Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Educação
 
Metodologia do Ensino e Ed Comparada
 
Disciplina: EDM0615 - Educação Matemática
EDM0615 3 Mathematical Education

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2012 Desativação:

Objetivos
11. Objetivos:
1. Identificar os principais elementos condicionantes dos diferentes currículos de matemática:
2- Identificar, e debater pressupostos teóricos que fundamentam os processos de aquisição dos conceitos matemáticos;
3- Identificar dentre as diversas concepções de matemática e do seu ensino elementos que orientem a prática docente.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
87202 - Manoel Oriosvaldo de Moura
2172271 - Maria do Carmo Santos Domite
1696002 - Vinicio de Macedo Santos
 
Programa Resumido
12. Ementa (programa resumido):

Nesta disciplina se propõe que o ensino de matemática seja tomado como uma das áreas de estudo que compõem a formação do futuro professor considerando, em princípio, a discussão atual sobre a aprendizagem da matemática em um contexto mais amplo denominado Educação Matemática.
Seu conteúdo está dirigido para o estudo das diversas concepções teóricas que possam fundamentar o entendimento dos processos envolvidos no ensino-aprendizagem de matemática.

 
 
 
Programa
13. Conteúdo(programa):

1. Natureza e objetivos gerais da educação matemática como área de conhecimento e suas implicações nos processos de ensino;
2. Diferentes concepções de matemática e de ensino de matemática e a prática de sala de aula;
3. Ensino de matemática e interdisciplinaridade;
4. A matemática como linguagem
5. A matemática como processo de conhecimento;
6. A análise crítica do desenvolvimento curricular na Educação Matemática;
7. Evolução dos conceitos na história da matemática e no indivíduo;
8. Tendências atuais em Educação matemática (Novas tecnologias, História da matemática, Resolução de problemas, etnomatemática, modelagem etc.) e suas contribuições/repercussões sobre os currículos e práticas pedagógicas no Ensino Fundamental e Médio.
9- Investigações relacionadas com o processo de aprendizagem da matemática.
10- A aula de matemática como espaço de interação e comunicação
 
 
 
Avaliação
     
Método
15. Métodos utilizados:
A disciplina será desenvolvida através de aulas expositivas, seminários, análise de textos, discussões, levantamento bibliográfico e trabalhos práticos.
Critério
16. Critérios de avaliação de aprendizagem:
A avaliação será contínua e levará em consideração todas as atividades desenvolvidas pelo aluno sob a orientação do professor (em classe ou não), trabalhos e provas.
Norma de Recuperação
17. Normas de recuperação (critérios de aprovação e épocas de realização das provas ou trabalhos):

 
Bibliografia
     
BICUDO, M. A . (org.) - "Educação Matemática"- São Paulo: pesquisa em movimento. Cortez Editora, 2004
BOYER, C. B. - "História da matemática", São Paulo, Edgard Blucher, EDUSP, 1974
BORBA, M. C. PENTEADO, M. G. Informática e Educação Matemática. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.
BRUN, Jean Didáctica da Matemáticas, Porto Alegre: Edit. Instituto Piaget, 2000
CARAÇA, B. J. - Conceito fundamentais da matemática. Lisboa, Ed. Bras. Monteiro, 1975
D'AMBROSIO, O. - Da realidade à ação: reflexões sobre educação matemática - Campinas, Summus, 1986.
DAVIS, J. P. e HERSH, R. - A experiência matemática, Rio de Janeiro, Francisco Alves, 1985
GOMÉZ-GRANELL, C. Linguagem matemática: símbolo e significado. Ana
Teberosky e Liliana Tolchinsky. Além da alfabetização. São Paulo. Ática, 1995.
HOGBEN, L. - El maravilhoso mundo de las matemáticas, Madrid, Aguilar, 1970.
PIAGET, J. e GARCIA R> - Psicogénesis e História de la Ciencia, Siglo Veintimo editores, 1982.
PIAGET e SZEMINSKA, A. - A gênese do número na criança. R. J. Zahar..
UNESCO - "Nuevas Tendencias em la ensenanza de la matemática" - volume IV - Comision Internacional de Educacion matemática - ICMI - Montevideo, 1979. - "Estudios em educacion matemátemática - coord, Robert Morris, Volume 2 - Montevideo, 1980.
IFRAH, G. História Universal dos Algarismos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1997
LERMAN, S. (Investigações: para Onde Vamos? In: Abrantes, P. et alii (orgs.). Investigar para aprender matemática. Lisboa: APM, 1996.
BOA VIDA, A. M.. Resolução de Problemas: Que Rumos para a Educação Matemática? In: Ponte, J. P. et alii (orgs.)Educação Matemática. Lisboa: Coleção temas de Investigação. 1992
PONTE, J. P. Concepções dos Professores de Formação. In: Ponte, J. P. et alii (orgs.) Educação Matemática, Lisboa: Coleção Temas de Investigação, 1992.
Gelsa Knijnik, Fernanda Wanderer e Claudio José de Oliveira. (2006). “Etnomatematica: Currículo e formação de professores”. (orgs) 2ªed. Porto Alegre: Edunisc.
GÓMEZ-GRANELL, Carmen. Rumo a uma epistemologia do conhecimento escolar: o caso da educação matemática. In: ARNAY, J. e RODRIGO, M.J.(org) Domínios do Conhecimento, prática educativa e formação de professores. Trad.: Claúdia Schilling. São Paulo: Editora Ática, 2002.
Mendonça-Domite, M.C.S. (1999). Resolução de problemas pede (re)formulação. In: “Investigações matemáticas na sala de aula e no currículo”. Orgs. Abrantes, P e outros. Lisboa: Associação dos Professores de Matemática-APM. (pp.15-34).
MIGUEL, A., MIORIM, M. A. História na Educação Matemática – Propostas e desafios. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.
MOURA, M. O. de (org.) A atividade Pedagógica na teoria histórico-cultural, Brasília, Liber Livro, 2010
SKOVSMOSE, O. Educação Matemática crítica: a questão da democracia. Campinas: Papirus, 2001
STRUIK, Dirk J. História concisa das matemáticas. Tradução de João Cosme Santos guerreiro. Lisboa: Gradiva, 1989.
 

Clique para consultar os requisitos para EDM0615

Clique para consultar o oferecimento para EDM0615

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP