Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
 
Contabilidade e Atuária
 
Disciplina: EAC0195 - Introdução às Atividades Acadêmicas e de Pesquisa
Introduction to the Academic Life and Research

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2022 Desativação:

Objetivos
APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA: Esta é uma disciplina optativa com o objetivo de introduzir os/as estudantes na vida acadêmica e fornecer meios para que comecem a desenvolver pesquisa na graduação, como realizar iniciação científica, participar de laboratórios de pesquisa, participar de atividades de ensino e de cultura e extensão, entre outros temas importantes para a vida universitária. Assim, este curso foi planejado e desenhado para desenvolver a competência e confiança dos/as participantes como aprendizes autônomos/as no início de sua vida na universidade. O ingresso na universidade é uma das mais relevantes transições na vida de uma pessoa e representa um período de descobertas e inseguranças. Dessa forma, essa disciplina pretende apresentar aspectos importantes da vida na universidade para ingressantes, de forma a tornar essa transição mais tranquila. Por fim, mas não menos importante, a disciplina pretende introduzir para ingressantes as possibilidades do envolvimento com pesquisa, ensino e cultura e extensão desde o início da vida acadêmica, detalhando ações recursos disponíveis, com ênfase na iniciação científica, participação ativa em grupos e núcleos de pesquisa e extensão, participação em congressos e eventos científicos, entre outras atividades. Esses temas são centrais em uma universidade de pesquisa com a Universidade de São Paulo e têm o potencial de despertar vocações e consolidar o interesse por uma carreira acadêmica desde a graduação. Considerando esse contexto, a disciplina tem como objetivos gerais: • Criar um ambiente seguro que nos permita compreender como cada pessoa aprende; • Apoiar cada participante a experimentar diferentes enfoques e competências de aprendizagem; • Incentivar cada participante a identificar e exercitar suas habilidades intelectuais de forma a aumentar sua curiosidade acadêmica; • Compreender a rotina da vida acadêmica no ingresso na universidade; • Entender as possibilidade de envolvimento em atividades de pesquisa, ensino, cultura e extensão; • Capacitar estudantes universitários a realizar reflexões críticas acerca da produção científica na área de Ciências Contábeis. OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: Ao final desse curso você será capaz de: • Compreender as suas competências como aprendiz; • Desenvolver estratégias de aprendizagem autônomas; • Reconhecer a necessidade de adotar estratégias compensatórias; • Adotar estratégias compensatórias de forma consciente; • Conhecer oportunidades para envolvimento em pesquisa, ensino, cultura e extensão durante sua vida na universidade; • Conhecer as oportunidades de envolvimento com atividades de ensino existentes na universidade; • Conhecer as oportunidades de envolvimento com atividades de cultura e extensão na universidade; • Descrever as especificidades da contabilidade como campo do conhecimento científico; • Acionar os recursos de pesquisa disponíveis na universidade; • Conhecer as oportunidades de pesquisa existentes na universidade; • Levantar estudos anteriores sobre uma temática em contabilidade; • Analisar criticamente um estudo em contabilidade; • Compilar criticamente os principais aportes trazidos em uma temática a partir da compilação de estudos anteriores; e • Estruturar uma proposta inicial de estudo (pré-projeto de pesquisa) em temáticas relacionadas à contabilidade e finanças.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2087540 - Silvia Pereira de Castro Casa Nova
 
Programa Resumido
1. A VIDA NA UNIVERSIDADE 2. COMO EU APRENDO? 3. COMO EU SOU ENSINADO? 4. IDENTIFICANDO E APLICANDO AS HABILIDADES DE LEITURA 5. TORNANDO-SE UM OUVINTE ATENTO 6. EXERCITANDO A MEMÓRIA E UTILIZANDO TÉCNICAS DE FICHAMENTO 7. ADMINISTRAÇÃO DE TEMPO E PROCRASTINAÇÃO 8. IDENTIFICANDO E APLICANDO AS HABILIDADES DE ESCRITA: EXERCITANDO A ESCRITA 9. DESENVOLVENDO HABILIDADES DE PESQUISA E DE RECUPERAÇÃO DE INFORMAÇÕES EM BASES DE DADOS E PESQUISA 10. APROXIMANDO-SE DE TEXTOS CIENTÍFICOS E DE SUA LEITURA E COMPREENSÃO 11. ELABORANDO UMA PROPOSTA DE PESQUISA 12. APRESENTANDO E AVALIANDO PROPOSTAS DE PESQUISA
 
 
 
Programa
1. A VIDA NA UNIVERSIDADE 2. COMO EU APRENDO? 3. COMO EU SOU ENSINADO? 4. IDENTIFICANDO E APLICANDO AS HABILIDADES DE LEITURA 5. TORNANDO-SE UM OUVINTE ATENTO 6. EXERCITANDO A MEMÓRIA E UTILIZANDO TÉCNICAS DE FICHAMENTO 7. ADMINISTRAÇÃO DE TEMPO E PROCRASTINAÇÃO 8. IDENTIFICANDO E APLICANDO AS HABILIDADES DE ESCRITA: EXERCITANDO A ESCRITA 9. DESENVOLVENDO HABILIDADES DE PESQUISA E DE RECUPERAÇÃO DE INFORMAÇÕES EM BASES DE DADOS E PESQUISA 10. APROXIMANDO-SE DE TEXTOS CIENTÍFICOS E DE SUA LEITURA E COMPREENSÃO 11. ELABORANDO UMA PROPOSTA DE PESQUISA 12. APRESENTANDO E AVALIANDO PROPOSTAS DE PESQUISA Programa Detalhado 1. A VIDA NA UNIVERSIDADE 1.1. Introdução à ideia de universidade 1.2. Introdução à vida acadêmica: expectativas e possibilidades 1.3. Atividades de ensino, de pesquisa, e de cultura e extensão 2. COMO EU APRENDO? 2.1. Compreendendo os estilos de aprendizagem 2.2. Entendendo as implicações dos estilos de aprendizagem para a vida acadêmica 3. COMO EU SOU ENSINADO? 3.1. Entendendo as características do ensino 3.2. Aprendendo adaptar os estilos de aprendizagem às características do ensino universitário 4. IDENTIFICANDO E APLICANDO HABILIDADES DE LEITURA 4.1. Tornando-se um leitor ativo 4.2. Tipos de leitura: 4.2.1. Leitura básica, por meio da leitura de reconhecimento (systematic skimming) e de inspeção 4.2.2. Leitura rápida 4.2.3. Leitura crítica 4.3. Entendendo e explorando a mensagem do/a autor/a criticamente 5. TORNANDO-SE UM OUVINTE ATENTO 5.1. Formas de reconhecimento das principais ideias em uma palestra ou aula expositiva 5.2. Formas de registro e organização do registro de palestras e aulas expositivas 6. EXERCITANDO A MEMÓRIA E UTILIZANDO TÉCNICAS DE FICHAMENTO 7. ADMINISTRAÇÃO DE TEMPO E PROCRASTINAÇÃO 7.1. O que é procrastinação? 7.2. Entendo as raízes culturais e sociais da procrastinação 7.3. Compreendendo o ciclo da procrastinação e como quebrá-lo 8. IDENTIFICANDO HABILIDADES DE ESCRITA: EXERCITANDO A ESCRITA 8.1. Gerando as ideias (tendo mais a dizer com textos) 8.2. Organizando as ideias 8.3. Registrando 9. HABILIDADES DE PESQUISA E DE RECUPERAÇÃO DE INFORMAÇÕES EM BASES DE DADOS E PESQUISA 10. APROXIMANDO-SE DE TEXTOS CIENTÍFICOS E DE SUA LEITURA E COMPREENSÃO 10.1. Elementos formais do trabalho científico 10.2. Como escrever um texto científico 10.3. Como analisar criticamente um texto científico 11. ELABORANDO UMA PROPOSTA DE PESQUISA 11.1. O que é pesquisa? 11.2. Etapas de uma pesquisa 11.2.1. Escolhendo um tema ou problema 11.2.2. Revisando a literatura 11.2.3. Planejando a metodología 12. APRESENTADO E AVALIANDO UMA PROPOSTA DE PESQUISA 12.1. Apresentação oral e discussão de uma proposta de pesquisa Apresentação escrita de uma proposta de pesquisa
 
 
 
Avaliação
     
Método
METODOLOGIA: Para ensino de todos os tópicos da disciplina serão utilizados métodos como: 1. Aulas expositivas, síncronas (presencial ou Zoom) e assíncronas (You Tube); 2. Leitura e discussão de textos e de artigos; 3. Discussões em sala de aula; 4. Atividades individuais; 5. Atividades em grupo. A avaliação será realizada pelos seguintes instrumentos de avaliação: • Atividades ou exercícios realizados individualmente ou em grupo em aula; • Atividades ou exercícios realizados individualmente ou em grupo no Ambiente Virtual de Aprendizagem da disciplina; • Avaliação de aprendizagem (Quiz); • VídeoProjeto; • Proposta de pesquisa a ser elaborada durante o semestre, entregue e apresentado no final do semestre. HABILIDADES E ATITUDES DESENVOLVIDAS: Espera-se que os métodos de ensino-aprendizagem utilizados desenvolvam a capacidade de trabalho em equipe para elaboração de atividades e de projetos, e aprimore suas habilidades de análise crítica e de julgamento.
Critério
Os critérios de avaliação são: a) O aluno será considerado aprovado na disciplina se obtiver nota média final maior ou igual a 5,0 (cinco) e frequência igual ou superior a 70% (setenta por cento). b) O aluno será considerado reprovado na disciplina se obtiver nota média final menor que 3,0 (três) e/ou frequência inferior a 70% (setenta por cento).
Norma de Recuperação
a) O aluno poderá participar do processo de reavaliação (recuperação) na disciplina caso obtenha nota média final maior ou igual a 3,0 (três) e menor que 5,0 (cinco) e frequência igual ou superior a 70%. b) A média para aprovação com reavaliação será obtida por meio da média aritmética simples da média final + nota obtida na reavaliação, que deverá ser igual ou superior a 5,0 (cinco).
 
Bibliografia
     
Adler, M. J., & Van Doren, C. (2014). How to read a book: The classic guide to intelligent reading. Simon and Schuster. Casa Nova, S. P. C., Leal, E. A., Miranda, G. J., & Nogueira, D. R. (2020). Trabalho de conclusão de curso (TCC): uma abordagem leve, divertida e prática. São Paulo: Saraiva Educação. Castro, C. M. (2006). A prática da pesquisa. 2. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall. Demo, P. (2015). Aprender como autor. São Paulo: Atlas. Dewey, J. (1997). How we think. Courier Corporation. Elbow, P. (1998). Writing with power: Techniques for mastering the writing process. Oxford University Press. Freire, P. (2015). Professora, sim; tia, não: cartas a quem ousa ensinar. Editora Paz e Terra. Graff, G., Birkenstein, C., & Durst, R. (2006). "They Say, I Say": The Moves that Matter in Academic Writing. New York, NY: WW Norton. Hines, R. D. (1988). Financial accounting: in communicating reality, we construct reality. Accounting, Organizations and Society, 13(3), 251-261.Lee, C. M., & Jackson, R. F. (1992). Faking it: A look into the mind of a creative learner. Boynton/Cook Publishers. Murray, D. M. (1999). Write to learn. Harcourt Brace College Publishers. Pauk, W., & Owens, R. J. (2013). How to study in college. Cengage Learning. Pereira, E. M. A. (2016). Universidade e Educação Geral: Reflexões e práticas no Brasil, EUA, Europa, Ásia e América Latina. Campinas: Mercado das Letras. Popper, K.. (2007). The logic of scientific discovery. London: Routledge, reprinted, Sampieri, R. H.; Collado, C. H.; Lucio, P. B.. (2013). Metodologia de pesquisa. 5 ed. Porto Alegre: Penso. Sandel, M. J. (2012). What isn’t for sale. The Atlantic, 309(3), 62-66. Sandel, M. J. (2013). Market reasoning as moral reasoning: why economists should re-engage with political philosophy. Journal of Economic Perspectives, 27(4), 121-40. Saramago, J. (2013). Democracia e Universidade. Belém: ed.ufpa. Theóphilo, C. R., & Martins, G. D. A. (2009). Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. São Paulo: Atlas.
 

Clique para consultar os requisitos para EAC0195

Clique para consultar o oferecimento para EAC0195

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP