Informa??es da Disciplina

Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Música
 
Disciplina: CMU0450 - Música Eletroacústica I
Electroacoustic Music I

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 45 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2017 Desativação:

Objetivos
Introduzir conceitos históricos e estéticos da música eletroacústica desde as experiências pioneiras realizadas no início do século XX até os mais recentes desenvolvimentos de ferramentas computacionais empregadas na composição musical. Os alunos tomarão contato com o repertório eletroacústico e realizarão análises de obras historicamente significativas desse repertório.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3175446 - Fernando Henrique de Oliveira Iazzetta
 
Programa Resumido
Esta disciplina apoia-se no estudo da história da música eletroacústica, abordando seus aspectos analíticos, estéticos e técnicos. Serão analisadas obras referenciais deste repertório, discutidas técnicas de processamento sonoro e realizados exercícios de composição eletroacústica.
 
 
 
Programa
1. Música Eletroacústica: conceitos e definições. 2. Primeiros desenvolvimentos: O surgimento da gravação; O papel do fonógrafo e do gramofone nos hábitos da escuta musical; Primeiros instrumentos elétricos (Telharmonium, Theremin, Ondes Martenot e outros). 3. O surgimento da composição eletroacústica - Música concreta: Pierre Schaeffer e o grupo de Paris; O tratado dos objetos musicais e seus principais conceitos (objeto sonoro, escuta reduzida, acusmática, solfejo dos objetos sonoros); Técnicas de composição e obras representativas. 4. Música eletrônica - Contexto histórico e o estúdio de Colônia; Aproximação entre o serialismo e a música eletrônica; Técnicas de Composição e obras representativas. 5 – Desenvolvimento da música eletroacústica analógica; Sintetizadores analógicos; Musica Mista. 6 – Surgimento de recursos digitais; Modelos de síntese sonora; Composição algorítmica. 7 - Sistemas de performance interativa: Interfaces, gesto e interação; Novos modelos instrumentais. 8 – Novos modos de produção musical com recursos eletrônicos; Arte Sonora.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas sobre os conceitos básicos da disciplina acompanhadas de atividades práticas no laboratório de eletroacústica.
Critério
A avaliação será feita por meio de uma prova teórica e por trabalhos práticos realizados em laboratório.
Norma de Recuperação
Não há recuperação.
 
Bibliografia
     
Barrièrre, J.C. (1991). Le timbre, métafore pour la composition. Paris: Christian Bourgois Éditeur/I.R.C.A.M. Caesar, R. (1997). Material e Forma na Música Eletroacústica. Pesquisa e Música, 3 (1), 4-10. Chion, M. (1983). Guide des objets sonores - Pierre Schaeffer et la recherche musicale. Paris: Buchet-Chastel : Institut national de la communication audiovisuelle. Collins, N. (2009). Handmade Electronic Music: The Art of Hardware Hacking. New York: Routledge. Emmerson, S. (2000). Music, Electronic Media and Culture. Aldershot, Burlington, Singapore, Sydney: Ashgate Publishing Company. Emmerson, S. (2007). Living Electronic Music. Hampshire: Ashgate Pub Co. Fritsch, E. F. (2008). Música Eletrônica. Porto Alegre: Editora da UFRGS. Iazzetta, F. (2009). Música e Mediação Tecnológica. São Paulo: Ed. Perspectiva. Kahn, D. (1999). Noise Water Meat: A History of Sound in the Arts. Cambridge London: The MIT Press. Licata, T. (2002). Electroacoustic Music: Analytical Perspectives. Westport, Conn: Praeger. Menezes, F. (Ed.).(1996). Música Eletroacústica: Histórias e Estéticas. São Paulo. EDUSP. Miranda, E.R. (1998). Computer Synthesis for the Electronic Musician. Oxford: Focal Press. Roads, C. (1996). The Computer Music Tutorial. Cambridge, MA: The MIT Press. Rowe, R. (1993). Interative Music Systems. Cambridge, MA: The MIT Press. Schaeffer, P. (1966). Traité des Objects Musicaux. Paris: Éditions du Seuil. Smalley, D. (1986) “Spectro-Morphology and Structuring Processes.” In The Language of Electroacoustic Music, edited by Simon Emmerson, 61–93. New York: Harwood Academic Press. Smalley, D. (1992). “The Listening Imagination: Listening in the Electroacoustic Era.” In Companion to Contemporary Musical Thought, edited by Tin Howell John Paynter, 1:514–54. London / New York: Routledge. Taylor, T. D. (2001). Strange Sounds: Music, Technology & Culture. New York: Routledge.
 

Clique para consultar os requisitos para CMU0450

Clique para consultar o oferecimento para CMU0450

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP