Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Cinema, Rádio e Televisão
 
Disciplina: CTR0655 - História do Audiovisual II
International Audiovisual History II

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2015 Desativação:

Objetivos
Estudar a história, a estética e os diferentes estilos do audiovisual mundial, tal como se desenvolveram a partir do advento da nouvelle vague e de outros cinemas novos, além da televisão e o rádio de vanguarda, do final dos anos 1950 até meados dos anos 1970.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
6689285 - Cristian da Silva Borges
 
Programa Resumido
Analisar obras audiovisuais realizadas entre o final dos anos 1950 e meados dos anos 1970.
 
 
 
Programa
1. A eclosão da nouvelle vague
2. Ecos de um novo cinema:
2.1. Na Europa
2.2. Na Ásia
2.3. Na América Latina
3. Nova Hollywood (1967-1977): gêneros, modernidade e entretenimento
4. A televisão e o rádio de vanguarda dos anos 1960-70
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas a partir da projeção e audição de obras audiovisuais, que serão analisadas e discutidas também com base em textos sobre o período ou o tema em questão.
Critério
Trabalhos de caráter monográfico, seminários e provas dissertativas.
Norma de Recuperação
Provas dissertativas ou trabalhos de caráter monográfico.
 
Bibliografia
     
ALMEIDA SALLES, Francisco Luiz de. Cinema e Verdade: Marilyn, Buñuel, etc. por um escritor de cinema. São Paulo: Cia. das Letras, 1988.
ANTONIONI, Michelangelo et al. Antonioni. Lisboa: Dom Quixote, 1968.
APRÀ, Adriano. “A Enciclopédia Histórica de Rossellini”. In: Roberto Rossellini e o cinema revelador. Lisboa: Cinemateca Portuguesa/ Museu do Cinema, 2007, p. 427-449.
AUMONT, Jacques. As teorias dos cineastas. Campinas: Papirus, 2004.
________. O olho interminável: cinema e pintura. São Paulo: Cosac Naify, 2004.
AUMONT, Jacques; MARIE, Michel. Dicionário teórico e crítico de cinema. Campinas: Papirus, 2003.
AVELLAR, José Carlos. A Ponte Clandestina. Rio de Janeiro/ São Paulo: Ed. 34/ Edusp, 1995.
BAECQUE, Antoine de. Cinefilia. São Paulo: Cosac Naify, 2011.
BAECQUE, Antoine de; TESSON, Charles. La nouvelle vague: Claude Chabrol, Jean-Luc Godard, Jacques Rivette, Eric Rohmer, François Truffaut - textes et entretiens parus dans les Cahiers du Cinéma. Paris: Cahiers du Cinéma, 1999.
BAZIN, André. O cinema - ensaios. São Paulo: Brasiliense, 1991.
_____ et al. A política dos autores. Lisboa: Assiro & Alvim, 1976.
BENTES, Ivana (org.). Ecos do cinema. De Lumière ao digital. Rio de Janeiro: UFRJ, 2007.
BERGALA, Alain. Nadie como Godard. Barcelona: Paidós, 2003.
BERGMAN, Ingmar. Imagens. São Paulo: Martins Fontes, 1996.
BJORKMAN, Stig; MANNS, Torsten; SIMA, Jonas. O cinema segundo Bergman. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.
BOGDANOVICH, Peter. Afinal, quem faz os filmes. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.
BONDANELLA, Peter E. Italian cinema: from neorealism to the present. Nova York:
Continuum, 2004.
BORGES, Cristian; CAMPOS, Gabriela; AISENGART, Inês (org.). Agnès Varda - O Movimento Perpétuo do Olhar. São Paulo/ Brasília: CCBB, 2006.
________. Alain Resnais - a revolução discreta da memória. São Paulo/Rio de Janeiro/ Brasília: CCBB, 2008.
BOURDIEU, Pierre. Sobre a televisão. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.
BRUNETTE, Peter. Roberto Rossellini. Nova York: Oxford University Press, 1987.
BUÑUEL, Luis. Meu Último Suspiro. São Paulo: Cosac Naify, 2009.
BURCH, Noel. Praxis do cinema. São Paulo: Perspectiva, 1992.
CALIL, Carlos Augusto (org.). Fellini visionário. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.
COOK, David. Lost Illusions: American Cinema in the Shadow of Watergate and Vietnam, 1970-1979 (History of the American Cinema). Berkeley: University of California Press, 2002.
COWIE, Peter. Ingmar Bergman: biographie critique. Paris: Seghers, 1986.
DOUCHET, Jean; ANGER, Cédric. Nouvelle vague. Paris: Cinémathèque Française, 1998.
DUBOIS, Philippe. Cinema, vídeo, Godard. São Paulo: Cosac Naify, 2004.
ELLIS, John. Visible fictions: Cinema, television, video. London: Routledge Kegan Paul, 1982.
ELSAESSER, Thomas; HORWATH, Alexander; KING, Noel. The last great American picture show: new Hollywood in the 1970s. Amsterdam: Amsterdam University Press, 2004 (e-book).
FRIEDMAN, Lester (ed). American Cinema of the 1970s: Themes and Variations (Screen Decades: American Culture/American Cinema) ). New Jersey: Rutgers University Press, 2007.
GODARD, Jean-Luc. Godard par Godard: Les Années Cahiers: 1950 A 1959. Paris: Flammarion, 1989.
_______. Godard par Godard: les Années Karina (1960 à 1967). Paris: Flammarion, 1990.
_______. Introdução a uma verdadeira história do cinema. São Paulo: Martins Fontes, 1989.
GOLDMANN, Annie. Cinéma et société moderne: le cinéma de 1958 à 1968: Godard, Antonioni, Resnais, Robbe-Grillet. Paris: Éditions Anthropos, 1971.
GOMES, Paulo Emilio Salles. Crítica de Cinema no Suplemento Literário. Volumes I e II. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.
GOODWIN, James. Akira Kurosawa and intertextual cinema. Baltimore: John Hopkins University Press, 1994.
GRANT, Barry (ed.). American Cinema of the 1960s: Themes and Variations (Screen Decades). New Jersey: Rutgers University Press, 2008.
GRAZZINI, Giovanni (entr.). Fellini por Fellini. Lisboa: Dom Quixote, 1985.
GRÜNEWALD, José Lino. Vertentes do Cinema Moderno. Inventores e Mestres. Campinas: Pontes, 2003.
JACOBS, Lewis (org.). The documentary tradition. Nova York: W. W. Norton & Co., 1979.
JOUBERT-LAURENCIN, Hervé. Pasolini: portrait du poète en cinéaste. Paris: Cahiers du cinéma/ Seuil, 1995.
KOLKER, Robert. A Cinema of Loneliness: Penn, Kubrick, Scorsese, Spielberg, Altman. 3 ed. Nova York: Oxford University Press, 2000.
KYROU, Adonis. Luis Buñuel. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1966.
LABAKI, Amir (org). Folha conta cem anos de cinema. Rio de Janeiro: Imago, 1995.
LAHUD, Michel. A Vida Clara. São Paulo: Unicamp/ Companhia das Letras, 1993.
MACHADO, Arlindo. A Televisão Levada a Sério, São Paulo: Senac, 2000.
_________. O Sujeito na Tela. São Paulo: Paulus, 2007.
MARIE, Michel. La nouvelle vague: une école artistique. Paris: Nathan, 2001.
MARTINS, Luiz Renato. Conflito e interpretação em Fellini: construção da perspectiva do público. São Paulo: EDUSP/Istituto Italiano di Cultura di San Paolo, 1994.
MASCARELLO, Fernando (org.). História do cinema mundial. Campinas: Papirus, 2006.
MELLO E SOUZA, Gilda de. A ideia e o figurado. São Paulo: Ed. 34, 2005.
MITRY, Jean. Historia del cine experimental. Valencia: Fernando Torres, 1974.
MONACO, Paul. The Sixties: 1960-1969. Berkeley: University of California Press; 2003.
NARBONI, Jean; MILNE, Tom. Godard on Godard: critical writings by Jean-Luc Godard. Nova York: Da Capo Press, 1986.
NAZÁRIO, Luiz. Pier Paolo Pasolini. São Paulo: Brasiliense, 1983.
NOWELL-SMITH, Geoffrey. Luchino Visconti. Londres: Secker & Warburg/ BFI, 1967.
NEVES, David E. Telégrafo Visual - Crítica amável de cinema. São Paulo: Ed. 34, 2004.
NICHOLS, Bill (ed.). Movies and Methods. An Anthology. Berkeley/ Los Angeles: University of California Press, 1976.
NOGAMI, Teruyo. À Espera do Tempo - Filmando com Kurosawa. São Paulo: Cosac Naify, 2010.
PASOLINI, Pier Paolo. Diálogos com Pasolini: escritos (1957-1984). São Paulo: Nova Stella, 1986.
PINGAUD, Bernard; SAMSON, Pierre. Alain Resnais ou A criação no cinema. São Paulo: Documentos, 1969.
ROCHA, Glauber. O Século do Cinema. São Paulo: Cosac Naify, 2005.
ROSSELLINI, Roberto. La télévision comme utopie. Paris: Cahiers du cinéma, 2001.
SALLES, Francisco Luiz de Almeida. Cinema e Verdade. São Paulo/ Rio de Janeiro: Companhia das Letras/ Cinemateca Brasileira/ Fundação do Cinema Brasileiro, 1988.
SADOUL, Georges et al. Novo cinema, cinema novo. Lisboa: Dom Quixote, 1968.
SARRIS, Andrew. The American Cinema. Directors and Directions 1929 – 1968. Nova York: E. P. Dutton, 1968.
SAVERNINI, Erika. Índices de um Cinema de Poesia. Belo Horizonte: Ed. UFMG/Mídia@rte, 2004.
SCHIFANO, Laurence. Luchino Visconti: o fogo da paixão. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.
SCORSESE, Martin. Uma viagem pessoal pelo cinema americano. São Paulo: Cosac Naify 2004.
SÉMOLUÉ, Jean. Bresson ou o ato puro das metamorfoses. São Paulo: É Realizações, 2011.
SMITH, Anthony (org). Television: an international history. Oxford: Oxford University Press, 1995.
STAM, Robert. O espetáculo interrompido: literatura e cinema de desmistificação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.
SUTTON, Shaun. The largest theatre in the world. Thirty years of television drama. Londres: BBC, 1982.
TARKOVSKI, Andrei. Esculpir o tempo. São Paulo: Martins Fontes, 1990.
THOMASSEAU, Jean-Marie. O melodrama. São Paulo: Perspectiva, 2005.
THOMPSON, David; CHRISTIE, Ian (org.). Scorsese por Scorsese. Lisboa: Edições 70, 1989.
TRUFFAUT, François. Hitchcock Truffaut: entrevistas. São Paulo: Brasiliense, 1986.
______. O Prazer dos Olhos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.
______. O cinema segundo François Truffaut. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.
______. Os filmes de minha vida. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1989.
TUROVSKAYA, Maya. Tarkovsky: cinema as poetry. London: Faber and Faber, 1989.
VIANA, Antonio Moniz. Um filme por dia. Crítica de choque (1946 – 1973). São Paulo: Companhia das Letras, 2004.
vv.aa. Robert Bresson. São Paulo: Cinusp, 2011.
WILLIAMS, Raymond. Television: technology and cultural form. Londres: Collins, 1974.
WINSTON, Brian. Misunderstanding media. Londres: Routledge, 1986.
WOOD, Robin. Hitchcock's films revisited. Nova York: Columbia University Press, 1989.
XAVIER, Ismail (org.). O cinema no século. Rio de Janeiro: Imago, 1996.
_____. O discurso cinematográfico: a opacidade e a transparência. 4ª ed. ampliada, Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2008.
______ (org.). A experiência do cinema. Rio de Janeiro: Graal/ Embrafilme, 1983.
______. O Olhar e a Cena. São Paulo: Cosac Naify, 2003.
 

Clique para consultar os requisitos para CTR0655

Clique para consultar o oferecimento para CTR0655

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP