Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Educação
 
Filosofia da Educ e Ciências da Educ
 
Disciplina: EDF0723 - Diversidades, Desigualdades e Educação: Aportes Teóricos e Estudos Contemporâneos
EDF0723 1 Diversity, inequality and education: theory and contemporary studies

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2012 Desativação: 31/12/2020

Objetivos
1. Buscar referências teóricas para pensar as diferenças – suas configurações, seus desafios e seus paradoxos;
2. Buscar referências teóricas para pensar as desigualdades – suas dinâmicas, modos de gestão, suas consequências identitárias;
3. Refletir sobre limites e condições de políticas mais plurais e inclusivas.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2197032 - Fabiana Augusta Alves Jardim
854563 - Flavia Ines Schilling
 
Programa Resumido
A disciplina tem por objetivo buscar referências teóricas para pensar o problema da norma e de seus outros: desvios, diferenças, deficiências, desigualdades, vulnerabilidades... Com o apoio de trabalhos que contribuam para evidenciar tanto os processos de produção da norma quanto os processos de normalização, procuraremos por referências capazes de iluminar as diferentes práticas presentes na sociedade atualmente para, ao examiná-las dessa maneira, refletirmos sobre os limites e as condições de políticas mais plurais e inclusivas.
No percurso da disciplina, conferimos atenção especial ao papel desempenhado pela educação escolar no que se refere às suas próprias normas e processos normalizadores e também no que se refere à experimentação de outras práticas, capazes de fazer frente aos imperativos da normalidade.
 
 
 
Programa
1. Desvio, diferenças, desigualdades: aportes teóricos
2. Figurações: as diferenças como constructos sociais
3. “Ciladas da diferença”: as diferenças em um mundo igualitário
4. “Políticas da diferença”: gestão de riscos
5. “Poéticas” da diferença: identidades, direitos
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, seminários, leituras orientadas.
Critério
Participação em aulas, registros de leituras, seminários, trabalhos e/ou provas.
Norma de Recuperação
Trabalho final de recuperação, de acordo com o calendário do semestre.
 
Bibliografia
     
1. ALVAREZ, Marcos César. Loucos, mulheres e menores. In: ______. Bacharéis, Criminologistas e Juristas. Saber jurídico e Nova escola Penal no Brasil. São Paulo: IBCCrim, 2003, p. 158-175.

2. BAUMAN, Zygmunt. Muitas culturas, uma humanidade?. In: BAUMAN, Z. Comunidade: a busca por segurança no mundo atual. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2003.

3. ______. A busca da ordem. In: ______. Modernidade e ambivalência. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1999, p. 9-. 26.

4. ______. A construção social da ambivalência. In: ______. Modernidade e ambivalência. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 1999, p. 62-84.

5. BECKER, Howard S. Outsiders: estudos de sociologia do desvio. Rio de Janeiro: Zahar Ed., 2008. Tradução: Maria Luiza X. de Borges.

6. BECK, Ulrich. Sociedade de risco: rumo a uma outra modernidade. São Paulo: Ed. 34, 2010. Tradução: Sebastião Nascimento.

7. CASTEL, Robert. A gestão dos riscos: da antipsiquiatria à pós-psicanálise. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1987. Tradução: Celina Luz.

8. CASTEL, Robert. As armadilhas da exclusão. In: Castel, R; Wanderley, L.E; Wanderley-Belfiore, M. Desigualdade e a questão social. São Paulo: EDUC, 1997.

9. ______. La inseguridad social: que es estar protegido? Buenos Aires: Ed. Manantial, 2006.

10. ______. A discriminação negativa: cidadãos ou autóctones? Petrópolis: Vozes, 2008.

11. COSTA, Jurandir Freire. Adultos e crianças. In: _____. Ordem médica e norma familiar. 4ª ed. Rio de Janeiro: Graal, 1999, p. 153-186.

12. DAVIS, L. J. Constructing normalcy: The bell curve, the novel, and the invention of the disabled body in the nineteenth century. In: DAVIS, L. J. (Ed). The disability studies reader. New York and London: Routledge, 1997, p. 9-28.

13. DONZELOT, Jacques. A polícia das famílias. 3ª ed. Rio de Janeiro: Graal, 2001. Tradução: M. T. da Costa Albuquerque.

14. DUBET, François. As desigualdades multiplicadas. Ijuí: Ed. Unijuí, 2003. Tradução: Sérgio Miola.

15. DUSCHATZKY, Silvia; SKLIAR, Carlos. O nome dos outros. Narrando a alteridade na cultura e na educação. In: LARROSA, Jorge; SKLIAR, Carlos. Habitantes de Babel. Políticas e poéticas da diferença. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

16. ELIAS, Norbert; SCOTSON, John L. Os estabelecidos e os Outsiders. Rio de Janeiro: Zahar Ed., 2000. Tradução: Vera Ribeiro.

17. FOUCAULT, Michel. Os anormais. Curso no Collège de France (1974-1975). São Paulo: Martins Fontes, 2002. Tradução: Eduardo Brandão.

18. ______. Em Defesa da Sociedade. Curso no Collège de France (1975-1976). São Paulo: Martins Fontes, 1999. Tradução: Maria E. Galvão.

19. GEPHART, Werner. The realm of normativity in Durkheim and Foucault. In: CLADIS, Mark S. (ed.) Durkheim and Foucault: perspectives on education and punishment. Oxford: Durkheim Press, 1999, p.59-103.

20. GIDDENS, Anthony. Conformity and Deviance. In: ______. Sociology. 2ª ed. rev. e up. Cambridge, 1994, p.115-159.

21. GREEN, Bill; BIGUM, Chris. Alienígenas na sala de aula. In: SILVA, Tomás Tadeu da (org.). Alienígenas na sala de aula. Uma introdução aos estudos culturais em educação. Petrópolis: Editora Vozes, 1995.

22. GUSMÃO, Neusa. Desafios da diversidade na escola. Revista Mediações. Londrina, vol.5, n.2,p.9-28, jul/dez.2000.

23. LARROSA, Jorge; SKLIAR, Carlos (orgs.) Habitantes de Babel: políticas e poéticas da diferença. Belo Horizonte: Autêntica, 2001. Tradução: Semíramis G. da Veiga.

24. LARROSA, Jorge; SKLIAR, Carlos. “Babilônios somos. A modo de apresentação”. In ______. (orgs.) Habitantes de Babel. Políticas e Poéticas da diferença. Belo Horizonte: Autêntica,2001.

25. LUPTON, Deborah. Risk and Governmentality. In: ______. Risk. Londres, Routledge, 1999, p.84-103.

26. MARQUES, Eduardo. Redes sociais, segregação e pobreza. São Paulo: Editora da UNESP/CEM, 2010.

27. MISKOLCI, Richard. Do desvio às diferenças. Teoria & Pesquisa, n.47, jul./dez. 2005, p.9-41.

28. O’MALLEY, Pat. Governmentality and Risk. In: ZINN, J. O. (ed.) Social Theories of Risk and Uncertainty: An Introduction. Hardcover. London: Wiley-Blackwell, 2008, p.52-75.

29. PASSOS, Izabel C. Friche (orgs.) Poder, normalização e violência. Incursões foucaultianas para a atualidade. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

30. PIERUCCI, Antônio Flávio. Ciladas da diferença. São Paulo: Editora 34/PPG em Sociologia, FFLCH/USP, 1999.

31. SILVA, Tomás Tadeu da. Identidade, diferença: impertinências. Educação e Sociedade, Dossiê Diferenças, Campinas, ano XXIII, n.79, agosto/2002.

32. SILVA, Tomás Tadeu da (org.). Alienígenas na sala de aula. Uma introdução aos estudos culturais em educação. Petrópolis, Editora Vozes, 1995.

33. SKLIAR, Carlos; LARROSA, Jorge (orgs.) Experiencia y alteridad en educación. Rosario: Homo Sapiens Ed., 2009.

34. SKLIAR, Carlos. Alteridades y pedagogías. “Y si el otro no estuviera ahí?. In: Educação e Sociedade – Dossiê ”Diferenças”. Revista Quadrimestral de Ciência da Educação. n.79, ano XXIII, agosto de 2002. Campinas, CEDES, UNICAMP, 2002.

35. SONTAG, Susan. Doença como metáfora, AIDS e suas metáforas. São Paulo: Companhia das Letras, 2007. Tradução: Paulo Figueiredo, Paulo Henrique Brito.

36. SOUZA, Regina Maria de; GALLO, Silvio. Por que matamos o barbeiro? Reflexões preliminares sobre a paradoxal exclusão do outro. In: Educação e Sociedade – Dossiê ”Diferenças”. Revista Quadrimestral de Ciência da Educação. n.79, ano XXIII, agosto de 2002. Campinas, CEDES, UNICAMP, 2002.

37. THERBORN, Göran. Os campos de extermínio da desigualdade. Novos estudos CEBRAP, n.87, julho, 2010, p.145-156.

38. VELHO, Gilberto (org.) Desvio e divergência: uma crítica da patologia social. 7ª ed. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1999.
 

Clique para consultar os requisitos para EDF0723

Clique para consultar o oferecimento para EDF0723

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP