Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Centro de Biologia Marinha
 
Centro de Biologia Marinha
 
Disciplina: CBM0150 - Amostragem em Ecologia Populacional
Sampling theory and practice in Population Ecology

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2009 Desativação:

Objetivos
Vários processos relacionados à dinâmica populacional de plantas e animais são em parte determinados por limitantes de ordem filogenética. Características selecionadas ao longo da evolução, como a dimensão dos primeiros juvenis, a idade relativa da primeira maturação, o potencial reprodutivo e a longevidade são cruciais na determinação do potencial de crescimento, dispersão e persistência de populações no ambiente natural. Muitos estudos descrevem satisfatoriamente o ciclo de vida de espécies, seja por sua importância ecológica, comercial ou pelo interesse dos pesquisadores em determinados grupos, mas muito menos são aqueles que integram esse conhecimento com abordagens quantitativas que permitam estimar taxas de colonização de habitat, recrutamento juvenil, migração e mortalidade. Para todos esses parâmetros é necessário delinear uma estratégia de amostragem que permita a obtenção de estimativas de densidade adequadas, com alta precisão e viés reduzido. O objetivo desta disciplina é apresentar formalmente diferentes técnicas de amostragem e demonstrar, na prática, o ganho em precisão e correção proporcionado através da escolha de um procedimento superior. Pretende-se capacitar os estudantes para a execução de programas de amostragem específicos para diferentes situações.As despesas de alojamento e alimentação no CEBIMar correrão por conta do aluno.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
200215 - Augusto Alberto Valero Flores
 
Programa Resumido
Padrões de distribuição espacial; identificação de padrões de distribuição; definição de termos e conceitos em amostragem; inferência estatística; estudo piloto; execução da amostragem aleatória simples (AAS); execução da amostragem aleatória sistemática (AASist); execução de amostragem aleatória estratificada (AAE)
 
 
 
Programa
Teórica 1 (4h): Padrões de distribuição espacial; Prática 1 (4h): Identificação de padrões de distribuição; Teórica 2 (4h): Definição de termos e conceitos em amostragem; Teórica 3 (4h): Inferência estatística; Prática 2 (4h): Estudo piloto; Teórica 4 (5h): Amostragem aleatória simples (AAS); Prática 3 (6h): Execução da AAS; Teórica 5 (4h): Amostragem aleatória estratificada (AAE) e amostragem aleatória sistemática (AASist); Prática 4 (6h): Execução da (AAE); Teórica 6 (4h): Considerações finais; Estudo para a resolução de listas de exercícios e preparação para a prova (15h); Prova escrita (3h)
 
 
 
Avaliação
     
Método
A disciplina será dividida em quatro componentes principais: aulas teóricas, aulas práticas (saídas de campo), resolução de exercícios e avaliação teórica. Os alunos terão a oportunidade de comparar os resultados obtidos, utilizando diferentes técnicas de amostragem, e serão convidados a discutir sobre a idoneidade de cada método em condições específicas. De preferência, o curso será ministrado de modo intensivo durante uma semana, num local onde seja possível colocar em prática uma atividade de campo. Após essa fase, os estudantes terão um tempo disponível para completar as listas de exercícios e preparar-se para a avaliação teórica. As aulas práticas dessa disciplina já foram realizadas em costões rochosos, riachos e lagos de maneira igualmente satisfatória, podendo ser também realizada em ambientes terrestres desde que identificada uma população-alvo apropriada para fins didáticos.
Critério
Além de uma prova escrita (E), as listas de exercícios (L) e a participação dos alunos (P), tanto em sala de aula como no campo, serão também utilizadas na avaliação. A qualificação final (QF) será dada por:

QF = (2E+L+P)/4
Norma de Recuperação
Não será oferecida recuperação.
 
Bibliografia
     
Cochran WG (1977) Sampling techniques. John Wiley & Sons, 428 p.

Conde JE, Diaz H (1985) Diseño de muestreo aleatório estratificado aplicado al estudio de poblaciones del género Uca (Brachyura, Ocypodidae). Inv. Pesq. 49 (4): 567-579

Flores AAV, Abrantes KG, Paula J (2005) Estimating abundance and spatial distribution patterns of the bubble crab Dotilla fenestrata (Hilgendorf). Austral Ecology, 30: 14-23

Krebs CJ (1989) Ecological methodology. Harper Collins Publishers, New York, 654 p.

Poole RW (1974) An introduction to quantitative ecology. McGraw Hill, 532 p.

Snedecor GW, Cochran WG (1980) Statistical methods. 7th edition. The Iowa State University Press, 507p.

Sokal RR, Rohlf FJ (1995) Biometry. 3rd edition. WH Freeman and Co, New York, 887p.

Williams B (1978) A sampler on sampling. John Wiley & Sons, 254 p.
 

Clique para consultar os requisitos para CBM0150

Clique para consultar o oferecimento para CBM0150

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP