Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Educação Física e Esporte
 
Pedag do Mov do Corpo Humano
 
Disciplina: EFP0481 - Educação Física Adaptada II
Adapted Physical Education II

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2013 Desativação:

Objetivos
Pretende-se que o aluno esteja apto a:
Conhecer o sistema de classificação das deficiências;
Conhecer as deficiências sensoriais, cognitivas e múltiplas no que se refere às características e necessidades de cada população com a respectiva disfunção ou doença;
Conhecer e utilizar a Classificação Internacional de Funcionalidade e Saúde (CIF);
Estabelecer parâmetros para a formalização de um programa de Educação física Adaptada;
Examinar os procedimentos e os cuidados especiais a serem observados na prática da Educação Física Adaptada às pessoas com deficiência sensorial, cognitiva, múltipla e outros distúrbios de saúde;
Atualizar-se cientificamente em relação às melhores evidências sobre atividade física para pessoas com deficiência sensorial, cognitiva, múltipla e outros distúrbios de saúde e utilizar este conhecimento na intervenção prática;
Ser capaz de atuar em uma equipe multidisciplinar de forma integrada e participativa, bem como estar apto à troca de experiência à luz da sua perspectiva profissional.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
5575773 - Camila Torriani Pasin
 
Programa Resumido
A Classificação Internacional de Funcionalidade e Saúde.
Classificação das deficiências e utilização didática.
Características e necessidades das pessoas com deficiências sensoriais (auditiva, visual), cognitivas (mental) e múltiplas.
Características e necessidades de pessoas com outros distúrbios de saúde como distúrbios respiratórios, cardíacos, reumatológicos, metabólicos e outras populações com necessidades especiais.
Identificação das principais características de cada população estudada e suas implicações para a elaboração e implantação de programas de educação física adaptados.
Evidências Científicas sobre efeitos da atividade física nas deficiências sensoriais (auditiva, visual), cognitivas (mental), múltiplas e outros distúrbios de saúde.
 
 
 
Programa
1. Deficiência Mental:
1.1. Conceito e classificação
1.2. Etiologia
1.2.1. Fatores pré-natais
1.2.2. Fatores peri-natais
1.2.3. Fatores pós-natais
1.3. Características, níveis de desenvolvimento e implicações educativas
1.3.1. Síndrome de Down
1.3.2. Autismo
1.4. Aprendizagem motora e deficiência mental
1.5. Atividade física adaptada a pessoas com deficiência mental
1.5.1. Objetivos e conteúdos
1.5.2. Atividades
1.5.3. Metodologia
1.5.4. Avaliação
1.5.5. Treino e atividade desportiva para pessoas com deficiência mental

2. Deficiência Auditiva
2.1. Conceito e classificação
2.2. Níveis de desenvolvimento e implicações educativas
2.3. Atividade Física Adaptada e Deficiência Auditiva
2.3.1. Objetivos e conteúdos
2.3.2. Atividades
2.3.3. Metodologia
2.3.4. Avaliação

3. Deficiência Visual
3.1. Conceito e classificação
3.2. Níveis de desenvolvimento e implicações educativas
3.3. Atividade Física Adaptada e Deficiência Visual
3.3.1. Objetivos e conteúdos
3.3.2. Atividades
3.3.3. Metodologia
3.3.4. Avaliação

4. Distúrbios respiratórios
4.1. Conceito e classificação -
4.2. Instrumentos de avaliação para asma e doenças pulmonares obstrutivas crônicas (DPOC)
4.3. Atividade Física Adaptada e pessoas com doenças respiratórias
4.3.1. Objetivos e conteúdos
4.3.2. Atividades
4.3.3. Metodologia
4.3.4. Avaliação

5. Distúrbios cardíacos
5.1. Conceito e classificação
5.2. Instrumentos de avaliação
5.3. Atividade Física Adaptada e pessoas com doenças cardíacas
5.3.1. Objetivos e conteúdos
5.3.2. Atividades
5.3.3. Metodologia
5.3.4. Avaliação

6. Distúrbios reumatológicos
6.1. Conceito e classificação
6.2. Instrumentos de avaliação
6.3. Atividade Física Adaptada e pessoas com doenças reumatológicas (artrose, artrite reumatóide, fibromialgia)
6.3.1. Objetivos e conteúdos
6.3.2. Atividades
6.3.3. Metodologia
6.3.4. Avaliação

7. Distúrbios Metabólicos
7.1. Conceito e classificação da obesidade
7.2. Instrumentos de avaliação
7.3. Atividade Física Adaptada e pessoas obesas
7.3.1. Objetivos e conteúdos
7.3.2. Atividades
7.3.3. Metodologia
7.3.4. Avaliação

8. Visitas técnicas agendadas conforme a demanda e disponibilidade dos centros educacionais e de reabilitação especializados nas populações estudadas: Lar Escola São Francisco, AACD, Fundação Padre Chico, Acreditando, Associação Brasil Parkinson, Derdic, Instituto São Paulo.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas teóricas, aulas teórico-práticas, recomendações de leitura e elaboração de tarefas.
Critério
Apresentação e análise crítica de artigo científico; Apresentação e realização de plano de aula para população específica; Entrega de relatórios relativos às leituras solicitadas; Visitas técnicas aos Centros Educacionais e de Reabilitação especializados nas populações estudadas.
Norma de Recuperação
Prova escrita.
 
Bibliografia
     
Bibliografia Básica:
1. ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE, CIF: Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde [Centro Colaborador da Organização Mundial da Saúde para a Família de Classificações Internacionais, org.; coordenação da tradução Cassia Maria Buchalla]. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo – EDUSP; 2003.
2. GORGATTI, M. G.; COSTA, R. F., Atividade Física Adaptada. Márcia Greguol Gorgatti, Roberto Fernandes Costa, organizadores, Barueri, SP, Manole, 2005.
3. GORLA, J. I. (Org), Educação Física Adaptada: O Passo a Passo da Avaliação. São Paulo, Ed. Phorte, 2008.
4. MAUERBERG DE CASTRO, E. Atividade Física Adaptada. Ed. Tecmedd, 2005.
5. SHERRIL, C. Adapted Physical Activity, Recreation and Sport. Crossdisciplinary and Lifespan, 5th ed. Dubuque, McGraw-Hill., 1998.
6. WINNICK, J. P. Educação Física e Esportes Adaptados. 1a Ed., São Paulo, Manole, 2004
7. DUARTE, E.; LIMA, S. M. T., Atividade Física para Pessoas com Necessidades Especiais: Experiências e Intervenções Pedagógicas. Rio de Janeiro, uanabara Koogan, 104 p, 2003.
8. EICHSTAEDT, C. B. & LAVAY, B. W., Physical Activity for Individuals with Mental Retardation: Infancy Througt Adulthood. Human Kinetics, Champaign, Illinois, 1992.
9. GORLA, J. I. e ARAUJO, P. F., Avaliação em Educação Física Adpatada: O Teste KTK para Deficientes Mentais. São Paulo, Ed. Phorte, 2007.


Bibliografia Complementar:
1. EMES, CLAUDIA Practicum in adapted physical activity. Imprenta Champaign, Ill: Human Kinetics, 2005.
2. KASSER, SUSAN L. Inclusive physical activity: a lifetime of opportunities. Imprenta Champaign, Ill : Human Kinetics, 2005.
3. ADAMS, C. R. et al. Jogos, esportes e exercícios para o deficiente físico. São Paulo, Editora Manole, 1987.
4. ANAIS do 3o Simpósio Paulista de Educação Física Adaptada, 1990.
5. ANAIS do 4o Simpósio Paulista de Educação Física Adaptada, 1992.
6. ANAIS do 4o Simpósio Paulista de Educação Física Adaptada, 1994.
7. OLIMPÍADAS ESPECIAIS. Atividades motoras - Programa de Treinamento. SEDES/PR, Departamento dos desportos das pessoas portadoras de Deficiências, 1990.
8. SOUZA, P. A. O esporte na paraplegia e na tetraplegia. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 1994.
9. WINNICK, J. P. & SHORT, F. X. Physical fitness testing of the disabled - Project UNIQUE. Illinois, Human Kinetics Publishers, 1985.
10. WINNICK, J. P. & SHORT, F. X., Testes de Aptidão Física para Jovens com Necessidades Especiais. 3a ed., São Paulo, Manole, 2001.
11. WINNICK, J. P. & SHORT, F. X. Physical fitness testing of the disabled - Project UNIQUE. Illinois, Human Kinetics Publishers, 1985.
12. SHERRIL, C. The olympic scientific congress proceedings - vol 9 - Illinois, Human Kinetics Publishers, 1986.
13. SHERRIL, C. Adapted physical education and recreation - a multidisciplinary Approach. Dubuque, Wm. C. Brown Publishers, 1986.
14. BEVILÁQUA, M. C. A criança deficiente auditiva e a escola. São Paulo, Editora CLR Balieiro, 1987.
15. JOHNSON, et al.. Educação de excepcionais - Volumes 1, 2 e 3. Rio de Janeiro, Editora Globo, 1982.
16. TELFORD, C. W. & SAWREY, J. M. O indivíduo excepcional. Rio de Janeiro, Zahar Editores (tradução), 1978.
 

Clique para consultar os requisitos para EFP0481

Clique para consultar o oferecimento para EFP0481

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP