Informações da Disciplina

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Comunicações e Artes
 
Jornalismo e Editoração
 
Disciplina: CJE0655 - Jornalismo Organizacional
Journalism Corporation

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2017 Desativação:

Objetivos
- Levar os alunos a compreenderem o papel atual dos jornalistas nas assessorias de comunicação, incluindo suas interações com profissionais de outras áreas, como relações públicas, marketing e publicidade, nos contextos dos processos comunicacionais das empresas, instituições e organizações não governamentais (ongs) com a sociedade, por meio da aprendizagem de conceitos, práticas e estudos de caso. - Estudar a comunicação, em especial as atividades jornalísticas de assessoria – produção de textos, divulgação, realização de eventos, como coletivas, entre outros – como um setor integrado à estrutura organizacional, bem como sua crescente importância no processo de produção de conteúdos pelos veículos de comunicação, sejam impressos ou eletrônicos (rádio, televisão e internet). - Analisar a importância do setor como um importante vetor de empregabilidade dos jornalistas contemporâneos.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
559873 - André Chaves de Melo Silva
 
Programa Resumido
Assessorias de comunicação; representações sociais; pesquisas de perfis de públicos e representações sociais; estruturação de serviços de comunicação organizacionais; mídias e mercado de comunicação; relações entre jornalistas e outros profissionais dentro das organizações; ombudsman/ouvidoria; estudos de casos; criação de projetos de jornalismo/comunicação organizacional.
 
 
 
Programa
1. Assessorias de Comunicação: jornalismo e jornalistas nas organizações. 2. Encontrando a audiência das organizações: pesquisas de perfis de públicos (quantitativas e qualitativas). 3. Representações sociais. Conceito e suas relações com a comunicação social e o desenvolvimento do conhecimento. 4. Pesquisas de perfis de públicos e representações sociais. 5. Métodos para o desenvolvimento de pesquisas de perfis de públicos. 6. Criação, desenvolvimento e estruturação de serviços de comunicação organizacionais a partir da detecção dos públicos da organização. Jornais, revistas, boletins, newsletters, canais de televisão e rádio (na internet), vídeos, sites – incluindo a presença da organização nas redes sociais –,exposições, entre outros. 7. Relações com a imprensa. Contatos (incluindo mailing list), mediação informativa, redação de matérias e/ou press-releases, organização de entrevistas individuais e coletivas e de outros eventos (seminários, fóruns, mesas-redondas, simpósios, debates, painéis, conferências, palestras, jornadas, congressos, convenções, visitas, entre outros). Media training (funções e questões de ética). 8. Mídias e mercado de comunicação. 9. Relações entre jornalistas, publicitários, profissionais de marketing e relações públicas dentro da organização. O papel de cada um e interações possíveis dentro de limites éticos. 10. Ombudsman/Ouvidoria. 11. Estudos de casos. 12. Criação de projetos de jornalismo/comunicação organizacional.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Participação nas aulas, palestras, seminários e debates. Leitura de textos. Realização de exercícios, análises, relatórios, projetos de jornalismo/comunicação organizacional e outras atividades.
Critério
A avaliação se dará pela análise do desempenho de cada aluno nas atividades previstas.
Norma de Recuperação
A disciplina não oferecerá recuperação.
 
Bibliografia
     
ADLER, Ronald B. e RODMAN,George. Comunicação humana. 7ª ed. Rio de Janeiro:LTC Editora, 2000. ANDRADE, Cândido Teobaldo de Souza. Administração de Relações Públicas no governo. São Paulo: Loyola, 1982. ARGENTI, Paul A. Comunicação empresarial. 4ª.ed. Rio de Janeiro, 2006. BUENO, Wilson da Costa. Comunicação empresarial: teoria e pesquisa. Barueri, Manole, 2003. _____________. Comunicação empresarial no Brasil:uma leitura crítica. São Paulo:All Print Editora, 2005. _____________. Comunicação Empresarial: políticas e estratégias. São Paulo: Editora Saraiva, 2009. CAHEN, Roger. Tudo que seus gurus não lhe contaram sobre comunicação empresarial. São Paulo: Best Seller, 1990. CASTELLS, Manuel. La ciudad y lasmasas. Sociologia de losmovimientossociales urbanos. Madrid, AlianzaUniversidad, 1986. CESCA, C. G. G. Organização de eventos: manual para planejamento e execução. 2a. ed. São Paulo: Summus, 1997. COMPAGNON, Antoine. O demônio da teoria (trad. C.P.B. Mourão). Belo Horizonte: Ed.UFMG, 1999. COMPAGNON, Antoine. Leitura. In: Enciclopédia Einaudi v.11 (Oral/Escrito) (trad. T. Coelho). Lisboa: Imprensa Nacional/Casa da Moeda, 1987. CORRADO, Frank M. A força da comunicação: quem não se comunica... São Paulo: Makron, Books, 1994. COSTA, Joan. Imagen corporativa enelsiglo XXI. Buenos Aires: La Crujia, 2001. _____________. La comunicaciónenacción. Barcelona: Paidós, 1999. _____________.Comunicación corporativa y revolución de losservicios. Madrid: Ed. de lasCienciasSociales, 1995. DUARTE, Jorge (Organizador). Assessoria de Imprensa e Relacionamento com a Mídia. São Paulo, Atlas, 2002. FARIAS, L. A. de. A literatura de relações públicas: produção, consumo e perspectivas. São Paulo: Summus, 2004. FERNANDES COLLADO, Carlos (org.). La comunicaciónenlasorganizaciones. 2ª. ed. México: Ed. Trillas, 2003. FIGUEIREDO, Rubens e NASSAR, Paulo. O que é comunicação empresarial. Coleção Primeiros Passos. São Paulo: Brasiliense, 1995. GIACAGLIA, M. C. Eventos: como criar, estruturar e captar recursos. São Paulo: Thomson, 2007. GIACAGLIA, M. C. Organização de eventos – teoria e prática. São Paulo: Thomson, 2003. GIL, Antonio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo, Ed. Atlas, 1994. GOMES, Nelson e NASSAR, Paulo. A comunicação da pequena empresa. São Paulo: Globo 1997. GRACIOSO, Francisco. Propaganda institucional: nova arma estratégica da empresa. São Paulo: Atlas, 1995. GRANDI, Roberto. La comunicazionepubblica: teorie, casi, profilinormativi. Carocci, Roma, 2002. HASWANI, Mariângela Furlan. Comunicação pública: bases e abrangências. Ed. Saraiva. São Paulo, 2013. HASWANI, Mariângela Furlan.A comunicação estatal com garantia de direitos: foco no Brasil, na Colômbia e na Venezuela. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação Interunidades em Integração da América Latina da Universidade de São Paulo (Prolam/USP). São Paulo, 2010. JABLIN, Frederic M. e PUTNAM, Linda L. (orgs.). The new handbookoforganizational communication: advances in theory, research, andmethods. Thousand Oaks: SagePublications, 2001. KAPLAN, A .e LASSWELL, H. Poder e sociedade. Brasília: Universidade de Brasília, 1979. KOTLER, P., HAIDER , D. H. e REIN, I. Marketing público. São Paulo: Makron, 1995. KOTLER, Philip. Administração de marketing, Edição do milênio. São Paulo: Makron Books, 2000. _____________. Marketing para as organizações que não visam lucro. Tradução de H. de Barros, São Paulo: Atlas, 1978. KREEPS, Gary L. Organizationalcomunication. 2nd. ed. NY&London, Longman, 1990. KUNSCH, Margarida K. Os grupos de mídia no Brasil e as mediações das assessorias de comunicação, relações públicas e imprensa. São Paulo, Fapesp/USP, 1999. KUNSCH, Margarida M.Krohling (org.), Obtendo resultados com relações públicas. 2a. ed. revista e atualizada. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2006. _____________.Planejamento de relações públicas na comunicação integrada. 4ª ed. Edição revista, ampliada e atualizada. São Paulo: Summus, 2003. _____________. Relações públicas e modernidade: novos paradigmas na comunicação organizacional.São Paulo: Summus, 1997. _____________. Universidade e comunicação na edificação da sociedade. São Paulo: Ed. Loyola, 1992. _____________.Planejamento e gestão estratégica das relações públicas comunitárias. In: KUNSCH,. M.M.K. e KUNSCH, W.L. (orgs.). Relações públicas comunitárias: a comunicação em uma perspectiva dialógica e transformadora. São Paulo: Summus, 2007, p. 293-309. _____________(org).Gestão estratégica em comunicação organizacional e relações públicas. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2008. _____________(org.). Comunicação organizacional: histórico, fundamentos e processos. (Volume 1). São Paulo: Editora Saraiva, 2009. _____________(org.). Comunicação organizacional: histórico, fundamentos e processos. (Volume 2). São Paulo: Editora Saraiva, 2009. LUPETTI, Marcelia. Gestão estratégica da comunicação mercadológica. São Paulo:Thomson Learning, 2007. MARCHIORI, Marlene. (org).Faces da cultura e da comunicação organizacional.São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2006. _____________.Cultura e comunicação organizacional: um olhar estratégico sobre a organização. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2006. MARÍN, Antonio Lucas. La comunicaciónenla empresa y enlasorganizaciones. Barcelona: Bosch Casa Editorial, 1997. MATOS, H. Comunicação política e dimensão mercadológica no espaço público. Revista Líbero, ano 1, no. 2, 1998. _____________.Comunicação pública, democracia e cidadania. Revista Líbero, ano 2, no. 3/4, 1999. _____________.Comunicação pública e comunicação global. Revista Líbero, ano 3, no. 6, 2000. MORGAN, Gareth. Imagens de organização. São Paulo: Atlas, 1996. MOSCOVICI, Serge. Representações Sociais: Investigações em Psicologia Social. Petrópolis, Editora Vozes, 4ª edição, 2003. MÚNERA URIBE, Pablo A. e Sánchez Zuluaga, Uriel H. Comunicación empresarial: una mirada corporativa. Medellín: AsociaciónIberoamericana de Comunicación Estratégica, 2003. NASSAR, Paulo (org). Comunicação interna: a força das empresas. São Paulo: Aberje, volume 1 (2003), volume 2 (2005), volume 3 (2006) e volume 4 (2009). _____________(org.). Comunicação empresarial: estratégia de organizações vencedoras. São Paulo: Aberje, volume 1 (2005) volume 2 (2006). _____________. Tudo é Comunicação. São Paulo: Lazuli Editora, 2006. NEVES, Roberto de Castro. Comunicação empresarial integrada: como gerenciar imagem, questões públicas, comunicação simbólica, crises empresariais. Rio de Janeiro: Mauad, 2000. NOGUEIRA, N. Media training. Melhorando as relações da empresa com os jornalistas. De olho no fim da comunicação social. São Paulo, Sultura, 1999. OGDEN, James R. Comunicacão integrada de marketing. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2002. Nielsen, Jakob. Projetando Websites. Editora Campus, 6ª edição, São Paulo. OLIVEIRA, F. Ciência e tecnologia na comunicação social de instituições governamentais. São Paulo: ECA-USP, 1998. Tese de doutorado. OLIVEIRA, Ivone e PAULA, Maria Aparecida de. O que é comunicação estratégica nas organizações? São Paulo: Paulus, 2007. _____________, SOARES, Ana Thereza Nogueira (orgs.) Interfaces e tendências no contexto das organizações. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2008. PIÑUEL RAIGADA, José L. Teoria de lacomunicación y gestión de lasorganizaciones. Madrid, Síntesis, 1997. POYARES, Walter. Imagem pública: glória para uns, ruína para outros. São Paulo: Globo, 1998. PINHO, J. B. Comunicação nas organizações. Viçosa: Ed.UFV, 2006. REBEIL CORRELLA, M. Antonieta e RUIZ SANDOVAL, Celia (coords.). El poder de lacomunicaciónenlasorganizaciones. 2ª.reimpressão. México: Plaza y Valés Editores/UniversidadIberoamericana, 2000. RICHARDSON, Robert J. Pesquisa Social: métodos e técnicas. São Paulo, Ed. Atlas, 1989. ROLANDO, Stefano (org). Teoria e tecnichedellacomunicazionepubblica: dalloStatosovraordinatoallásussidarietà. Milão: ETASLAB, 2ed., 2003. SALIBA, Elias Thomé. Experiências e representações sociais: reflexões sobre o uso e o consumo das imagens. In: BITTENCOURT, Circe (org.). O saber histórico na sala de aula. São Paulo, Contexto, 1997. SCHULER, Maria (coord.); SACCHET, Rosana de Oliveira Freitas; MACHADO, Deonir;. VOLKMANN, Pedro Armando (colaboradores). Comunicação Estratégica. São Paulo: Atlas, 2004. SEITEL, Frasier P. Teoría y práctica de las relaciones públicas. 8ª edición. Madrid: Pearson Educación, 2002. TORQUATO DO REGO, Francisco Gaudêncio.Comunicação empresarial, comunicação institucional: conceitos, estratégias, sistemas, estruturas, planejamento e técnicas. São Paulo: Summus, 1986. _____________.Tratado de comunicação organizacional e marketing político. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002. _____________.Marketing e comunicação na administração pública. Disponível em www.polistar.com/brasil/adm.publica/publica/htm. Acesso em 2000. _____________. Marketing político e governamental. São Paulo: Summus, 1985. _____________. Comunicação empresarial/comunicação institucional. São Paulo: Summus, 1986. ZÉMOR, Pierre. La communication publique. Paris: PressesUniversitaires de France, 3ª. ed. 2005.
 

Clique para consultar os requisitos para CJE0655

Clique para consultar o oferecimento para CJE0655

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP