Informa??es da Disciplina

Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Música
 
Disciplina: CMU0561 - Seminário de Projeto de Pesquisa I
Research Project Seminar I

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2008 Desativação:

Objetivos
Fornecer noção das ferramentas disponíveis para elaboração de projetos de pesquisa, definindo as bases conceituais e formais, processos e normas de redação, assim como os diversos gêneros (relatórios, artigos, monografias, teses, etc) associados à divulgação do conhecimento científico. Para tanto, o curso buscará desenvolver no aluno de Graduação competências na elaboração de metodologias de investigação identificadas com linhas de pesquisa específicas da musicologia, a partir da instrução pela análise crítica de textos fundamentais para o estabelecimento do conhecimento atual da área.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3011731 - Diosnio Machado Neto
 
Programa Resumido
- Desenvolvimento das disciplinas musicológicas- A constituição teórica e metodológica das áreas da musicologia- Aspectos teóricos e metodológicos da musicologia contemporânea- Aspectos da musicologia no Brasil: história e atualidade.
 
 
 
Programa
1)A musicologia pela herança de Guido Adler.
A)Histórica
B)Sistemática
2)A “musicologia cultural”
A)A etnomusicologia
a) Ethnomusicology (1955) de Jaap Kunst
b)The Anthropology of Music (1964) de Alan Merriam
B) A “New Musicology”
a)O criticismo americano
b) A análise sob ataque – o anti-formalismo da “Nova Musicologia”§ Contemplating Music (1985) de Joseph Kerman
c)Problemas da recepção musical
d)Etnomusicologia das “minorias”§ Música gay e música Lésbica§ Feminismo
e)Word Music
3) A inerente vocação musicológica da práxis
A)Crítica musical
B)Educação musical
C)Práticas Interpretativas
D)Composição
4) Por uma musicologia não fragmentada.
A)A legitimação do discurso musicológico na transversalidade das sub-áreas.
a)A intersecção da etnomusicologia com a musicologia histórica tradicional.§
O pensamento integrador, a (etno)musicologia: Stephen Blum, Harold Powers; Peter Jeffery; Kofi Agawú.
b)A Análise Musical e a História Social da Música: modelos de integração.§ Richard Taruskin e Stravinsky and the Russian Traditions: A Biography of the Works Through Mavra.
5) Aspectos da Musicologia no Brasil
A)A musicologia de Mário de Andrade
B)A musicologia histórica a partir de Francisco Curt Lange
C)A introdução dos programas de pós-graduação
6) Conferência sobre a produção acadêmica contemporânea no Brasil.
 
 
 
Avaliação
     
Método
-Aulas expositivas- Discussão críticas de textos relacionados com os tópicos - Seminários
Critério
- Através da participação- Através dos trabalhos apresentados- Prova escrita
Norma de Recuperação
Prova escrita.
 
Bibliografia
     
AGAWU, Kofi. Analysing Music under the New Musicological Regime. Journal of Musicology nº15, 1997, pp.297–307.ANDRADE, Mário de. Ensaio sobre música brasileira. 1ª ed.. São Paulo: Chiarato, 1928.ARROYO, Margarete. A formação do educador musical no Brasil: contemporaneidade e pluralidade cultural. Em Pauta, n. 3, p. 64-69, 1991.Aspects de la recherche musicologique au Centre National de la Recherche Scientifique : textes réunis et présentés par Hélène Charnassé. Paris: CNRS, 1984.AUSTERN, Linda Phyllis (ed.). Music, sensation, and sensuality. New York: Routledge, 2002.AZEVEDO, Luis Heitor Correia de et alli. Bibliografia Musical Brasileira (1820-1950). Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro, 1952.BRESLER, L. Teacher knowledge in music education research. Bulletin of the Council for Research in Music Education, n. 118, 1993, pp. 1-20.BLUM, Stephen. Ethnomusicology and Modern Music History. Urbana: University of Illinois Press, 1993.CAESAR, Rodolfo. A escuta como objeto de pesquisa. Revista Opus, nº7, fevereiro de 2001. Disponível em: http://www.anppom.com.br/opus/opus7/dudamain.htm. Acessado em: abril de 2007.CHAILLEY, Jacques (org.) Compendio de musicologia. Trad. Santiago Martin Bermudez. Madrid: Alianza, 1991. COLI, Jorge. Música final: Mário de Andrade e sua coluna jornalística Mundo musical. Campinas, SP, Brasil : Editora da Unicamp, 1998.COOK, Nicholas & EVERIST, Mark (ed.). Rethinking music. Oxford; New York : Oxford University Press, 2001.COOK, Nicholas. Music as Performance. In: The Cultural Study of Music: A Critical Introduction. Ed. Martin Clayton, Trevor Herbert, and Richard Middleton. New York: Routledge, 2003.______________. Agora somos todos (etno)musicólogos. Trad. Pablo Sotuyo Blanco. Revista Ictus. Salvador: Universidade Federal da Bahia, nº7, 2006, pp. 7-32.DAHLHAUS, Carl. Analysis and value judgment. New York : Pendragon Press, c1983.______________. Foundations of music history. Cambridge: Cambridge University Press, 1989.DUPRAT, Régis. Metodologia da pesquisa histórico musical no Brasil. Complemento das Artes. Brasília, março de 1981______________. Garimpo musical. São Paulo: Novas Metas, 1985_____________. Evolução da Historiografia Musical Brasileira. Revista da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música - ANPPOM. Rio de Janeiro, (1): 32 - 36, dezembro de 1989._____________. História Social da Música Popular Brasileira. D.O. Leitura, São Paulo, 9 de dezembro de 1990. p. 14______________. Memória musical e Musicologia Histórica. Revista da Biblioteca Mário de Andrade, São Paulo, 1992, pp.116 - 120.ENCONTRO SOBRE MUSICOLOGIA HISTÓRICA, nº1, 1994, Juiz de Fora. Juiz de Fora: Universidade Federal de Juiz de Fora, 1994.FERNANDES, José Nunes. Pesquisa em Educação Musical: situação do campo nas dissertações e teses dos cursos de pós-graduação stricto sensu em Educação. Revista Opus, nº6, outubro de 1999. Disponível em: http://www.anppom.com.br/opus/opus6/fernande.htm. Acessado em: março de 2007.FUBINI, Enrico. La estética musical desde la Antigüedad hasta el siglo XX. Trad. Carlos Guilherme Pérez de Aranda. 2ª ed,. Madrid: Alianza Editorial, 1990. ( coleção Alianza Música, n.º 31 ).HOBSBAWN, Eric J. História Social do Jazz. 2a. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.JEFFERY, Peter. Re-envisioning Past Musical Cultures: Ethnomusicology in the Study of Gregorian Chant. Chicago: University of Chicago Press, 1992.KERMAN, Joseph. Contemplating music: challenges to musicology. Cambridge, Mass.: Harvard University Press, 1985._______________. Musicologia. São Paulo: Martins Fontes, 1987.KINGSBURY, Henry. Music, Talent, and Performance: A Conservatory Cultural System. Philadelphia: Temple University Press, 1988.LANG, Paul Henry. Musicology and performance. New Haven: Yale University Press, c1997.LANGE, Francisco Curt. La Música en Minas Gerais; Un informe preliminar. Boletim Latinoamericano de Musicologia, VI, 1946, pp. 409 -94.____________________. A organização musical durante o período colonial brasileiro. Coimbra: V colóquio internacional de estudos luso-brasileiro, 1966._____________________ O processo de musicologia na América Latina. Revista de História nº55, jan/mar 1977.LOUREIRO, Maurício Alves. A pesquisa empírica em expressividade musical: métodos e modelos de representação e extração de informação de conteúdo expressivo e musical. Revista Opus, nº12, dezembro de 2006. Disponível em: http://www.anppom.com.br/opus/opus12/01_Mauricio.pdf. Acessado em: abril de 2007.MARTIN, Peter. Over the Rainbow? On the Quest for the ‘Social’ in Musical Analysis. Journal of the Royal Musical Association, nº127, 2002, pp.130-46.MCCLARY, Susan. Feminine Endings: Music, Gender, and Sexuality. Minneapolis: University of Minnesota Press, nº1991.MENEZES, Rafael José de. Esboço de uma teoria da música, In: Anuário Antropológico/93. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1995, p. 9-73.NETTL, Bruno & BOHLMAN, Philip (org). Comparative Musicology of Music: Essays on the History of Ethnomusicology. Chicago: The University of Chicago Press, 1991.NETTL, Bruno. The State of Research in Ethnomusicology, and Recent Developments. Current Musicology, nº20, 1975, pp. 67-78.____________. The Study of Ethnomusicology: Twenty-Nine Issues and Concepts. Urbana: University of Illinois Press, 1983.PAIS, José Machado ; BRITO, Joaquim Paes & CARVALHO, Mário Vieira de (orgs). Sonoridades luso-afro-brasileiras. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, 2004.PRUETT, James & SLAVENS, Thomaz. Research Guide to Musicology. Chicago: American Library Association, 1985.RAMOS, Sílvia N. A pesquisa documental na formação de educadores musicais. Música Hoje. Belo Horizonte, n. 5/6, 1998/1999.ROUBINA. Eugenia. Teoria y metodologia de la enseñanza de instrumentos de arco en el Mexico del primer siglo de la Independencia. Resonancia. Santiago de Chile: Universidad Católica de Chile, nº18, mayo de 2006, pp.51-73.SMALL, Christopher. Musicking: The Meanings of Performing and Listening. Hanover: Wesleyan University Press, 1998.SOUZA, Jusamara. Aspectos metodológicos na formação didática do professor de instrumento. In: SIMPÓSIO PARANAENSE DE EDUCAÇÃO MUSICAL, 3., 1994, Londrina. Anais do 3º Simpósio Paranaense de Educação Musical. Londrina,1994, p. 43-60.SOUZA, Rodolfo Coelho de. Música. São Paulo: Novas Metas, 1983.STOCK, Jonathan. New Musicologies, Old Musicologies: Ethnomusicology and the Study of Western Music. Current Musicology, nº62, 1997, pp. 40-68.TARUSKIN, Richard. Stravinsky and the Russian Traditions: A Biography of the Works through Mavra. Berkeley: University of California Press, 1996.WAISMAN, Leonardo. Haciendo un balance ¿Existe una “musicología” iberoamericana? Resonancia. Santiago de Chile: Universidad Católica de Chile, nº15, noviembre de 2004, pp.47-52.
 

Clique para consultar os requisitos para CMU0561

Clique para consultar o oferecimento para CMU0561

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP