Informações da Disciplina

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Comunicações e Artes
 
Relac.públicas,propaganda e Turismo
 
Disciplina: CRP0415 - Novas Narrativas no contexto de Comunicação e de Relações Públicas II
New Narratives in the context of Communications and Public Relations II

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2019 Desativação:

Objetivos
Propiciar ao aluno de Relações Públicas e de Comunicação em Organizações a oportunidade de explorar, avaliar e conhecer a história, a evolução da teoria e das práticas relacionadas a produção de narrativas, em interface com os campos da Memória e História, da Literatura, da Arquitetura, do Teatro, da Música, das Artes Plásticas, do Audiovisual, da Antropologia, das Ciências Sociais, da Política, da Administração, dentre outros campos. Dentro dos objetivos, exercitaremos os conceitos discutidos na parte 1 (CRP0419) e na parte 2 (CRP0415) produzindo o projeto Memórias Ecanas, que se constitui principalmente de depoimentos de vida de pessoas, integrantes da história da ECA-USP, gravados em vídeo, áudio e transcritos. Além da criação e produção de um projeto de comunicação e de relações públicas para a divulgação dos depoimentos gravados nesta etapa.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2183089 - Paulo Roberto Nassar de Oliveira
 
Programa Resumido
Na atualidade, a seleção, a interpretação e a opinião sobre a informação - no contexto das inovações de mídia, do novo social e das mudanças sociais, econômicas, ambientais, culturais, comportamentais e tecnológicas, dentre outras – transformaram e tem impactado as políticas, os planejamentos, as formas de produção e a distribuição das narrativas de empresas e de instituições, a partir de uma forte conexão entre, história e memória organizacionais, as comunicações, os conteúdos afetivos e/ou estratégicos e as artes.
 
 
 
Programa
1. Comunicação, Relações Públicas, Memória, História e Narrativas: definições, controvérsias; epistemologia dessas interfaces; Comunicação muito além de funções e técnicas; a abordagem humanizada; 2. Lugar e Não-Lugar; A responsabilidade histórica. 3. O Projeto Memórias Ecanas; sua linguagem audiovisual; sua estrutura narrativa; seus propósitos; 4. A linguagem audiovisual do depoimento de vida; interface com o relato biográfico e autobiográfico; 5. O depoimento de vida na perspectiva transmídia; 6. O que extrair dos depoimentos de vida (história, pertencimento, engajamento, mitos, ritos e rituais, marcos fundadores, tendências); 7. Como fazer o projeto de comunicação e de relações públicas do Projeto Memórias Ecanas.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas Expositivas. Pesquisa em livros, vídeos, filmes revistas, jornais e discussão dos vídeos, filmes e textos sugeridos.
Critério
Seminários (2 pontos), relatórios e resenhas (2 pontos), prova escrita (6 pontos).
Norma de Recuperação
Não há recuperação, pois o aluno é avaliado durante todo o processo desenvolvido em aulas.
 
Bibliografia
     
BAUMAN, Zygmunt. 44 cartas do mundo líquido moderno. Tradução: Vera Pereira. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2015. BAUMAN, Zygmunt. A sociedade individualizada: vidas contadas e histórias vividas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2015. BAUMAN, Zygmunt. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Zahar, 2013. BECK, Ulrick. Sociedade de Riscos. São Paulo: Editora 34, 2011. CASALEGNO, Federico (org.). Memória cotidiana. Porto Alegre: Sulina, 2006. COGO, Rodrigo. Storytelling: as narrativas da memória na estratégia da comunicação. São Paulo: Aberje, 2016. GLEICK, James. A informação. São Paulo: Companhia das Letras, 2018. GUIDENS, Anthony. Modernidade e Identidade. Rio de Janeiro: Zahar, 2011. HARVEY, David. A condição pós-moderna. São Paulo: Loyola, 2011. LIPOVESTSKY, Gilles. Metamorfoses da cultura liberal: ética, mídia, empresa. Porto Alegre:Sulina, 2015. LOYOTARD, Jean-François. A condição pós-moderna. São Paulo: José Olympio, 1998. MANUAIS DE ESTILO E REDAÇÃO - Folha de S.Paulo, 2018. MCLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 1996. MCLUHAN, Marshall; FIORI, Quentin. O meio é a massagem. Rio de Janeiro: Imã Editorial, 2011. Molina, Matías M. Os melhores jornais do mundo: uma visão da imprensa internacional. São Paulo: Globo, 2014. NASSAR, Paulo. Tudo é Comunicação. São Paulo: Lazuli, 2003. ________________. A mensagem como centro da rede de relacionamentos. In: Di FELICE, Massimo. Do público para as redes: A comunicação digital e as novas formas de participação social. São Caetano do Sul: Difusão, 2007. ________________. A evolução das publicações em jornalismo empresarial para o jornalismo em empresas. Anuário Unesco/Metodista de Comunicação Regional. v. 13, n. 13, p. 127-144, 2009. NASSAR, Paulo; FIGUEIREDO, Rubens. O que é comunicação empresarial. São Paulo: Brasiliense, 2003. NASSAR, Paulo; RIBEIRO, Renato Janine; GUTTILLA, Rodolfo Witzig. A Comunicação Organizacional frente ao seu tempo: missão, visão e valores ABERJE. São Paulo: ABERJE Editorial, 2007. NASSAR, Paulo. Relações públicas: a construção da responsabilidade histórica e o resgate da memória institucional das organizações. 3 ed. São Caetano do Sul, SP: Difusão Editora, 2012. SENN, Amartya. Desenvolvimento como Liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2010. SENNETT, Richard. A corrosão do caráter: consequências pessoais do trabalho no novo capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 1998.
 

Clique para consultar os requisitos para CRP0415

Clique para consultar o oferecimento para CRP0415

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP