Informa??es da Disciplina

Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Música
 
Disciplina: CMU0544 - Música, Infância e Educação Musical
Music, Childhood and Education

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2019 Desativação:

Objetivos
-Introduzir estudos e pesquisas referentes às condutas musicais de bebês e crianças, com vias a ampliar conhecimentos acerca do acontecimento musical no curso da infância;
-Desenvolver procedimentos pedagógicos adequados ao fazer musical da infância.
-Realizar pesquisas na área, de cunho teórico e prático, valendo-se, inclusive, das Tecnologias da Comunicação e Informação (TICs) como recurso pedagógico, bem como, para o desenvolvimento pessoal e profissional.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
58568 - Pedro Paulo Salles
 
Programa Resumido
Estudo das condutas musicais da infância, com ênfase para os aspectos relativos à escuta, à produção de gestos, ao cantar e ao movimento.
Análise dos processos de criação musicais no curso da infância.
Estudo das propostas pedagógico-musicais adequadas à etapa da infância
Pesquisa relativa à música da cultura infantil; criação de blog como meio facilitador para o compartilhamento de conhecimentos, repertório e atividades.
 
 
 
Programa
1-O desenvolvimento das condutas musicais no curso da infância, segundo pesquisadores como François Delalande, Claire Renard, Keith Swanwick, Violeta Gainza, Esther Beyer, dentre outros.
2-Escuta e análise de produções musicais infantis;
3-Estudo das pedagogias musicais para a infância, discutindo criticamente as distintas concepções.
4-Estudo das produções musicais para a infância
5- Música tradicional da cultura infantil;
 
 
 
Avaliação
     
Método
Leituras, seminários, pesquisa de campo, relatório de atividades, realizações práticas, produção de textos, utilização das TICs e participação no desenvolvimento do Blog.
Critério
Avaliação contínua considerando o envolvimento do aluno no decorrer do processo, nos trabalhos em classe, seminários, apresentação de propostas e produção de textos escritos.
Norma de Recuperação
Não haverá recuperação.
 
Bibliografia
     
ABEM (Associação Brasileira de Educação Musical). Fundamentos da Educação Musical 4, 1998. ABERASTURY, Arminda. A criança e seus jogos. Trad. De Marialzira Perestrello, 2ª ed.Porto Alegre: Artes Médicas. BEYER, Esther (org.) Ideias em Educação Musical. Porto Alegre: Editora Mediação, 1999. ISBN: 85-87063-30-8 BLACKING, John (1974) – How musical is man? 2nd. Édition. Washington: University of Washington Press/SEF, 2001. BRASIL. Ministério da Educação.Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília:MEC BRASIL. Ministério da Educação.Secretria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC/SEF, 2001. BRITO, Maria Teresa A. de. Por uma educação musical do Pensamento: novas estratégias de comunicação. Tese de Doutorado. COS-PUC/SP, 2007. BRITO, Teca Alencar de. Música na educação infantil: propostas para a formação integral da criança. SP: Ed. Peirópolis, 2003. BRITO, Teca A. de. Koellreutter educador: o humano como objetivo da educação musical. SP: Peirópolis, 2001. ____. Música na educação infantil: propostas para a formação integral da criança. SP:Peirópolis, 2003. ____. Vamos preservar a curiosidade? Crianças, sons e músicas: educação musical em cena. In: Rumos Brasil da Música; pensamentos & reflexões. Coordenação geral do Núcleo de Música. SP:Itaú Cultural, 2006. ____. Quantas músicas tem a Música? ou Algo estranho no Museu!. SP:Peirópolis, 2009. _____. De roda em roda: cantando e brincando o Brasil. SP: Peirópolis, 2013. DELALANDE, François, CÉLESTE, Bernadette, DUMARIER, Elisabeth. L´enfant du sonore au musical. Paris:INA-Buchet/Chastel, 1982. DELALANDE, François. Pedagogie musicale déveil. Paris:INA/GRM, 1976. La musique est um jeu d´enfants. Paris: INA- Buchet/Chastel, 1984. _______________A criança do sonoro ao musical. In Anais do VIII Encontro Anual da Associação Brasileira de Educação Musical; trad. De Bernardete Zagonel, 1999. FONSECA, M. Betânia Parizzi. O desenvolvimento da percepção do tempo em crianças de dois a seis anos: um estudo a partir do canto espontâneo. Tese de Doutorado, Fac. de Medicina da UFMG, 2009 GARDNER, Howard (1994) – Estruturas da mente – A teoria das inteligências múltiplas. Porto Alegre: Artes Médicas. (1999) Arte, mente e cérebro; tradução de Sandra Costa.Porto Alegre: Artes Médicas. ILARI, Beatriz Senoi (org). Em busca da mente musical: ensaios sobre os processos cognitivos em música – da percepção à produção. Curitiba: Editora UFPR, 2006. IAZZETTA, Fernando. Técnica como meio, processo como fim. In: Volpe, Maria Alice. (Org.). Teoria, Crítica e Música na Atualidade. Rio de Janeiro: UFRJ, 2012, v. 2. JORDÃO, Gisele, ALLUCCI, Renata R. A música na escola. SP: Allucci & Associados Comunicações, 2012. MARTINS, Miriam Celeste Ferreira Dias . Didática do ensino de arte: a língua do mundo: poetizar, fruir e conhecer arte / Mirian Celeste Martins, Gisa Picosque, M.Terezinha T.Guerra, SP:FTD,1998 SALLES, Pedro Paulo. Gênese da notação musical na criança: os signos gráficos e os parâmetros do som. In: Revista Música, vol.7-nº12, São Paulo: ECA/USP, 1996. SINCLAIR, H (org.). A produção de notações na criança. São Paulo: Cortez, 1990. SLOBODA, J. A mente musical: a psicologia definitiva da música. Trad. de Beatriz Ilari e Rodolfo Ilari. Londrina: Editora da UEL, 2008. SWANWICK, Keith. Ensinando música musicalmente. SP: Moderna, 2005 TAJRA, S. F. Informática na Educação. São Paulo: Érica, 2012. THELEN, Esther e SMITH, Linda B. (1998) – A dynamic systems approach to the development of cognition and action; 3º edition. Cambridge: The MIT Press (A Bradford Book)
 

Clique para consultar os requisitos para CMU0544

Clique para consultar o oferecimento para CMU0544

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP