Informa??es da Disciplina

Júpiter - Sistema de Graduação

Escola de Comunicações e Artes
 
Cinema, Rádio e Televisão
 
Disciplina: CTR0714 - Direção III
Directing III

Créditos Aula: 8
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 180 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2015 Desativação: 31/12/2019

Objetivos
Introduzir o aluno nos fundamentos, linguagem, técnica e equipamentos necessários à prática de direção de TV.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
279040 - Almir Antonio Rosa
962380 - Luís Fernando Angerami Ramos
1925790 - Roberto Franco Moreira
 
Programa Resumido
Fundamentos teóricos e procedimentos práticos na realização televisiva multicâmeras em estúdio. Estudo de Formatos, Técnicas e Linguagem.
 
 
 
Programa
Os gêneros não-dramáticos e dramáticos na televisão. Prática de formatos de programas: variedades, entrevistas, debates, talk show, infantis, eventos musicais, eventos esportivos, videoclip, ficção seriada, ao vivo e multicâmeras. Técnicas e equipamentos: switcher, direção de programa, enquadramentos, câmera, teleprompter, chromakey, iluminação, som, streaming e cenografia virtual. Linguagem: definição e uso do equipamento para o formato selecionado; combinação de técnicas; as diferentes funções da produção televisiva, transmissão ao vivo e externas.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas; aulas práticas em estúdio de TV.
Critério
Realização de trabalhos práticos e/ou teóricos; participação nas aulas.
Norma de Recuperação
Finalização de projeto no período estabelecido pelo calendário escolar.
 
Bibliografia
     
ALMAS, Almir. Televisão Digital: quando chega a interatividade? In NUNES, Pedro (org.) Mídias Digitais & Interatividade. João Pessoa/PB: Editora UFPB, 2009.
ALMEIDA, Cândido José Mendes de; FALCÃO, ANGELA; MACEDO, Cláudia (orgs.). 1988. TV ao vivo – depoimentos. São Paulo: Brasiliense.
BONASIO, Valter. Televisão – manual de produção & direção. Belo Horizonte: Ed. Escrita, 2002.
BOURDIEU, Pierre. Sobre a Televisão. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1997.
COMPESI & SHERRIFFS. Small format television production. Boston: Allyn and Bacon2nd. Ed, 1990.
DAVIS, Desmond. The grammar of television production. London: Barrie and Rockliff, 1960.
ECO, Umberto. Enredo e Casualidade. (179/201) In: Obra aberta. 1a reimp. da 9ed. SP: Perspectiva, 2005.
FARGIER, Jean-Paul. Video Gratias.(34/43). In: Cadernos Sesc_Videobrasil 03. SP: edições sesc; associação cultural videobrasil, 2007.
FECHINE, Yvana. Televisão e Presença. Uma abordagem semiótica da transmissão direta. SP: Estação das letras e cores, 2008.
FECHINE, Yvana e FIGUEIRÔA, Alexandre. Guel Arraes: um inventor no audiovisual brasileiro. Recife: CEPE Editora, 2008.
FILHO, Daniel. O circo eletrônico - fazendo TV no Brasil. RJ: Jorge Zahar Editor, 2001.
GILDER, George. A vida após a televisão: vencendo na revolução digital (tradução Ivo Korytowski). Rio de Janeiro: Ediouro, 1996.
HOWKINS, John. Understanding Television. London, England: Sundial & Octopus Books, 1976.
KELLISON, Cathrine. Produção e direção para TV e vídeo. Uma abordagem prática. RJ: Elsevier, 2007.
MACHADO, Arlindo. A televisão levada a sério. São Paulo: Editora SENAC São Paulo, 2000.
MILLERSON, Gerald. The technique of televison production. London: Focal Press, 1985
MELLO, Christine. Extremidades do Vídeo. São Paulo: Editora Senac, 2008.
RABIGER, Michael. Direção de cinema. Técnicas e estética. 3ª ed. Tradução: Sabrina Ricci Netto. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.
STASHEFF, Edward e outros. O programa de televisão: sua direção e produção. SP: Edusp, 1978.
VIRILIO, Paul. As Perspectivas do Tempo Real. In: O espaço crítico e as Perspectivas do Tempo Real. Tradução: Paulo Roberto Pires. SP: ed 34, 1993.
 

Clique para consultar os requisitos para CTR0714

Clique para consultar o oferecimento para CTR0714

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2019 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP