Informa??es da Disciplina

Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Música
 
Disciplina: CMU0769 - Órgão VII
Organ VII

Créditos Aula: 1
Créditos Trabalho: 6
Carga Horária Total: 195 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2017 Desativação:

Objetivos
Esta disciplina enfoca questões musicais e técnicas referentes ao domínio do instrumento, abordando aspectos históricos, estéticos, estilísticos e analíticos que propiciem uma performance profissional do repertório organístico. Tem como objetivo tornar o aluno de Bacharelado em Instrumento – órgão apto a desenvolver atividades profissionais de solista, camerista, professor e/ou pesquisador, assim como habilitá-lo com ferramentas que permitam um contínuo aprimoramento e incremento do seu repertório depois de graduado.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
822192 - Jose Luis Prudente de Aquino
 
Programa Resumido
Cabe ao professor, face ao potencial de cada aluno, orientá-lo na escolha de um repertório de dificuldades técnicas e artísticas progressivas, visando seu aprimoramento enquanto instrumentista. Ao final dos oito semestres previstos para o curso, o aluno deverá ter trabalhado uma variedade de obras representativas da diversidade de estilos de época, correntes estéticas, gêneros musicais e os aspectos inerentes às técnicas de execução, de composição e de registração característicos da literatura organística de mais de sete séculos.
 
 
 
Programa
Ao final dos oito semestres, o aluno deverá ter cumprido um programa mínimo que deverá incluir, obrigatoriamente:

J.S.BACH – Quatro Prelúdios, Toccatas ou Fantasias e Fugas
J.S.BACH – Uma Sonata em Trio
J.S.BACH - Oito Prelúdios Corais (das Coleções de Leipzig, ClavierÜbung, Schübler ou Orgelbüchlein)
J.S.BACH - Uma obra de livre escolha
Duas obras de compositores alemães anteriores a J.S.Bach
Duas obras francesas compostas entre os séculos XVI e XVIII
Duas obras de compositores ibéricos dos séculos XVI a XVIII
Um Prelúdio e Fuga ou Sonata de F.Mendelssohn
Duas obras de César Franck
Uma obra de compositor romântico de livre escolha
Uma obra de Max Reger
Três obras compostas nos séculos XX ou XXI
Duas obras de compositores brasileiros
Um concerto para órgão e orquestra

METODOLOGIA:
1. Aulas semanais individuais nas quais serão trabalhadas obras pertinentes ao repertório de cada aluno.
2. Masterclasses periódicos com docentes do Departamento e convidados.
3. Aulas em grupo onde serão trabalhadas coletivamente as execuções dos alunos.
 
 
 
Avaliação
     
Método
A avaliação será semestral e incluirá uma prova prática ao final de cada semestre com banca formada pelo professor de instrumento e outro (s) docente (s) da instituição.
Critério
O critério adotado considerará no progresso realizado durante as aulas, a assiduidade, a dedicação ao estudo diário do instrumento e o desempenho na prova prática. Durante esta prova será avaliado seu potencial artístico, competência e evolução no domínio técnico do instrumento, adequação estilística e capacidade de concentração. Caberá ao aluno, em conjunto com seu professor, determinar quais obras do programa mínimo apresentará em cada semestre.
Norma de Recuperação
Não haverá recuperação.
 
Bibliografia
     
ARNOLD, Corliss Richard. Organ Literature – A Comprehensive Survey. Maryland: Scarecrow Press, Inc., 2003.
AZEVEDO, Luiz Heitor Correa de. 150 anos de música no Brasil (1800-1950). Rio de Janeiro: José Olympio, 1956.
BADURA-SKODA, Paul. Interpreting Bach at the Keyboard. Nova York: Oxford University Press, 1993.
BECKMANN, Klaus. Repertorium Orgelmusik. Bodensee: Bodensee-Musikversand, 1994.
BRENDEL, Alfred. Musical thoughts and afterthoughts. New Jersey: Princeton University Press, 1976.
CANTAGREL, Gilles. Guide de la Musique d´Orgue. Paris : Fayard, 1991
CELLIER, Alexandre. L´Orgue, ses eléments, son histoire, son esthéthique. Paris : Delagrave, 1933.
FERGUSON, Howard. Keyboard interpretation. New York: Oxford University Press, 1975.
GEIRINGER, Karl. Johann Sebastian Bach. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1989.
GUILLARD, Georges. Johann Sebastian Bach et L´Orgue. Paris: Presses Universitaires de France, 1986.
GUILLOU, Jean. L´Orgue, Souvenir et Avenir. Paris : Éditions Buchet/Chastel, 1989.
KELLER, Hermann. Die Orgelwerke Bachs. Leipzig: C.F.Peters, 1948.
KLOTZ. Hans. Das Buch von der Orgel. Kassel: Bärenreiter, 1988.
KOOIMAN, Ewald. Zur Interpretation der Orgelmusik Joh.Seb.Bachs. Berlin: Merseburger, 1995.
LAUKVIK, Jon. Historical Performance Practice in Organ Playing. Stuttgart: Carus, 1996.
MAGALHÃES, Homero de. Bach: Prelúdios e Fugas I. São Paulo: Novas Metas, 1988.
MARIZ, Vasco. História da Música no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1994.
MORETTI, Corrado. L´Organo Italiano. Padova: Ed.Zanibon, 1986.
NEVES, José Maria, Música Contemporânea Brasileira. São Paulo: Ricordi Brasileira, 1981.
RADOLE, Giuseppe. Sette Secoli di Musica per Organo. Padova: Zanibon, 1982.
RITCHIE, George. Organ Technique – Modern & Early. New Jersey: Prentice Hall, 1992.
ROSEN, Charles. The classical style. Edição expandida. Nova York: W. W. Norton, 1997.
ROSEN, Charles. A geração romântica. São Paulo: Edusp, 2000.
TROEGER, Richard. Playing Bach on the Keyboard: a practical guide. Pompton Plains: Amadeus Press, 2003.
WILLS, Arthur. Organ. Londres: Kahn & Averill, 1993.
 

Clique para consultar os requisitos para CMU0769

Clique para consultar o oferecimento para CMU0769

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP