Informa??es da Disciplina

Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Música
 
Disciplina: CMU0706 - Flauta I
Flute I

Créditos Aula: 1
Créditos Trabalho: 6
Carga Horária Total: 195 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2017 Desativação:

Objetivos
Esta disciplina enfoca questões musicais e técnicas referentes ao domínio do instrumento, abordando aspectos históricos, estéticos, estilísticos e analíticos do repertório flautístico. Visa formar intérpretes e professores com alto nível de excelência. Prepará-los para uma atuação crítica e criativa no mercado de trabalho como professores ou membros de grupos de câmara, orquestras sinfônicas e outras formações. Estimular e instrumentalizar os alunos para uma reflexão constante sobre seu trabalho e sua inserção na comunidade.
Propiciar o desenvolvimento de uma personalidade artística própria a cada um.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
90033 - Antonio Carlos Moraes Dias Carrasqueira
 
Programa Resumido
Cabe ao professor avaliar o potencial de cada aluno e orientá-lo na escolha de um repertório de dificuldades técnicas e artísticas progressivas, visando seu aprimoramento enquanto instrumentista. Ao final dos oito semestres previstos para o curso, o aluno deverá ter trabalhado uma variedade de obras que sejam representativas da diversidade de estilos de época, correntes estéticas, gêneros musicais e técnicas de execução e de composição presentes na literatura flautística.
Esse repertório será escolhido dentro de um grande programa, abaixo sugerido.
 
 
 
Programa
Desenvolvimento da técnica de emissão de som.
Postura. Respiração. Articulação.
Trabalho sobre a homogeneidade do som em todos os registros.
Estudo dos intervalos e das escalas maiores e menores ( todos os tons ) .
Estudo dos acordes contidos nos campos harmônicos de Dó M e de Lá m.
Ciclo de acordes de Sétima de Dominante.
Improvisos com escalas pentatônicas.
Prática de leitura à primeira vista.
Exercício da memória musical.
Prática de música de câmara; duos, trios, quartetos de flauta.
Repertório a ser estudado:

M.Moyse : De La Sonorité ( Alphonse Leduc )
G.P.Tellemann: 12 Fantasias para flauta solo.
6 Sonatas para duas flautas
F.Kuhlau : Duos concertantes ( a escolher )
G.Fauré: Morceau de Concours
Fantaisie
C.W.Gluck : Minueto e Dança dos Espíritos Bem-aventurados
E.Satie: Trois Gymnopédies
J.Andersen : 24 Etudes Opus 15
Taffanel et Gaubert : Méthode Complete de Flute
C.Chaminade :Concertino
F.Doppler Fantasia Pastoral Húngara
B.Godard: Suite opus 116
R.Dick: Tone development Through extended techniques ( Mulltiple Breath music company ).
A.Carlos Gomes : Solo de flauta ( Joana de Flandres )
P.Gaubert : Nocturne et Allegro Scherzando
G.Enesco : Cantabile et Presto
Pattápio Silva: Sonho
Serata d’amore
Zinha


METODOLOGIA:
1. Aulas semanais individuais nas quais serão trabalhadas obras pertinentes ao repertório de cada aluno.
2. Masterclasses periódicos com docentes do Departamento e convidados.
3. Aulas em grupo onde serão trabalhados duos , trios, quartetos, e outras formações.
Obs. As aulas são também um espaço aberto para a reflexão e a discussão de qualquer tema proposto pelos alunos.
 
 
 
Avaliação
     
Método
A avaliação será semestral e incluirá uma prova prática ao final de cada semestre com banca formada pelo professor de instrumento e outro (s) docente (s) da instituição.
Critério
Serão considerados o progresso realizado durante as aulas, a assiduidade, a dedicação ao estudo diário do instrumento, as atividades musicais realizadas pelo aluno, dentro e fora do campus e finalmente, o desempenho na prova prática. Durante esta prova será avaliado seu potencial artístico, competência e evolução no domínio técnico do instrumento, adequação estilística, capacidade de concentração. Caberá ao professor, determinar quais obras o aluno apresentará nessa prova semestral.
Norma de Recuperação
Não haverá recuperação.
 
Bibliografia
     
ANDRADE, M. Ensaio sobre a música brasileira. São Paulo: Martins, 1962.

AZEVEDO, Luiz Heitor Correa de. 150 anos de música no Brasil (1800-1950). Rio de Janeiro: José Olympio, 1956.

BADURA-SKODA, Eva, BADURA-SKODA, Paul. Interpreting Mozart on the piano. London, Barrie and Rockliff, 1962.

BADURA-SKODA, Paul. Interpreting Bach at the Keyboard. Nova York: Oxford University, 1993.

BAREMBOIM, D. A música desperta o tempo. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

BERENDT, J. B. Nada Brahma. A música e o universo da Consciência, São Paulo: Cultrix, 1983.

BERKMAN, D. The jazz musician’s guide to creative practicing: notes on the difficult, humorous, endless path of becoming a better improvising musician. Petalmua, CA: Sher Music, 2007.

BOEHM, T. The flute and flute playing: In Acoustical, technical and Artistic Aspects. New York: Dover: 1964.

BRITO, T. A. de. Koellreutter educador. O humano como objetivo da educação musical. São Paulo: Peirópolis, 2001.

CHAPMAN, F. B. Flute Technique. London: Oxford University, 1973.

DAHLKE, R. Mandalas – Formas que representam a harmonia do cosmos e a energia divina. São Paulo: Pensamento, 2007

DEBOST, M. Une simple flûte... Paris : Van de Velde, 1996.

DONINGTON, R. The interpretation of early music. London: Unwin Brothers, 1977.

FARKAS, P. The art of musicianship. Bloomington, Indiana: Musical Publications, 1976.

FREGTMAN, C. D.; GISMONTI, E. Música Transpessoal: Uma cartográfica holística da arte, da ciência e do misticismo. São Paulo: Cultrix, 1989.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. Saberes necessários `a prática educativa. São Paulo: Paz e Terra,1996.

FONTERRADA, M. T. de O. Música e meio ambiente: Ecologia sonora. São Paulo: Irmãs Vitale: 2004.

GALWAY, J. Flute. London: Kshn & Averill: 1990.

HAMEL, P. M. O autoconhecimento através da música: Uma nova maneira de sentir e de viver a música. Tradução por Dante Pignatari. São Paulo: Cultrix, 1995. Original alemão.

HERMÓGENES. Auto Perfeição com Hatha Yoga. Rio de janeiro: Nova Era, 2008.

HERRIGEL, E. O caminho ZEN. São Paulo: Pensamento, 1993.

Herrigel, E A Arte Cavalheiresca do arqueiro Zen. São Paulo: Pensamento, 1990.

HOTTETERRE, J L’Art de Preluder : Sur La flûte traversiere : Sur la flûte-a-bec, sur le Haubois, et autres intrument de Dessus, 1719. Paris : Aug. Zurfluh, 1966.

JARDIM, G. O estilo antropofágico de Heitor Villa-Lobos: Bach e Stravinsky no obra do compositor. São Paulo: Edição Philarmonia Brasileira: 2005.

LEWIS, D. O TAO da Respiração Natural: Para a saúde, o bem-estar e o crescimento interior. São Paulo: Pensamento-Cultrix, 1997.

MAGNANI, S. Expressão e Comunicação na Linguagem da Música. Belo Horizonte: UFMG: 1989.

MARIZ, V. Heitor Villa-Lobos: Compositor Brasileiro. Rio de Janeiro: Zahar: 1983.

MARIZ, Vasco, História da Música no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1994.

MEYLAN, R.; LAUSANNE, P. La Flûte : Les grandes lignes de son développement de la préhistoire à nos jours. Paris : Payot, 1974.

NEUHAUS, H. L’art du piano : Notes d’un professeur. Tradução por Olga Pavlov e Paul Kalinine. France: Van de Velde, 1971. Original russo.

NOGUEIRA DE SOUZA, Maria das Graças e PEDROSA, Henrique :Pattápio Silva, músico erudito ou Popular ?. Funarte, Rio de Janeiro, 1990.

PETRAGLIA, M. S. A música e a sua relação com o ser humano. Botucatu: Ouvir-Ativo, 2010.

QUANTZ, J. J. On Playing the Flute: The classic of baroque music instruction. Tradução por Edward R. Reilly. Boston: Northeastern University, 2001. Original alemão.

RÓNAI, L. Em busca de um mundo perdido: métodos de flauta do Barroco ao século XX. Rio de Janeiro: Topbooks, 2008.

SCHAFER, M. O ouvido pensante. São Paulo: UNESP, 1991.

STEWART, R.J. Música e Psique: As formas musicais e os estados alterados de consciência. Tradução por Carlos Afonso Malferari. São Paulo: Cultrix, 1995. Original inglês.

STRAVINSKY, I. Poética musical em seis lições. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.

TAME, D. O poder oculto da música: A transformação do homem pela energia da música. São Paulo: Cultrix: 1984.

TINHORÃO, J. R. História social da música popular brasileira. São Paulo: Editora 34, 1998.

TOFF, N. The Flute Book: A complete guide for Students and Performers with a Comprehensive Repertoire Catalogue. London: David & Charles, 1985.

VASCONCELOS, A. Panorama da Música Popular Brasileira na Belle Époque. Rio de Janeiro: Sant’Anna, 1977.

WISNIK, J. M. O som e o sentido: Uma outra história das músicas. São Paulo: Companhia das Letras: 1989.

WOHNE, H. The hidden face of music. London, Great Britain: The Camelot, London and Southampton, 1974.

WYE, T. Marcel Moyse: An extraordinary man. Iowa: Winzer: 1993.
 

Clique para consultar os requisitos para CMU0706

Clique para consultar o oferecimento para CMU0706

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP