Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Jornalismo e Editoração
 
Disciplina: CJE0249 - História do Livro
History of book

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2012 Desativação:

Objetivos
Estudo, discussão e compreensão dos processos fundamentais de construção do livro impresso. Caracterização das diferentes “idades do livro”, considerando fatores relacionados à história da técnica e da tecnologia e seus pontos de contato com questões de ordem política, econômica e sócio-cultural.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1403766 - Marisa Midore Deaecto
 
Programa Resumido
Identificar os suportes da escrita que antecederam ao formato do livro (códice) nas sociedades antigas, bem como as múltiplas questões relacionadas às suas mutações. Refletir sobre as formas de mediação existentes entre o autor e o público leitor, com especial ênfase no período imediato que antecede à descoberta dos tipos móveis (sec. XIII-XIV), até o aparecimento do livro impresso, este “fermento” da cultura ocidental, no século XV. A análise se estende ao mundo do livro no contexto da Revolução Industrial (séculos XVIII-XIX), quando se analisa os primórdios de uma atividade editorial destinada à produção em larga escala.
 
 
 
Programa
14.1. A escrita e seus múltiplos suportes nas sociedades antigas
14.2. O aparecimento do códice no século I d.C.
14.3. O livro na Idade Média
a) O período monástico
b) O período laico
14.4. O livro no alvorecer da cultura impressa
a) Gutenberg e seu tempo
b) Tipografia: o papel e outras soluções técnicas
14.5. A expansão da imprensa
a) Geografia da difusão da palavra impressa
b) O livro Humanista
c) Reforma e Contra-Reforma
14.6. A economia do Livro
a) Artífices do livro
b) Tipógrafos-Editores
c) Livreiros
14.7. A Figura do autor
14.8. Iluminismo, edição e sedição (século XVIII)
14.9. A Revolução Industrial e o advento do mercado editorial de massa (séculos XVIII-XIX)
 
 
 
Avaliação
     
Método
: O programa foi organizado a partir de dois eixos analíticos: 1) visão diacrônica da história do livro e da produção editorial; 2) as figuras do editor, do autor e do leitor: espaços e temporalidades. Estão previstas aulas expositivas, seminários e atividades de análise documental.
Critério
Trabalhos individuais e em grupo. Participação ativa nas aulas. Avaliação final escrita.
Norma de Recuperação
Apresentação de trabalho, cujo tema será discutido no momento oportuno e avaliação escrita.
 
Bibliografia
     
ARAÚJO, Emanuel. A construção do livro. 2ª edição. São Paulo: Edunesp; Rio de Janeiro: Lexikon, 2008.
BARBIER, Frédéric. História do livro. São Paulo: Paulistana, 2008.
BARBIER, Frédéric. L´empire du livre. Le livre et la construction de l´Allemagne contemporaine: 1815-1914. Préface de Henri-Jean Martin. Paris: Les Editions du Cerf, 1995.
BARBIER, Frédéric. L´Europe de Gutenberg. Le livre et l´invention de la modernité occidentale. Paris : Belin, 2006.
BARBIER, Frédéric; JURATIC, Sabine; VARRY, Dominique (dir.). L´Europe et le livre imprimé. Reseaux et pratiques du négoce de librairie: XVIe.-XIXe. siècles. Paris: Klincksieck, 1996.
BENEVOLO, Leonardo. La ville dans l’histoire européenne. Paris: Seuil, 1993.
BOURDIEU, Pierre. Les règles de l’art: Genèse et structure du champ littéraire. Paris: Seuil, 1998.
BRAUDEL, Fernand. Gramática das civilizações. São Paulo: Martins Fontes, 2004. [1ª edição: 1963].
BRAUDEL, Fernand. O modelo italiano. São Paulo: Companhia das Letras, 2007. Coleção História Social da Arte.
BURKE, Peter. Uma história social do conhecimento: De Gutenberg a Diderot. São Paulo: Jorge Zahar, 2004.
CANFORA, Luciano. Livro e liberdade. São Paulo; Rio de Janeiro: Ateliê Editorial; Casa da Palavra, 2003.
CHARTIER, Roger. A ordem dos livros. Leitores, autores e bibliotecas na Europa entre os séculos XIV e XVIII. 2ª ed. Brasília: UnB, 1999.
CHARTIER, Roger. Leituras e leitores na França do Antigo Regime. São Paulo: Unesp, 2004.
CHARTIER, Roger. Les origines culturelles de la Révolution française. Postface inédite de l’auteur. Paris: Seuil, 2000.
DAHL, Svend. Histoire du livre: De l´Antiquité à nos jours. Paris: Jules Lamarre, 1933.
DARNTON, Robert. O beijo de Lamourette: Mídia, cultura e revolução. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.
DARNTON, Robert. O iluminismo como negócio: História da publicação da enciclopédia (1775-1800). São Paulo: Companhia das Letras, 1996.
DARNTON, Robert; ROCHE, Daniel (orgs.). Revolução Impressa. A imprensa na França (1775-1800). São Paulo: Edusp, 1996.
DEAECTO, Marisa Midori. “História do Livro”. Verbo – Revista da Associação Brasileira dos Editores Universitários, nº 5. São Paulo, jun. 2009, pp. 32-37.
DIDEROT, Denis. Carta sobre o comércio do livro. Prefácio de Roger Chartier. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2002.
EISENSTEIN, Elisabeth L. A revolução da cultura impressa: Os primórdios da Europa moderna. São Paulo: Ática, 1998.
ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, [Uma história dos costumes, vol. I, 1994; Formação do Estado e Civilização, vol. II, 1993].
FARIA, Maria Isabel; PERICÃO, Maria da Graça. Dicionário do livro: Da escrita ao livro eletrônico. São Paulo: Edusp, 2008.
FEBVRE, Lucien; MARTIN, Henri-Jean. O aparecimento do livro. São Paulo: Unesp, 1992.
FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 2ª edição. São Paulo: Loyola, 1996.
LABARRE, Albert. História do livro. São Paulo: Cultrix; Brasília: INL, 1961.
MC EVEDY, Colin. Atlas da História Moderna (até 1815). São Paulo: Verbo, 1990.
MCKENZIE, D. F. Bibliography and Sociology of Texts. Londres: The British Library, 1986.
MCMURTRIE, Douglas C. O livro. 3ª edição. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1997.
MOLLIER, Jean-Yves. “A História do livro, da edição e da leitura: um balanço de 50 anos de trabalho” [2004]. Tradução de Marisa M. Deaecto. Disponível em: .
MUMFORD, Lewis. La cultura de las ciudades. Buenos Aires: Emece Editores, s.d.p. 3v. Coleccion Grandes Ensayistas.
PIRENNE, Henri. As cidades da Idade Média. Lisboa: Europa-América, 1973.
PIRENNE, Henri. Histoire de l'Europe des invasions au XVIe. siècle. Paris: Félix Alcan, 1936.
PORTELA, Manuel. O comércio da literatura: Mercado e representação. Lisboa: Antígona, 2003.
SATUE, Enric. Aldo Manuzio: Editor, tipógrafo, livreiro. Cotia (SP): Ateliê Editorial, 2005.
STEINBERG, Heinrich. Five Hundred Years of Printing. London: Penguin Books, 1955.
 

Clique para consultar os requisitos para CJE0249

Clique para consultar o oferecimento para CJE0249

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP