Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Educação
 
Filosofia da Educ e Ciências da Educ
 
Disciplina: EDF0684 - Educação Especial: Abordagens e Tendências na Área da Deficiência Intelectual
EDF0684 3 Special Education: Approaches and Tendencies Regarding Mental Disabilities

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2018 Desativação:

Objetivos
Considerando a Política Nacional de Educação Especial na perspectiva de Educação Inclusiva e a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, pretende-se: a) constituir um panorama histórico do conceito de deficiência intelectual, considerando criticamente seus efeitos para as políticas atuais de Educação, Saúde, Justiça e Assistência Social, voltadas a esse setor da população; b) refletir sobre o protagonismo das pessoas com deficiência intelectual na produção acadêmica e na proposição das políticas públicas de Educação; c) conhecer propostas vigentes para o atendimento educacional especializado para as pessoas com deficiência intelectual.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
437709 - Carla Biancha Angelucci
 
Programa Resumido
- Revisão dos aspectos legais da Educação Especial brasileira. - História do conceito de deficiência intelectual. - Políticas públicas de Educação, Saúde, Assistência Social e Justiça e o atendimento das pessoas com deficiência intelectual. - Lei Brasileira de inclusão da pessoa com deficiência e o conceito de decisão apoiada; - Experiências de oferta de atendimento educacional especializado a pessoas com deficiência intelectual. - A prática como componente curricular será desenvolvida a partir de: * Pesquisas bibliográficas que subsidiarão os debates sobre o atendimento educacional especializado; * Pesquisas sobre movimentos sociais de pessoas com deficiência intelectual no Brasil e em outros países; * Análise crítica de filmes sobre pessoas com deficiência intelectual.
 
 
 
Programa
1- Educação Especial: conceitos e princípios fundamentais 2- Deficiência intelectual: aspectos conceituais 3- Políticas sociais e a garantia de direitos das pessoas com deficiência intelectual – Educação, Saúde, Assistência Social e Justiça 4- Atendimento Educacional do púbico-alvo da Educação Especial – deficiência intelectual: inclusão/ exclusão, integração/ segregação 5- Considerações sobre currículo – adaptação e flexibilização curriculares 6- Abordagens e tendências quanto às diferentes práticas para o desenvolvimento da escolarização da pessoa com deficiência intelectual.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, seminários, leituras, debates e projeção de filmes seguidos de debates.
Critério
Avaliação contínua considerando a: participação em aula, assiduidade, realização de trabalhos e relatórios de leitura, provas, seminários e atividades desenvolvidas no estágio.
Norma de Recuperação
As formas, os períodos e os assuntos que farão parte do processo de recuperação serão definidos pelo docente da disciplina, de acordo com os procedimentos definidos pela universidade.
 
Bibliografia
     
Associação Americana de deficiência intelectual e desenvolvimental – Aidd. Retardo Mental: definição, classificação e sistemas de apoio. www.aaidd.org Associação Americana de Psiquiatria - APA. DSM V. Deficiências Intelectuais. BRIDI, F.R.S.; BAPTISTA, C.R. Deficiência mental: o que dizem os manuais diagnósticos? Revista Educação Especial | v. 27 | n. 49 | p. 499-512| maio/ago. 2014. Santa Maria. Disponível em: http://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/13393. CAPELLINI, V L M F; MENDES, E G. O ensino colaborativo favorecendo o desenvolvimento profissional para a educação inclusiva. Educere et Educere, Unioeste, Campus Cascavel, Vol. 2 no 4 jul./dez. 2007 p. 113-128. COLL, C. P. MARCHESI, A O desenvolvimento psicológico e educação: necessidades educativas especiais e aprendizagem. Trad. Marcos A G. Domingues. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997. DAINEZ, D.; SMOLKA, A. L. B. The concept of compensation in the dialogue of Vygotsky with Adler: human development, education and disability.Educ. Pesqui., São Paulo , v. 40, n. 4, p. 1093-1108, dez. 2014. Disponível em . LOPES, E. AND MARQUEZINE, M. C. Sala de recursos no processo de inclusão do aluno com deficiência intelectual na percepção dos professores. Rev. bras. educ. espec., Set. 2012, vol.18, no.3, p.487-506. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-65382012000300009&script=sci_arttext GOMES, A. L. L. V. A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: o atendimento educacional especializado para alunos com deficiência. Universidade Federal do Ceará, 2010. GOULD, S.J. A Falsa Medida do Homem. São Paulo: Martins Fontes, 1991. JANNUZZI, G. de M. A educação do deficiente no Brasil: dos primórdios ao início do século XXI. Campinas: SP: Autores Associados, 2004. Capítulos I e II ____. APAE: 1954 a 2011 – algumas reflexões. Campinas: SP: Autores Associados, 2013. MOREIRA, L.; EL-HANIB, C.N.; GUSMÃO FAF. A síndrome de Down e sua patogênese: considerações sobre o determinismo genético. Rev Bras Psiquiatria. 2000;22(2):96-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbp/v22n2/a11v22n2.pdf. Organização Mundial de Saúde - OMS. Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde: versão para crianças e jovens. PESSOTTI, I. P. Deficiência mental: da superstição à ciência. São Paulo: T. A. Queiroz Editores Ltda. EDUSP, 1984. RODRIGUES, Luzia Lima. (et al) (2007) ¨Boas práticas” em Educação Inclusiva. In: RODRIGUES, Luzia Lima. ( et al). Percursos de Educação Inclusiva em Portugal: dez estudos de caso. Lisboa: Portugal: Fórum de Estudos de Educação Inclusiva-Universidade Técnica de Lisboa. RODRIGUES, David. (2006) Dez idéias ( mal) feitas sobre a educação inclusiva. RODRIGUES, David (org.). Inclusão e educação: doze olhares sobre educação inclusiva. São Paulo: Summus Editorial, p.300-318. VIGOTSKI, L.S. Obras Escogidas V: fundamentos de defectología. Madrid: Visor, 1997. Legislação nacional BRASIL. Congresso Nacional. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – Lei n.º 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996, Seção 1, Página 27833 (Publicação Original). Versão com emendas da Lei nº 12.796 de 2013 e da Lei n.º 13.234 de 2015. Disponível em: . BRASIL. Presidência da República. Plano Nacional de Educação. Lei nº 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 10 jan. 2001, Página 1 (Publicação Original). BRASIL. Presidência da República. Decreto n.º 3.956, de 8 de outubro de 2001. Promulga a Convenção Interamericana para a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Pessoas Portadoras de Deficiência. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 9 out. 2001, Seção 1, Página 1 (Publicação Original). BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Resolução CNE/CEB nº. 2, setembro de 2001. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 3 set. 2001. Disponível em: . BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Secretaria de Assistência Social. Política Nacional de Assistência Social http://www.mds.gov.br/webarquivos/publicacao/assistencia_social/Normativas/PNAS2004.pdf. BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Política Nacional de saúde da pessoa com Deficiência http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_pessoa_com_deficiencia.pdf BRASIL. Presidência da República. Decreto nº 6.949, de 25 de agosto de 2009. Promulga a Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e seu Protocolo Facultativo, assinados em Nova York, em 30 de março de 2007. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 ago. 2009, Seção 1, Página 3 (Publicação Original). BRASIL. Decreto n.º 7.612, de 17 de novembro de 2011. Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Plano Viver sem limite. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 18 nov. 2011, Seção 1, Página 12 (Publicação Original). BRASIL. Lei n.º 12.764, de 27 de dezembro de 2012. Institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista e altera o § 3o do art. 98 da Lei n.º 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 28 dez. 2012, Seção 1, Página 2 (Publicação Original). BRASIL. Congresso Nacional. Lei n. º 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 jun.2014, Seção 1, Página 1/7 (120-A, Edição Extra). BRASIL. Decreto no. 8.368, de 02 de dezembro de 2015. Regulamenta a Lei no. 12.764, de 27 de dezembro de 2012, que institui a Política de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 3 dez. 2014, Seção 1, Página 2 (Publicação Original). BRASIL. Presidência da República. Lei n.º 13.146, de 6 de julho de 2015. Institui a lei brasileira de inclusão da pessoa com deficiência (Estatuto da pessoa com deficiência). Diário Oficial da União, Brasília, DF, 7 jul. 2005, Seção 1, Página 2 (Publicação Original). BRASIL. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Diretoria de Políticas de Educação Especial. A consolidação da inclusão escolar no Brasil – 2003-2016. Brasília, DF. 2016.
 

Clique para consultar os requisitos para EDF0684

Clique para consultar o oferecimento para EDF0684

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP