Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Educação Física e Esporte
 
Esporte
 
Disciplina: EFE0435 - Jornalismo Esportivo
Sport Journalism

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2003 Desativação:

Objetivos
Geral do Curso:
· preparar profissionais para compreender o fenômeno Esporte, capacitando-os para atuar nos diferentes segmentos das organizações e grupos esportivos.

Geral da Disciplina:
· proporcionar aos alunos ampla capacidade de análise e reflexão sobre os desdobramentos do poder da mídia nos processos sociais na atualidade.
Específicos da Disciplina:
· Discutir o Esporte e a mídia enquanto instituições sócio-políticas;
· O discurso jornalístico e sua interferência no espetáculo esportivo;
· Viabilizar uma aproximação com as questões próprias do jornalismo, no que se refere à sua produção e veiculação;
· Aproximar o universo esportivo do jornalístico, demonstrando sua especificidade, distinguindo-o de outras formas do fazer jornalístico.



 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
462799 - Ary Jose Rocco Junior
 
Programa Resumido
Elementos do Esporte e do Jornalismo: conceitos de esporte e jornalismo, condições histórico-sociais do jornalismo esportivo no Brasil. Dimensões Sociológicas do Esporte e Jornalismo: perspectivas históricas do tema; o papel da mídia esportiva como poder expressivo e produtor de símbolos e mitos no esporte; cultura esportiva no contexto social através da mídia; estratégias de programação no jornalismo esportivo; o esporte, as formas sociais de envolvimento da mídia esportiva e o consumo de produtos jornalísticos - rádio, jornal e televisão; esporte, jornalismo e o poder político: relação entre política esportiva e jornalismo no âmbito nacional e internacional; ética, moral, política, ideologia e a indústria do jornalismo esportivo no Brasil, estratégias de pesquisa e ação no esporte e no jornalismo.
 
 
 
Programa
· Elementos do Esporte e do Jornalismo:
- condições histórico-sociais do "nascimento" do jornalismo esportivo no Brasil;
- conceitos de esporte e jornalismo

· Dimensões Sociológicas do Esporte e Jornalismo:
- perspectivas históricas do tema;
-análise do esporte e do jornalismo esportivo como instituições sociais;
- o papel da mídia esportiva como poder expressivo;

- cultura esportiva no contexto social através da mídia;
- o cenário esportivo como importante fenômeno social no processo de produção de símbolos e mitos no esporte;
- o consumo de produtos jornalísticos - rádio, jornal e tv;
- estratégias de programação no jornalismo esportivo: investimentos e lucratividades;
- perfis e características dos agentes participantes do jornalismo esportivo em função dos indicadores culturais pessoais;
- o esporte e as formas sociais de envolvimento da mídia esportiva.

· Dimensões Sócio-Políticas do Esporte e do Jornalismo Esportivo:

- esporte, jornalismo e o poder político: relação entre política esportiva e jornalismo no âmbito nacional e internacional;
- esporte e jornalismo enquanto representação de interesses políticos de grupos ou classes de sociedade;
- a indústria do jornalismo esportivo no Brasil;
- ética, moral, política e ideologia no esporte no jornalismo esportivo;
- estratégias de pesquisa e ação no esporte e no jornalismo.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Os itens do conteúdo serão desenvolvidos através de exposições, discussões, leituras, elaboração de relatórios de atividades semanais e trabalho teórico.
Critério
- relatórios : peso 03 - trabalho: peso 02 - atividade prática: peso 04 - conceito: peso 01
Norma de Recuperação
A disciplina oferecerá segunda avaliação obedecendo às datas estabelecidas no calendário USP.
 
Bibliografia
     
AUMONT, J. A imagem. Campinas, Papirus, 1995.
BARTHES, R. Mitologias. São Paulo, Defil, 1972.
BAUDRILLARD, J. A sociedade de consumo. Lisboa: Edições 70, 1991.
BORDIEU, P. Memória e Sociedade. Lisboa, Defel, 1989.
BOURDIEU, P. Como ser esportivo. In: Bourdieu, P. Questões de sociologia. Rio de Janeiro, Marco Zero, 1983.
BETTI, M. Violência em campo: dinheiro, mídia e transgressão às regras no futebol espetáculo. Ijuí, Ed. Unijuí, 1997.
BETTI, M. A janela de vidro: esporte, televisão e educação física. Campinas, Papirus, 1998.
CANEVACCI, M. Antropologia da comunicação visual. São Paulo, Brasiliense, 1990.
CAPARELLI, S. Televisão e capitalismo no Brasil. Porto Alegre, L & PM, 1983.
COHN, G. Comunicação e industria cultural: leituras e análise dos meios de comunicação na sociedade contemporânea e das manifestações da opinião pública, propaganda e " cultura de massa " nessa sociedade. São Paulo, Nacional/EDUSP, 1971.
DINES, A. O papel do jornal. 3a.ed. Rio de Janeiro, Artenova S/A, 1977.
ELIAS, N.; DUNNING, E. Deporte y ocio en el proceso de la civilización. México, D. F., Fondo de Cultura Económica, 1990.
ELIAS, N. O processo civilizador. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 1990.
ELLIOT, D. Jornalismo versus privacidade. Rio de Janeiro, Nórdica, l989.
FOUCAULT, M. Microfísica do poder. Rio de Janeiro, Edições Graal, 1988.
FREDERICO, M.E.B. História da comunicação - rádio e tv no Brasil. Petrópolis, Vozes, l982.
IANNI, O. A sociedade global. Rio de Janeiro, Civilização brasileira, 1997.
LODI, J.B. Lobby & holding: as bases do poder. 2ed. São Paulo, Pioneira, 1984.
LOIS, N.C.; CARVALHO, S. A imagem do profissional de educação física/esporte refletida nas novelas: um estudo de caso. Revista Brasileira de Comunicação, São Paulo, v.XX, n.1, p.113-24, jan-jun 1997.
LUHMANN, N. Poder. Pensamento político. Brasília, Ed. Universidade de Brasília, 1985.
MACINTOSCH, P.C. O desporto na sociedade. Lisboa, Prelo, 1975.
MARCONDES FILHO, C. Televisão: a vida pelo vídeo. São Paulo, Moderna, 1988.
MATTELART, A.M. O carnaval das imagens. São Paulo, Brasiliense, l989.
MEYER, P. A ética no jornalismo. Rio de Janeiro, Forense Universitária, l989.
MORIN, E. Cultura de massas no século XX. Rio de Janeiro, Forense Universitária, 1997.
NASCIMENTO, M.M. Opinião pública e revolução. São Paulo, EDUSP, 1989.
ORTRIWAND, G.S. A informação no rádio - os grupos de poder e a determinação dos conteúdos. São Paulo, Summus, 1985.
______________.( org.) Radiojornalismo no Brasil - dez estudos regionais. São Paulo, Com-Arte, l985.
PENTEADO, H. D. Televisão e escola: conflito ou cooperação? São Paulo, Cortez, 1991.
PORCHAT, M.E. Manual de jornalismo ( Jovem Pan ). São Paulo, Ática, 1989.
RADO, E. Estrutura de la información. Barcelona, Mitre, l985.
RAMOS, R. Futebol: ideologia do poder. Petrópolis, Vozes, 1984.
REBOUL, O. A doutrinação. São Paulo, Ed. Melhoramentos e EDUSP. l980.
REQUENA, J. G. El discurso televisivo: espetáculo de la postmodernidad. Madrid, Cátedra, 1992.
TAMBUCCI, P. L.; Oliveira, J. G. M.; Coelho Sobrinho, J. Esporte e Jornalismo. São Paulo, CEPEUSP, 1997.
VILCHES, L. La lectura de la imagem: prensa, livre, televisão. Barcelona, Paidós, l983.
XIFRA-HERAS, J. A informação - análise de uma liberdade frustrada. São Paulo, Lux/EDUSP, l982.
 

Clique para consultar os requisitos para EFE0435

Clique para consultar o oferecimento para EFE0435

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2021 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP