Informa??es da Disciplina

Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Música
 
Disciplina: CMU0548 - Conceitos Fundamentais da Música I
Fundamental Concepts in Music I

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 45 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2008 Desativação:

Objetivos
Estas disciplinas Conceitos Fundamentais da Música I e II que abrem a graduação em música têm como objetivo introduzir os alunos na terminologia e no vocabulário fundamental do ofício de músico enquanto compositor, intérprete ou pesquisador, assim como nos conceitos histórico-filosóficos fundamentais da arte e em especial da música, abrangendo os princípios da escrita musical, parâmetros da música, organologia, teoria da linguagem e universos musicais, questões de estilos e sistemas musicais, assim como já inclui questões da música de nosso tempo. A problemática do gosto musical também é abordada através da escuta (apreciação) de exemplares significativos de obras de todos os tempos ao longo do curso.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1682511 - Rubens Russomanno Ricciardi
 
Programa Resumido
As áreas de atuação profissional em música, os parâmetros da música e suas relações com a escrita (grafia e edição musical) – sempre numa perspectiva histórica, noções básicas de organologia, os instrumentos da orquestra e outros instrumentos, panoramas dos tratados históricos da música e dos sistemas musicais desde a Grécia até a música contemporânea numa perspectiva da Apreciação Musical.
 
 
 
Programa
Os ofícios de compositor, intérprete e pesquisador (musicólogo). Os parâmetros da música (altura, intensidade, duração e timbre) em suas relações evidentes com a criação musical e os processos históricos, notacionais e de edição musical, as nomenclaturas e terminologias da música, princípios de organologia, o pentagrama, as claves, a partitura e partes musicais, sinais de dinâmica, articulação, fraseado e compassos - sempre numa perspectiva histórica. Panorama da teoria musical em tempos, entre outros, de Aristóxeno, Boécio, Remi d’Auxerres, Vitry, Tinctoris, Pareja, Glareanus, Zarlino, Galilei, Rameau, Fux e Riemann, os sistemas musicais numa perspectiva da apreciação musical desde a Grécia, o Cantochão medieval, Ars Antiqua, Ars Nova, o Sistema Tonal (Renascimento, Barroco, Classicismo e Romantismo), sistemas pós-tonais da primeira metade do século XX (pentatonismo, politonalidade, atonalidade livre, técnica dodecafônica, escala de tons inteiros, escalas neo-modais e ocatônicas) e da segunda metade do século XX (a geração Darmstadt, serialismo integral, a música concreta, eletroacústica, a aleatoriedade, pesquisas fonéticas, concretismo, minimalismo), e, finalmente, tendências da música contemporânea (questões da pós-modernidade, nova consonância, nova simplicidade, poliestilística, entre outras).
 
 
 
Avaliação
     
Método
Provas, exercícios em classe, entrega de trabalhos.
Critério
Desempenho acadêmico em sala de aula.
Norma de Recuperação
Prova de recuperação abrangendo toda a matéria dada no semestre.
 
Bibliografia
     
ADORNO, Theodor W. & HORKHEIMER, Max (2003). Dialektik der Aufklärung. Frankfurt am Main, Fischer. [1ª ed. 1947]. OBS: só o capítulo "Kulturindustrie" p.128-176. Obs: Há edições brasileiras desta obra.
BUCKINX, Boudewijn (1998). O pequeno pomo ou a história da música do pós-modernismo. Tradução de Álvaro Guimarães. São Paulo, Giordano/Ateliê.
CARVALHO, Mário Vieira de (1999). Razão e sentimento na comunicação musical. Lisboa, Relógio D’Água/Antropos.FUX, Joanne Josepho (1725). Gradus ad Parnassum - sive manuductio ad compositionem musicae regularem. Viennae - Austriae, Joannis Petri Van Ghelen. GALILEI, Vincentio (1581). Dialogo della musica antica, et della moderna. Fiorenza, Giorgio Marescotti.GLAREANUS, S. D. P. [Henricus Loriti] (1547). Dodecachordi. Basileae, Henricus Petrus.GOMES, André da Silva (1998). Arte Explicada de Contraponto. Edição e apresentação de Régis Duprat, Edílson Vicente de Lima, Márcio Spartaco Landi & Paulo Augusto Soares. São Paulo, Arte & Ciência. [Este tratado remonta aos tempos coloniais].HEIDEGGER, Martin (1999). Der Ursprung des Kunstwerkes. Mit einer Einführung von Hans-Georg Gadamer. Stuttgart, Philipp Reclam. [Texto original redigido em 1935]. Obs: Há edições brasileiras desta obra.HERÁCLITO [de Éfiso] (2002). Fragmentos contextualizados. Tradução, apresentação e comentários de Alexandre Costa. Rio de Janeiro, Difel.JAPIASSU, HIlton (2001). Nem tudo é relativo - a questão da verdade. São Paulo, Letras & Letras.JESUS, padre Caetano de Melo de (1985). Discurso apologético - polêmica musical. Edição do texto e introdução de José Augusto Alegria. [Lisboa], Fundação Calouste Gulbenkian. [Manuscritos originais da Bahia, 1734].KONDER, Leandro (2003). A questão da ideologia. São Paulo, Companhia das Letras. [1ª ed. 2002].KRENEK, Ernest (1952). Zwölfton - Kontrapunkt - Studien. Deutsche Übertragung von Heinz Klaus Metzger [do original em inglês americano]. Mainz, Schott. (Edição original 1940).MICHELS, Ulrich (2001). dtv-Atlas - Musik. München, Deutscher Taschenbuch & Kassel, Bärenreiter. (1a ed. 1977).PAREJA, Bartolomé Ramos de (1983). Música práctica [versões integrais em latim e castelhano]. Estudio preliminar, edición y comentarios por Clemente Terni. Texto traducido al castellano por Gaetano Chiappini y revisado por Clemente Terni [do original latino]. Madrid, Joyas Bibliográficas. [1a ed. Itália, século XV].NAPOLITANO, Marcos (2005). História & Música - história cultural da música popular. Belo Horizonte, Autêntica. 2ª ed. revista pelo autor.NIETZSHE, Friedrich (2000). Crepúsculo dos ídolos ou como filosofar com o martelo. Tradução de Marco Antônio Casa Nova. Rio de Janeiro, Relume Dumará. [1ª ed. 1888].PAREJA, Bartolomé Ramos de (1983). Música práctica [versões integrais em latim e castelhano]. Estudio preliminar, edición y comentarios por Clemente Terni. Texto traducido al castellano por Gaetano Chiappini y revisado por Clemente Terni [do original latino]. Madrid, Joyas Bibliográficas. [1a ed. Itália, século XV].PAREYSON, Luigi (2001). Os problemas da estética. Tradução de Maria Helena Nery Garcez. São Paulo, Martins Fontes. [1a ed. 1966].PERSICHETTI, Vincent (1985). Armonia del siglo XX. Traducción: Alicia Santos Santos [do original inglês]. Madrid, Real Musical. (Edição original 1961).RAMEAU, [Jean-Philippe] (1722). Traité de l’harmonie. Paris, Jean-Baptiste-Christophe Ballard. RICCIARDI, Rubens Russomano (2007). Conceitos Fundamentais da Música – Apostila (TELEDUC-USP/RP).RICOEUR, Paul (1990). Interpretação e ideologias. Organização, tradução e apresentação de Hilton Japiassu. Rio de Janeiro, Francisco Alves.ROANET, Sérgio Paulo (2005). As razões do Iluminismo. São Paulo, Companhia das Letras. 2a. ed. OBS: Só o trecho inicial do capítulo "O novo irracionalismo brasileiro" p.124-134" e "A verdade e a ilusão do pós-modernismo" p.229-277.SALLES, Paulo de Tarso (2003). Aberturas e impasses – o pós-modernismo na música e seus reflexos no Brasil – 1970-1980. São Paulo, UNESP.STRAVINSKY, IGOR (1996). Poética Musical em 6 lições. Tradução de Luiz Paulo Horta. Rio de Janeiro, Jorge Zahar.STEIN, Ernildo (1988). Racionalidade e existência. Porto Alegre, LPM.VAN GOGH, Vincent (2005). Cartas a Théo. Tradução de Pierre Ruprecht. Porto Alegre, L&PM Pocket.ZARLINO DA CHIOGGIA, Gioseffo (1558). Le istitutioni harmoniche. Venetia.
 

Clique para consultar os requisitos para CMU0548

Clique para consultar o oferecimento para CMU0548

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP