Informações da Disciplina

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Comunicações e Artes
 
Comunicações e Artes
 
Disciplina: CCA0298 - Atividades Teórico-Práticas de Aprofundamento I
Theoretical and Practical Complementary Activities I

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h ( Atividades Acadêmicos-Científico-Culturais = 60 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
Objetivos Gerais: ● Propiciar aos discentes, através da síntese das disciplinas no semestre e da participação em atividades extra universidade, entendimento inicial que capacite os discentes a iniciarem a análise sobre a Educomunicação como campo teórico e a situá-lo com relação à vida profissional futura. ● Inserir temas emergentes do permanente progresso que se registra na área da gestão da comunicação, do uso das tecnologias da informação na esfera educativa para atualizar os conteúdos didático-pedagógicos das disciplinas do curso. ● Programar com os discentes a participação em atividades acadêmicas, científicas e culturais, que atendam aos objetivos de formação universitária do educomunicador Objetivo Específico: ● Oferecer aos discentes condições de relacionar os conteúdos vistos nas disciplinas com as atividades desenvolvidas dentro e fora da Universidade.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
213522 - Claudemir Edson Viana
 
Programa Resumido
As Atividades Teórico-Práticas de Aprofundamento (ATPA I, II, III, IV) , compõem, no projeto pedagógico da Licenciatura em Educomunicação,o bloco de disciplinas da Formação Específica e transversal ao currículo, e que são oferecidas nos dois primeiros anos da Licenciatura. As ATPAs foram concebidas como oportunidade de inserção de temáticas diversas afeitas à formação do Educomunicador, orientando-o para uma visão integrada das demais disciplinas do curso, e para subsidiar o discente nas vivências práticas em ambientes, contextos e organizações da sociedade civil.
 
 
 
Programa
Módulo I - Primeiros contatos com a educomunicação. O contexto sociotecnológico contemporâneo e as interfaces entre comunicação e educação. Temas e Problemas do campo comunicação/educação. A mídia como objeto de estudo. Dispositivos comunicacionais, Leitura Crítica da mídia e a educomunicação. Educomunicação: pesquisar: perguntar, criar, experimentar, baseado em que valores mesmo? Módulo II – Leitura crítica da mídia (LCM) e educomunicação Conhecendo núcleos de pesquisa, cultura e extensão da ECA/USP Leitura crítica da mídia e a educomunicação Vivências e reflexões educomunicativas: compreensão dos conceitos que formam o campo. Módulo III – Resultados Apresentação das produções dos trabalhos produzidos pelos grupos para os desafios I, II e III Entrega de relatório geral sobre os desafios, por grupo, e com os produtos midiáticos. Avaliação coletiva e dialogada sobre a disciplina e o semestre; Questionário online para avaliação individual sobre curso
 
 
 
Avaliação
     
Método
Avaliação: Avaliação Individual (0 – 03): Assiduidade, participação na aula. Realização dos trabalhos solicitados; Avaliação em grupo (0 – 07): Cada grupo, ao final, entregará relatório sobre atividades desenvolvidas para os desafios I, II e III e suas produções midiáticas. Participação na aula de avaliação coletiva sobre a disciplina e seu percurso nela. Método: Os alunos são apresentados ao conteúdo do programa da disciplina por meio do diálogo problematizador sobre temas da disciplina e através da orientação, organização e análise das atividades práticas organizadas em projetos. Estes projetos serão promovidos de maneira interdisciplinar com as demais disciplinas, mais de perto com a disciplina Práticas Laboratoriais em Multimídia. Os discentes formam grupos de até 06 integrantes para a realização dos Desafios I , II e III: (Leitura Crítica da Mídia; Tesouros do NCE, Produção Midiática). Atividades Discentes: Atividades em sala de aula: assiduidade e participação na realização das atividades propostas e nas leituras e discussões. Envolvimento na Produção de material e apresentação de seminários.
Critério
Assiduidade, participação. Realização dos trabalhos solicitados (Desafios; apresentação para a turma; Relatório Final do Grupo.
Norma de Recuperação
Critérios de aprovação e épocas de realização das provas ou trabalhos): Prova escrita sobre os conteúdos tratados no período de aula.
 
Bibliografia
     
Almeida, Argemiro Ferreira de ISMAR DE OLIVEIRA SOARES, MEDIADOR EDUCOMUNICACIONAL. Anuário Unesco/Metodista de Comunicação Regional, Ano 14 n.14, p. 67-78 jan/dez. 2010. ALVARADO, Morella. Lectura Crítica de médios: uma propuesta metodológica. Revista Comunicar no. 39.2012. p.101-108. CARRAHER, David W. Senso Crítico. Do dia-a-dia às Ciências Humanas. São Paulo. Pioneira, 2002. CITELLI, Adilson; COSTA, Maria Cristina C. Educomunicação. Construindo uma nova área de conhecimento. São Paulo: Paulinas, 2011. Gottlieb . Liana. Da Leitura Crítica dos Meios de Comunicação á Educomunicação.Revista Trama Interdisciplinar. No. 2. 2010. Manual prático de leitura crítica da mídia. (Centro de Cultura Luiz Freire, RE/PE) MORIN, Edgar. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento 8a ed. -Rio de Janeiro: Bertrand Brasil,2003 Silva, Maurício V.. Educom é amor e luta, mas que amor e que luta?. Revista Unifreire no. 6, pg. 105. dezembro 2018. Revista Comunicação & Educação da ECA/USP.(online). http://www.revistas.usp.br/comueduc/ SILVERSTONE, Roger. A textura da experiência. In: Por que estudar a mídia? SP Ed. Loyola. 2002 SOARES, Ismar de Oliveira. Educomunicação: um campo de mediações.. Revista Comunicação & Educação, São Paulo, 2000; SOARES, Ismar de Oliveira. A emergência de um novo campo e o perfil de seus profissionais.Contato, Brasília, ano 1, n.2, jan./mar. 1999. TRINDADE, Eneus. ANNIBAL, Sérgio. Leitura, recepção midiática e produção de sentido. Revista Comunicação & Educação. 2010.
 

Clique para consultar os requisitos para CCA0298

Clique para consultar o oferecimento para CCA0298

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP