Informa??es da Disciplina

Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Cinema, Rádio e Televisão
 
Disciplina: CTR0662 - Documentário I
Documentary I

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 120 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2012 Desativação:

Objetivos
Introduzir os alunos a história do documentário e preparar, de forma planejada, os alunos com vistas à realização, no segundo semestre, dos seus próprios documentários, estabelecendo um diálogo entre prática de realização, conhecimento e análise de obras.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1022622 - Henri Pierre Arraes de Alencar Gervaiseau
 
Programa Resumido
Teoria e história do audiovisual documental. Inicio de prática de realização de obra audiovisual documental.
 
 
 
Programa
A constituição do campo documentário e a sua história. A invenção das tradições. O documentário no pós guerra. O documentário moderno: cinema direto, cinema verdade e cinema do vivido. Representações do outro no documentário brasileiro dos anos 80 e 90.
Pesquisa e recorte do tema, construção do argumento e do pré-roteiro de gravação.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas a partir da projeção e audição de obras audiovisuais, que serão analisadas e discutidas também com base em textos sobre o período ou o tema em questão. Orientação e avaliação de propostas e projetos de documentários.
Critério
Participação nas aulas e na elaboração de projetos, trabalhos de caráter monográfico ou seminários.
Norma de Recuperação
Trabalhos de caráter monográfico ou relacionados ao projeto de documentário.
 
Bibliografia
     
Barnouw, Erik. Documentary: A History of the non-fiction film. Oxford University Press, 1993.
Bernardet, Jean-Claude. Cineastas e imagens do povo. SP: Companhia das Letras. 2003.
Cinemais, n36. Especial Documentário. Objetivo, subjetivo. Outubro/dezembro 2003.
Comolli, Jean Louis: Ver e poder. A inocência perdida: cinema, televisão, ficção, documentário. BH: Editora UFMG.2008.
Da-Rin, S.: Espelho partido. Tradição e transformação do documentário. RJ:Azougue Cultural. 2005.
Dummaresq, Daniela Duarte: Sobre heróis, narradores e realismo: análise de filmes de Jean Rouch. Tese de doutorado em sociologia. FFLCH-USP. Orientador: Paulo Roberto Arruda de Menezes. SP: 2007.
Ellis, Jack: The documentary idea. A critical history of english-language documentary film and video. New Jersey: Prentice Hall,1989.
Feld, Steven: Ciné-Ethnography-Jean Rouch. Minneapolis: University of Minnesota Press, 2003.
Gervaiseau, Henri: Flaherty e Rouch: a invenção da tradição. Devires, Cinema e Humanidades. V.6. Junho 2009. p.74-91.

Gervaiseau, Henri: O abrigo do tempo. Abordagens cinematográficas da passagem do tempo e do movimento da vida dos homens. Tese de Doutorado em Comunicação. Orientador: André Parente. Rio de Janeiro. 2000.
Jacobs, Lewis. The Documentary tradition. New York, Hopkinson and Blake, 1974.
Lins, Consuelo: O documentário de Eduardo Coutinho. Televisão, cinema e vídeo. RJ: Jorge Zahar. 2004.
Machado, Arlindo (org.): Made in Brasil. Três décadas do vídeo brasileiros. Sâo Paulo: Itaú Cultural, 2003
Nichols, Bill: Introdução ao documentário. SP: Papirus, 2005.
Nichols, Bill. Representing reality: Issues and concepts in Documentary. Indiana University Press. 1992.
Parente, A.: Narrativa e modernidade. Os cinemas não narrativos do pós-guerra. Campinas: Papirus.2000
Puccini, Sergio: Roteiro de documentário. Da pré-produção à pós-produção. Campinas, SP: Papirus Editora. 2009
Rabiger, Michael. Directing the Documentary. Boston; London, Focal Press, 1997.
Rabiger, M.: Uma conversa com professores e alunos sobre a realização de documentários, in: Mourão, M.D. e Labaki, A. (org.): O cinema do real. SP: Cosac e Naify, 2005, p.52-66.
Ramos, Fernão: Mas afinal, o que é mesmo o documentário? SP: Senac, 2009.
Renov, Michael (ed.): Theorizing Documentary. New York and London: Rotledge, 1993
Rosenthal, A.: The new documentary in action. A case book in film making. Berkeley : University of California Press, 1971
Rothman, W: Documentary Film Classics. New Yok: Cambridge University Press. 1997
Socrates, Lessandro: Quem diz “Eu, um negro”. Vozes e foco narrativo no filme de Jean Rouch. Dissertação de mestrado em Ciências da Comunicação. ECA-USP. Orientador: Henri Arraes Gervaiseau. SP: 2009.
Teixeira, Francisco Eelinaldo (org.): Documentário no Brasil. Tradição e transformação. SP: Summus Editorial. 2004.

FILMOGRAFIA E VIDEOGRAFIA
A Arca dos Zoé (1993), de Vincent Carelli e Dominique Gallois
A chuva (1929) de Joris Ivens
Boca do lixo (1992) de Eduardo Coutinho
Caixeiro-Viajante (1968) de A. e D. Maysles
Chronique d’un été (1960) de Jean Rouch e Edgar Morin
Don’t look back (1967, D.A.Pennebaker
Do outro lado de sua casa (1985), de Marcelo Machado, Paulo Morelli e Renato Barbieri
Kene Yuxi (2010) de Zezinho Yube
Listen to Britain (1941), de Humphrey Jennings
Moi, un noir (1958), de Jean Rouch
Noite e Neblina (1956), de Alain Resnais
Nós (1969), de Artzavad Pelechian.
O Espirito da TV (1990), de Vincent Carelli e Dominique Gallois
O homem de Aran, 1934, de Robert Flaherty
Os catadores e a catadora (2000) de Agnès Varda
Pour la suite du monde (1963), de Pierre Perrault
Primary (1959), de Albert Mayles, Richard Leacock, Robert Drew, DA Pennebaker
 

Clique para consultar os requisitos para CTR0662

Clique para consultar o oferecimento para CTR0662

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP