Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária
 
Contabilidade e Atuária
 
Disciplina: EAC0490 - Auditoria II
Auditing II

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2022 Desativação:

Objetivos
APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA:
O trabalho de asseguração, em termos gerais, é o trabalho no qual o auditor independente visa obter evidências apropriadas e suficientes para expressar sua conclusão, de forma a aumentar o grau de confiança dos usuários previstos sobre o resultado da mensuração ou avaliação do objeto, de acordo com os critérios que sejam aplicáveis.
O foco desta disciplina é dar continuidade ao estudo do trabalho de auditoria independente de demonstrações financeiras, iniciado em Auditoria I, e que se realiza em consonância com as Normas de Auditoria e que visam fornecer asseguração razoável. No trabalho de asseguração razoável, o auditor independente reduz o risco do trabalho para um nível aceitavelmente baixo nas circunstâncias do trabalho como base para a sua conclusão. A conclusão do auditor independente é expressa no Relatório dos Auditores Independente, onde os auditores transmitem a sua opinião sobre o resultado da mensuração ou avaliação das demonstrações financeiras de acordo com as Normas Contábeis.
Adicionalmente, a presente disciplina também aborda o papel nas organizações da gestão de riscos e da auditoria interna. Finalmente, também são abordados os fundamentos da perícia contábil.

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM:
Espera-se que, ao final da disciplina, as(os) estudantes estejam aptos a:
1.	Interpretar os resultados dos testes de controles internos e avaliar seus impactos na estratégia de gestão dos riscos de auditoria
2.	Relacionar as evidências obtidas pelo auditor durante o processo de auditoria com as conclusões da auditoria e seus reflexos em diferentes tipos de relatório do auditor.
3.	Identificar e descrever o trabalho e as evidências obtidas pelo auditor e outros necessários para atender aos objetivos dos trabalhos de auditoria e a aplicação das Normas de Auditoria.
4.	Aplicar técnicas de auditoria assistidas por computador (CAATs – Computer Assisted Audit Techniques) na realização de testes substantivos.
5.	Aplicar métodos quantitativos como ferramentas de apoio à realização dos exames de auditoria (e.g. revisão analítica, determinação de materialidade, amostragem, determinação de efeitos sobre uma população)
6.	Compreender os objetivos e principais características da gestão de riscos e auditoria interna
7.	Compreender os objetivos e principais características dos trabalhos de perícia
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1035522 - Guillermo Oscar Braunbeck
822081 - Jeronimo Antunes
990725 - Joshua Onome Imoniana
 
Programa Resumido
1.	EVIDÊNCIA DE AUDITORIA E RISCOS RESIDUAIS
2.	PROCEDIMENTOS SUBSTANTIVOS
3.	REVISÃO E RELATÓRIO DE AUDITORIA
4.	AUDITORIA INTERNA E GESTÃO DE RISCOS 
5.	AUDITORIA INDEPENDENTE E GOVERNANÇA CORPORATIVA
6.	PERÍCIA CONTÁBIL
 
 
 
Programa
1.	EVIDÊNCIA DE AUDITORIA E RISCOS RESIDUAIS
1.1	Avaliação do resultado da análise de desenho e eficácia de controles
1.2	Determinação de riscos residuais e procedimentos substantivos para mitigação de riscos de auditoria
1.3	Comunicação de deficiências de controle interno
1.4	Auditoria de controles internos sobre o processo de relato financeiro (auditoria integrada)

2.	PROCEDIMENTOS SUBSTANTIVOS
2.1	Procedimentos Analíticos
2.2	Confirmações Externas
2.3	Cut off
2.4	Inventários Físicos
2.5	Análise de reconciliações e outros exames documentais
2.6	Amostragem em testes substantivos versus auditoria substantiva de toda a população
2.7	Data analytics e big data
2.8	Auditoria de julgamentos e estimativas contábeis

3.	REVISÃO E RELATÓRIO DE AUDITORIA
3.1	Eventos subsequentes
3.2	Premissa da continuidade (going concern)
3.3	Representações Formais
3.4	Finalização dos trabalhos: revisão geral, distorções identificadas vs. Materialidade
3.5	Relatório dos Auditores Independentes

4.	AUDITORIA INTERNA E GESTÃO DE RISCOS
4.1	Gestão de Riscos Empresariais e Controle Interno: o modelo de três linhas de defesa
4.2	O papel do gestor de riscos versus o papel da auditoria interna
4.3	Auditoria de conformidade, investigação de fraudes, auditoria ‘value for money’ e auditoria de gestão (operacional)

5.	AUDITORIA INDEPENDENTE E GOVERNANÇA CORPORATIVA
5.1	Responsabilidades dos auditores com os responsáveis pela governança
5.2	Interação com Assembleia Geral, Conselho de Administração, Comitê de Auditoria e Conselho Fiscal e diferenças entre esses organismos

6.	PERÍCIA CONTÁBIL
6.1	Normatização
6.2	Aspectos fundamentais do planejamento, execução e conclusão dos trabalhos de perícia contábil
6.3	A carreira do Perito e esferas de atuação
6.4	Metodologia de Perícia Contábil e estrutura do conteúdo; Características e Tipos de Quesitos
6.5	Elaboração de Quesitos
6.6	Laudo e Parecer Pericial
 
 
 
Avaliação
     
Método
METODOLOGIA: Para ensino de todos os tópicos da disciplina serão utilizados métodos como: 1. Aulas expositivas de conceitos e ferramentas; 2. Seminários para compartilhar pesquisas e observações de estudantes; 3. Aprendizagem baseada em problemas (e.g. estudos de caso) 4. Aprendizagem cooperativa (e.g. jigsaw) HABILIDADES E ATITUDES DESENVOLVIDAS: Capacidade de identificação e mitigação de riscos Capacidade de julgamento para a solução de problemas Comunicação escrita por meio de relatórios Ceticismo profissional Capacidade de trabalho em equipe
Critério
Os critérios de avaliação são: a) O aluno será considerado aprovado na disciplina se obtiver nota média final maior ou igual a 5,0 (cinco) e frequência igual ou superior a 70% (setenta por cento). b) O aluno será considerado reprovado na disciplina se obtiver nota média final menor que 3,0 (três) e/ou frequência inferior a 70% (setenta por cento).
Norma de Recuperação
a) O aluno poderá participar do processo de reavaliação (recuperação) na disciplina caso obtenha nota média final maior ou igual a 3,0 (três) e menor que 5,0 (cinco) e frequência igual ou superior a 70%. b) A média para aprovação com reavaliação será obtida por meio da média aritmética simples da média final + nota obtida na reavaliação, que deverá ser igual ou superior a 5,0 (cinco).
 
Bibliografia
     
BIBLIOGRAFIA PRINCIPAL:
JOHNSTONE, Karla; GRAMLING, Audrey; RITTENBERG Larry E. Auditing: A Risk Based-Approach to Conducting a Quality Audit. 10th edition. Cengage, 2016. (ou GRAMLING, Audrey A.; RITTENBERG, Larry E.; JOHNSTONE, Karla M. Auditoria. Tradução da 7a Edição. São Paulo: Cengage Learning, 2012)
MESSIER, William F.; GLOVER, Steven M.; Prawitt, Douglas F. Auditing & Assurance Services – A systematic approach. 8th edition, New York: McGraw-Hill/Irwin, 2012
International Auditing and Assurance Standards Board (IAASB). Handbook of International Quality Control, Auditing, Review and Other Assurance and Related Services Pronouncements. (versão mais atual) Edition, New York: IAASB (a traduação das ISAs encontra-se disponível no Conselho Federal de Contabilidade, em seus pronunciamentos NBC-TA)
Imoniana, J. O. Auditoria: Planejamento, Execução e Reporte.  São Paulo: Atlas, 2019
BELL, Timothy B.; PEECHER, Mark E.; SOLOMON, Ira. The 21st Century Public Company Audit. KPMG, 2005
LONGO, Claudio Gonçalo. Manual de Auditoria e Revisão de Demonstrações Financeiras. 3ª edição, São Paulo: Atlas, 2015
ATTIE, Willian. Auditoria interna. São Paulo: Atlas,1989.
ALBERTO, Valder Luiz Palombo Perícia contábil. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1996.
MAGALHÃES, Antonio de Deus Farias. Perícia contábil. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1998.
ORNELAS, Martinho Maurício Gomes de. Perícia contábil. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1995.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:
ARENS, Alvin A. e LOEBBECKE, James K – Auditing – An Integrated Approach, Editora Prentice-Hall, Inc - Upper Saddle River, New Jersey, USA..
ATTIE, Willian. Auditoria: Conceitos e Aplicações – Ed. Atlas, São Paulo. ATTIE, Willian. Auditoria Interna – Ed. Atlas, São Paulo.
BORGERTH, Vania M. C. – SOX – Entendendo a Lei Sarbanes-Oxley – Ed. Thomson, S.Paulo. BOYNTON, William C. JOHNSON, R., KELL, Walter G. - Auditoria, Edit. Atlas – São Paulo.
CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL
RITTENBERG, Larry E. and SCHWIEGER, Bradley J. - Auditing - Concepts for a Changing Environment - Editora Harcourt Brace College Publishers - Philadelphia, USA.
STUART, Iris C. – Serviços de Auditoria e Asseguração na Prática – Editora Mc Graw Hill – Porto Alegre.
ANTUNES, Jerônimo - Contribuição ao Estudo da Avaliação de Risco e Controles Internos na Auditoria de Demonstrações Contábeis no Brasil - Dissertação de Mestrado – FEA/USP - São Paulo, 1998. (disponível para download no site www.teses.usp.br).
ANTUNES, Jerônimo – Modelo de Avaliação de Risco de Auditoria Utilizando a Lógica Nebulosa – Tese de Doutorado– FEA/USP – S.Paulo, 2005. (disponível para download no site www.teses.usp.br).
CARVALHO, Luiz Nelson Guedes de - Uma Contribuição à Auditoria do Risco de Derivativos - Tese de Doutorado, FEA/USP - São Paulo, 1996. (disponível para download no site www.teses.usp.br). CARVALHO, Luiz Nelson Guedes de – Limitações ao Poder de Comunicação do Parecer dos Auditores Independentes sobre Demonstrações Contábeis no Brasil – Dissertação de Mestrado, FEA/USP – São Paulo, 1989.
NOGUEIRA, Marcelo Francisco – O Processo da Comunicação Pericial Judicial Contábil: Abordagem em Relação aos Ruídos – Dissertação de Mestrado, FECAP – São Paulo, 2006.
BRAUNBECK, Guillermo Oscar – Determinantes da Qualidade da Auditorias Independentes no Brasil – Tese de Doutorado– FEA/USP – S.Paulo, 2010s. (disponível para download no site www.teses.usp.br).
 

Clique para consultar os requisitos para EAC0490

Clique para consultar o oferecimento para EAC0490

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP