Informações da Disciplina

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Comunicações e Artes
 
Relac.públicas,propaganda e Turismo
 
Disciplina: CRP0421 - Estética em Publicidade
Aesthetics in Advertising

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2011 Desativação:

Objetivos
Introduzir o estudo da publicidade como recurso da comunicação, o qual desenvolve o processo de interação com o mercado, de incentivo ao consumo, de propagação de idéias, tendências, gostos, valores e modos de percepção de realidade.
Estudar o processo de intuição, criação, produção e veiculação desse gênero de comunicação, contextualizando o ato criativo em publicidade segundo padrões estéticos predominantes.
Refletir sobre a arte publicitária no cenário da produção cultural, como sua influência na geração de novas convenções estéticas, gostos e estilos.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2087151 - Victor Aquino Gomes Correa
 
Programa Resumido
Introduzir o estudo da publicidade como recurso da comunicação, o qual desenvolve o processo de interação com o mercado, de incentivo ao consumo, de propagação de idéias, tendências, gostos, valores e modos de percepção de realidade.
Estudar o processo de intuição, criação, produção e veiculação desse gênero de comunicação, contextualizando o ato criativo em publicidade segundo padrões estéticos predominantes.
Refletir sobre a arte publicitária no cenário da produção cultural, como sua influência na geração de novas convenções estéticas, gostos e estilos.
 
 
 
Programa
1. Apresentação
2. introdução a estética
3. O êxtase barroco e a publicidade religiosa.
4. Oliviero Toscani e a inversão estética da publicidade.
5. Da Bauhaus ao design contemporâneo, a popularização do design.
6. Toulouse Lautrec e a incursão romântica da pintura na publicidade.
7. Hippies e Punks. A ruptura cultural que define a estética da mudança no século XX.
8. Andy Warhol, pop-art e o casamento da arte com a publicidade.
9. (Seminários temáticos)
10. (Seminário temáticos)
11. Campanhas publicitárias e sua estética. (Espanha/ Sun Festival Espanha)
12. A moda como fenômeno de universalização das estéticas regionais
13. O Kitsch nos programas populares e seu julgo estético
14. Narciso mostra sua face na pós-modernidade.
15. Entrega de trabalhos
 
 
 
Avaliação
     
Método
Seminários temáticos sugeridos pelos professores, (peso1), participação em aula, Trabalho final ( peso 2), com tema sugerido pelos professores. (Norma ABNT, 5 páginas, Bibliografia)
Critério
Será exigida freqüência mínima legal de 70% das aulas
Norma de Recuperação
O aluno em recuperação deverá submeter-se à realização de um trabalho escrito no final das férias, segundo o calendário escolar.
 
Bibliografia
     
ADORNO, T., W. “Teoria Estética”. Lisboa, Martins Fontes, 1970.
ARGAN, G.C. Arte Moderna: do Iluminismo aos Movimentos Contemporâneos. São Paulo: Companhia das Letras, 1998
ARISTÓTELES A Poética, trad. de Eudoro de Souza, Coleção Os Pensadores, São Paulo, Ed. Abril Cultural, 1979.
BAUDELAIRE, C. Sobre a Modernidade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.
BAUMGARTEN, A. G. Estética. Petrópolis, Vozes, 1993.
BENJAMIN, W. Magia e Técnica, Arte e Política (obras escolhidas). Trad. Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo, Brasiliense, 2ª ed., 1986.
CALABRESE, O. A Idade Neobarroca,. Lisboa: Edições 70, 1999.
DANTO, A. Após o fim da arte, trad. Saulo Krieger, São Paulo, Odysseus Ed., 2006.
DEBORD, G. A Sociedade do Espetáculo. Rio de Janeiro, Contraponto, 2002.
DICKIE, G. Introdução à Estética. Lisboa: Bizâncio, 2008.
EARTNEY, E.. “Pós-Modernismo” (série Movimentos da arte moderna: Tate Gallery Publishing), São Paulo, Cosac & Naify, 2002.
GIANNOTTI, J. A. O Jogo do Belo e do Feio. São Paulo, Companhia das Letras, 2005.
GULLAR, F. Etapas da Arte Contemporânea. Rio de Janeiro: Editora: REVAN.
HALL, Stuart. A identidade Cultural na Pós-Modernidade. Rio de Janeiro, DP&A, 2003.
MAFFESOLI, M. A Parte do Diabo. Resumo da Subversão Pós-Moderna. Rio de Janeiro, Record, 2004.
GREENBERG, C. Estética Doméstica: Observação Sobre a Arte e o Gosto. São Paulo, Cosac & Naify, 2002.
GOMBRICH, E.H. História da Arte. São Paulo: LTC Editora, 2002
HARVEY, D. A Condição Pós-Moderna. São Paulo, Loyola, 2000.
HAUSER, A. História Social da Arte e da Literatura. São Paulo: Martins Fontes, 2003
HEGEL, G. W. F. Cursos de Estética. São Paulo, Edusp, 2004
JIMENEZ, M. O que é estética. Trad.Fulvia M. L. Moretto. – São Leopoldo, Ed. Unisinos, 2000.
KANDINSKY, W. Do espiritual da arte e na pintura em particular. São Paulo: Martins Fontes, 1996.
KANT, I. Crítica da Faculdade do Juízo, trad. Valério Rohden e Antônio Marques, Rio de Janeiro, Ed. Forense Universitária, 1993.
LIPOVETSKY, G. “O Império do Efêmero”, São Paulo: Companhia das Letras, 1989.
MOLES, A. O Kitsch. São Paulo: Perspectiva, 2001.
OSBORNE, H. Estética e Teoria da Arte. São Paulo: Ed. Cultrix, 1968.
WÖLFFLIN, H. Renascença E Barroco . São Paulo: Perspectiva, 2000.
 

Clique para consultar os requisitos para CRP0421

Clique para consultar o oferecimento para CRP0421

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP