardo Crisafulli. Análise e tematização da imagem fotográfica: determinação, delimitação e direcionamento dos discursos da imagem fotográfica. Brasília, 2011. 323 f., il. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília. RODRIGUEZ-YUNTA, L. “Humanidades digitales, ¿una mera etiqueta o un campo por el que deben apostar las ciencias de la documentación?”. Anuario ThinkEPI, v. 7, p. 37-43, 2013. Disponível em https://recyt.fecyt.es/index.php/ThinkEPI/article/view/30327 ROOSA, M. El cuidado, manipulación y almacenamiento de fotografia. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/pac/ipi/ipi5-es.pdf. Acesso Acesso em: 07 maio 2018 SCARABUCI, M.; KAFURE, I. Diretrizes para digitalizar e conservar os suportes de som. Perspectivas em Ciência da Informação. v.14, n.3, p.140-152, 2009. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/pci/v14n3/09.pdf Acesso em 17 de maio de 2018. SMIT, J. W. O arquivo de museu e a informação. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL ARQUIVOS DE MUSEUS E PESQUISA, 1., 2010. São Paulo. Anais. São Paulo: MAC USP, 2010, p. 84 – 92.
 

Clique para consultar os requisitos para CBD0268

Clique para consultar o oferecimento para CBD0268

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP