Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Educação
 
Filosofia da Educ e Ciências da Educ
 
Disciplina: EDF0113 - Sociologia da Educação I
Sociology of Education I

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 10 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2014 Desativação:

Objetivos
A disciplina tem como objetivo geral introduzir o aluno nas discussões sobre educação empreendidas a partir de referências teóricas no campo das ciências sociais, tendo como eixo temático os processos de socialização. São objetivos específicos 1) que os alunos sejam familiarizados com autores e conceitos fundadores das ciências sociais; 2) que os alunos se apropriem de certo modo de pensar sociológico a partir do contato com pesquisas no campo educacional e 3) que os alunos se apropriem das práticas de leitura e escrita conformes às disciplinas de ciências sociais 4) que os alunos compreendam as várias dimensões envolvidas nos processos de socialização contemporâneos, com ênfase na educação escolar.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
854563 - Flavia Ines Schilling
 
Programa Resumido
O curso pretende examinar as dimensões sociais do processo educativo mediante o estudo das agências tradicionais de socialização e das novas modalidades que caracterizem as práticas socializadoras na sociedade contemporânea, sobretudo aquelas relacionadas à indústria cultural e à mídia. Os aspectos políticos e culturais do processo educativo serão analisados, contemplando não só as práticas de reprodução social como os elementos que configuram a inovação e a mudança social no interior dos sistemas educativos.
 
 
 
Programa
I. Educação como processo social
1. Porcesso de socialização e instituições sociais.
2. Agências socializadoras e reprodução social: família e escola.
3. O processo socializador na sociedade contemporânea: mídia e indústria cultural.
4. Formas difusas de socialização: o bairro, a cidade
5. Religiões e processo de socialização.

II. Educação e reprodução das relações sociais.
1. Educação, integração e formas de controle social.
2. Educação, conflito e classes sociais.
3. Educação, poder e disciplina.
4. Educação, instituições políticas e Estado.

III. Escola, socialização e cultura
1. Dimensões culturais do processo educativo.
2. Práticas culturais, formas de sociabilidade e vida escolar.
3. A sociologia da sala de aula.
4. Escola e diversidade cultural.
5. Orientações dos agentes: professores, funcionários administrativos, técnicos e alunos.

IV. Educação, mudança social e gerações
1. Educação e inovação social.
2. O estudo sociológico das gerações.
3. Juventude e mudança social.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Prova escrita, (trabalho escrito individual, atividades em sala de aula (questionários, seminários, fichamentos) individuais ou em grupo. Aulas expositivas, leituras dirigidas, discussão de textos e seminários.
Critério
Conforme as normas da Universidade, serão aprovados os alunos que tiverem ao menos 70% de frequência e resultados de ao menos 50% nas avaliações.
Norma de Recuperação
De acordo com o calendário do semestre.
 
Bibliografia
     
ABRAMO, Helena.Cenas juvenis: punks e darks no espetáculo urbano. São Paulo:Scritta, 1994.
ADORNO, Theodor W. Educação após Auschwitz. In: ADORNO, T.W. Educação e emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995, p. 119- 138.
ARENDT, Hannah. Entre o Passado e o Futuro. São Paulo, Perspectiva, 1988.
APPLE, Michael. Educação e Poder. Porto Alegre, Artes Médicas, 1989.
BECKER, Howard S. Outsiders: estudos de sociologia do desvio. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.
BERGER, Peter L.; BERGER, Brigitte. “O que é uma instituição social?” In: FORACCHI, M.M.; MARTINS, J.S. (orgs.) Sociologia e Sociedade (Leituras de introdução à Sociologia). Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora S.A. , 1977.
2. BERGER, Peter L.; BERGER, Brigitte. “Socialização: como ser um membro da sociedade”. In: FORACCHI, M.M.; MARTINS, J.S. (orgs.) Sociologia e Sociedade (Leituras de introdução à Sociologia). Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora S.A. 1987.
BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 1974.
___.O Poder simbólico. Rio de Janeiro: DIFEL/BERTRAND, 1989.
CANCLINI, Nestor. As culturas populares no capitalismo.São Paulo, Brasiliense, 1983.
CANDIDO, Antonio. “O caipira em face da civilização urbana”. Os parceiros do Rio Bonito. São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1982.
CLASTRES, Pierre. “O arco e a cesta”. A sociedade contra o Estado. Investigações de antropologia política. Porto: Edições Afrontamento, 1975.
DUBET, François. Mutações cruzadas. a cidadania e a escola. Revista Brasileira de Educação v. 16 n. 47 maio-ago. 2011 pp.289-309. Disponível em
http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-24782011000200002&script=sci_arttext
DURKHEIM, Émile. Sociologia, Educação e Moral, Lisboa, Rés Editora, 1984.
___. Educação e sociedade. São Paulo: Ed. Melhoramentos, (s/d).
___. A educação Moral. Petrópolis: Vozes, 2008.
___. O ensino da moral na escola primária. Novos estudos Cebrap, nº 78, julho, 2007, p.59-75.
ELIAS, Norbert. O Processo Civilizador, v.1: Uma história dos costumes. 2ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.
___. O Processo Civilizador, v.2: Formação do Estado e Civilização. Rio de Janeiro: Zahar, 1993.
ELIAS, Norbert e SCOTSON, John L. Os estabelecidos e os outsiders. Rio de Janeiro: Zahar, 2000.
EZPELETA, Justa e ROCKWELL, Elsie. Pesquisa participante.São Paulo, Cortez, 1985.
FORACCHI, Marialice M. e MARTINS, José de S. (orgs.) Sociologia e Sociedade, SP, Livros Técnicos e científicos, 1975.
FORQUIN, Jean-Claude. Escola e cultura. Porto Alegre: Artes Médicas, 1993.
FOUCAULT, Michel.Vigiar e Punir: nascimento da prisão.29ª ed. Petrópolis: Vozes, 2004.
HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. São Paulo: DP&A Editora, 2001.
IANNI, Octávio. A sociologia e o mundo moderno. Tempo Social, Revista de Sociologia, USP, São Paulo, v. 1, n. 1, 1992, p. 7-27.
LIMA, Luiz Costa. Teoria da cultura de massa.Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1982.
LENOIR, Remi. “Objeto sociológico e problema social”. In LENOIR, R.Iniciação à prática sociológica. Petrópolis: Ed. Vozes, 1998, (p.59-75).
MANNHEIM, Karl. Coleção Grandes Cientistas Sociais, número 25, São Paulo, Ática, 1982.
MARTINS, José de Souza. “As hesitações do moderno e as contradições da modernidade no Brasil”. In: ___. A sociabilidade do homem simples. São Paulo: Editora Contexto, 2008.
___. A aparição do demônio na fábrica: origens sociais do eu dividido. São Paulo: Editora 34, 2008.
___. A arqueologia da memória social: autobiografia de um moleque de fábrica. São Paulo: Ateliê Editorial, 2011.
MILLS, Wright.C. A imaginação sociológica. Rio de Janeiro, Ed. Zahar, 1965.
SIMMEL, Georg. As grandes cidades e a vida do espírito, Mana, 11(2), 2005, p.577-591.
WEBER, Max. A ciência como vocação. In: Max Weber – ensaios de sociologia. GERTH, H.H. E WRIGHT MILLS, C. (orgs.). 2ª ed. Rio de Janeiro: Zahar ed. 1971, p.154-183.
 

Clique para consultar os requisitos para EDF0113

Clique para consultar o oferecimento para EDF0113

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP