Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Educação
 
Filosofia da Educ e Ciências da Educ
 
Disciplina: EDF0114 - Sociologia da Educação II
EDF0114 2 Sociology of Education II

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 10 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2014 Desativação:

Objetivos
A disciplina tem como objetivo aprofundar as contribuições das ciências sociais para a compreensão dos processos educativos, com ênfase na análise da instituição e do sistema escolares, bem como de suas relações com os mecanismos mais gerais de produção e reprodução social. Também faz parte dos objetivos da disciplina a análise sociológica da constituição do sistema escolar no Brasil.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
854563 - Flavia Ines Schilling
 
Programa Resumido
A disciplina focaliza contribuições da Sociologia para o estudo do processo educativo. Abrange a análise sociológica da escola, considerando-a como grupo social com estrutura e organização próprias. Analisa os padrões de interação ordenados pelo poder público e os gerados espontaneamente na convivência dos membros do grupo. Discute os conteúdos culturais da escolaridade em suas relações com o rendimento e as deficiências do ensino. Analisam-se em seguida as mudanças sociais e as mudanças educacionais no Brasil, após 1930, com especial atenção às relações entre educação e mobilidade social, bem como às relações entre a educação e as classes sociais.
 
 
 
Programa
1. O estudo sociológico da escola:
Escola como grupo social;
Estrutura da escola;
Burocracia e análise da escola;
Conteúdos culturais da escolaridade;
Estilos de vida, rendimento e deficiências do ensino.

2. Educação e estratificação social:
Mobilidade social;
Mudança social e mobilidade social da estrutura;
Escola e mobilidade social.

3. Educação, gênero, etinia e classes sociais:
A reprodução da desigualdade: gênero, etnia/ raça, idade, classe social;
Educação e possibilidade de mudança de destinos sociais.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Prova escrita, trabalho escrito individual, atividades em sala de aula (questionários, seminários, fichamentos) individuais ou em grupo. Aulas expositivas, leituras dirigidas, discussão de textos e seminários.
Critério
Conforme as normas da Universidade, serão aprovados os alunos que tiverem ao menos 70% de frequência e resultados de ao menos 50% nas avaliações.
Norma de Recuperação
De acordo com o calendário do semestre.
 
Bibliografia
     
APPLE, Michael. Educação e Poder. Porto Alegre, Artes Médicas, 1989
ARIÈS, Philippe. História Social da Criança e da Família. 2ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 2006.
BEISIEGEL, Celso R.A qualidade do ensino na escola pública. Brasília: Liber Livro, 2006.
___. Estado e Educação Popular. São Paulo, Livraria Pioneira Editora, 1974.
BENDIX, Reinhard. Construção Social e Cidadania. São Paulo: Edusp, 1996.
BOSI, Ecléa. Cultura de massa e cultura popular: leituras de operárias. 10ª ed. Petrópolis: Vozes, 2000.
BOURDIEU, Pierre.A distinção: crítica social do julgamento. São Paulo: Edusp/ Porto Alegre: Zouk, 2008.
___. Escritos de educação. 12ª ed. Petrópolis: Vozes, 2011.
CANDIDO, Antonio. A estrutura da escola. In: PEREIRA, Luiz; FORACCHI, Marialice M. (orgs.) Educação e sociedade. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1978.
DALLABRIDA, Norberto. Nascimento da escolarização moderna: cotejo de duas leituras. Perspectiva, v.22, nº 1, Florianópolis, jan./jun. de 2004, p.93-110.
DEL PRIORE, Mary. História das Crianças no Brasil. São Paulo: Editora Contexto, 1999.
DUBET, François. O que é uma escola justa? A escola das oportunidades. São Paulo: Cortez, 2008.
___. Repensar lajusticia social: contra el mito de laigualdad de oportunidades. Buenos Aires: SigloVeintiuno, 2012.
________ A escola e a exclusão. Cadernos de Pesquisa, FCC, n. 119,2003

DUSSEL, Inês; CARUSO, Marcelo. A invenção da sala de aula. Uma genealogia das formas de ensinar. São Paulo, Moderna, 2003.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 13ª ed. São Paulo, EDUSP, 2009.
FOUCAULT, Michel.Os Anormais. Curso no Collège de France (1974-1975). São Paulo: Martins Fontes, 2002.
FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir. História da Violência nas Prisões. Petrópolis, Vozes, 1984
MARSHALL, T.H. Cidadania, Classe Social e Status. Rio de Janeiro, Zahar Editores, 1967.
MILLS, C. Wright. A NovaClasseMédia(White Collar). Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1969.
MILLS, Wright. “Educação e classe social: modelos de êxito”. In: PEREIRA, L.; FORACCHI, M. Educação e Sociedade. São Paulo: Ed. Nacional, 1978.
NAGLE, Jorge. Educação e Sociedade na Primeira República. São Paulo: Edusp, 2009.
PEREIRA, Luiz e FORACCHI, Marialice M. (Orgs.). Educação e Sociedade. 6ª ed. São Paulo. Cia. Editora Nacional, 1973.
PEREIRA, Luiz.A Escola Numa Área Metropolitana: crise e racionalização de uma empresa pública de serviços. São Paulo: Livraria Pioneira Editora, 1967.
___. O Magistério Primário Numa Sociedade de Classes: estudo de uma ocupação em São Paulo. São Paulo: Livraria Pioneira Editora, 1969.
SPOSITO, MariliaP. O Povo Vai à Escola: a luta pela expansão do ensino popular em São Paulo. 2ª ed. São Paulo: Edições Loyola, 1992.
___. A Ilusão Fecunda: a luta por educação nos movimentos populares. São Paulo: Hucitec, 2010.
TRAGTENBERG, Maurício. “A escola como organização complexa”. Sobre educação, política e sindicalismo. São Paulo, Cortez Editora, 1982.
VARELA, Julia e ÁLVAREZ-URÍA, Fernando. Arqueología de laEscuela. Madrid: La
Piqueta, 1991.
VARELA, Julia. “O Estatuto do saber pedagógico”. In: SILVA, Tomás Tadeu da. (org.) O sujeito da educação. Estudos foucaultianos. Petrópolis: Vozes, 2002.
FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.
 

Clique para consultar os requisitos para EDF0114

Clique para consultar o oferecimento para EDF0114

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP