Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
 
Enfermagem Geral e Especializada
 
Disciplina: ERG0114 - Anatomia
Human Anatomy

Créditos Aula: 7
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 105 h
Tipo: Anual
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
Que o aluno seja capaz de identificar elementos para o aprimoramento do conhecimento estrutural e morfo-funcional dos sistemas que compreendem o corpo humano.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3153768 - Angelita Maria Stabile
 
Programa Resumido
Nessa disciplina serão abordados conceitos básicos que permeiam a compreensão dos diferentes sistemas do corpo humano, promovendo o entendimento dos meios propedêuticos necessários para o desenvolvimento de competências para as intervenções de enfermagem.
 
 
 
Programa
Saberes Cognitivos: 1. INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA 1.1 Terminologia anatômica 1.2 Posição anatômica 1.3 Conceitos de normalidade, variação anatômica e anomalia 1.4 Planos e eixos do corpo humano 1.5 Termos de posição e direção 1.6 Princípios gerais da construção do corpo 2. SISTEMA ESQUELÉTICO 2.1 Conceito, divisões e funções do esqueleto 2.2 Número e classificação morfológica dos ossos 2.3 Anatomia de superfície do sistema esquelético e suas implicações para a realização do exame físico. 3. SISTEMA MUSCULAR 3.1 Conceito de músculo 3.2 Componentes anatômicos do músculo estriado esquelético 3.3 Classificação e identificação dos principais músculos do corpo 3.4 Músculos utilizados pelo enfermeiro para administração de medicamentos injetáveis 4. SISTEMA ARTICULAR 4.1 Conceito e classificação das articulações 4.2 Principais movimentos realizados pelo corpo 4.3 Identificação das estruturas pertencentes às articulações 5. SISTEMA NERVOSO 5.1 Conceito e divisão anatômica e funcional 5.2 Meninges e líquor 5.3 Estrutura geral do encéfalo: cerebelo, tronco encefálico, diencéfalo e cérebro 5.4 Estrutura geral da medula espinhal 5.5 Sistema nervoso periférico: nervos cranianos, nervos espinhais e plexos nervosos 5.6 Estrutura da parte simpática do sistema nervoso autônomo 5.7 Estrutura da parte parassimpática do sistema nervoso autônomo. 6. SISTEMA CIRCULATÓRIO 6.1 Conceito e organização 6.2 Estudo da morfologia do coração e vasos da base 6.3 Grande e pequena circulação 6.4 Principais vasos sanguíneos 6.5 Principais locais de palpação de pulsos arteriais 6.6 Principais vasos utilizados para administração de medicamentos e coleta de sangue. 6.7 Pulsos periféricos 6.8 Sistema linfático 7. SISTEMA RESPIRATÓRIO 7.1 Conceito e organização 7.2 Morfologia das vias aéreas superiores e inferiores 7.3 Estudos da morfologia dos órgãos que compõe o sistema respiratório 7.4 Implicações para o cuidado de enfermagem 8. SISTEMA DIGESTÓRIO 8.1 Conceito e organização 8.2 Divisão anatômica: partes supra e infra-diafragmática 8.3 Morfologia dos órgãos que compõem este sistema 8.4 Implicações para o cuidado de enfermagem 9. SISTEMA URINÁRIO 9.1 Conceito e organização 9.2 Morfologia dos rins, ureteres, bexiga urinária e uretra 9.3 Implicações para o cuidado de enfermagem 10. SISTEMA REPRODUTOR 10.1 Conceito e organização do sistema reprodutor feminino e masculino 10.2 Morfologia dos órgãos que compõem estes sistemas 10.3 Implicações para o cuidado de enfermagem 10.4 Locais de administração de medicamentos e pelas vias subcutâneas 11. SISTEMA TEGUMENTAR 11.1 Conceito e organização 11.2 Pele e suas subdivisões 11.3 Estruturas anexas 12. SISTEMA ENDÓCRINO 12.1 Conceito e organização 12.2 Principais glândulas que compõem o sistema endócrino Saberes Procedimentais: - Manuseio adequado de peças cadavéricas. - Como utilizar um atlas de anatomia. Saberes Atitudinais: - Respeito ao cadáver. - Trajar-se adequadamente para as aulas práticas nos laboratórios. Método de Ensino: 1. Aulas expositivas dialogadas 2. Aulas práticas com peças cadavéricas e artificiais
 
 
 
Avaliação
     
Método
As avaliações teóricas e práticas serão realizadas ao final de cada bloco teórico-prático (total de quatro blocos), totalizando oito avaliações (quatro teóricas e quatro práticas).
Critério
Para cada um dos quatro blocos teórico-práticos será calculada a média aritmética das notas obtidas na avaliação teórica e na avaliação prática, assim, ao término da disciplina, o aluno obterá quatro notas referentes aos quatro blocos teórico-práticos. A nota final na disciplina será composta pela média aritmética das notas obtidas em cada um dos quatro blocos teórico-práticos. Para a aprovação do aluno serão considerados dois requisitos: frequência maior ou igual a 70% nas atividades programadas e a nota final na disciplina com valor maior ou igual a 5,0 (cinco). O aluno que obtiver nota final na disciplina menor do que 3,0 (três) e/ou que tiver frequência abaixo de 70% estará reprovado sem direito a recuperação.
Norma de Recuperação
De acordo com o período estipulado no calendário escolar, o aluno que obtiver nota final da disciplina menor que 5,0 (cinco) e maior ou igual a 3,0 (três) e frequência maior ou igual a 70% poderá se submeter a uma prova de recuperação teórica e uma prática que versarão sobre todo o conteúdo programático da disciplina. A nota da recuperação será calculada pela média aritmética das notas obtidas na prova de recuperação teórica e na prova de recuperação prática a qual será cadastrada como nota final.
 
Bibliografia
     
DÂNGELO, JG. e FATTINI, GA. - Anatomia Humana, Artmed, 3º edição, 2003. SPENCE AP. Anatomia Humana Básica. São Paulo, Manole, 2º ed, 1991. NETTER, FH. Atlas de Anatomia Humana, ARTMED, 5º ed, 2011. VAN DE GRAAFF, K. Anatomia Humana, Manole, 6º ed, 2004. SOBOTTA, J. Atlas de Anatomia Humana, Guanabara-Koogan, 23º ed, 2013. TORTORA GJ. Princípios de anatomia humana. 12ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013.
 

Clique para consultar os requisitos para ERG0114

Clique para consultar o oferecimento para ERG0114

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2022 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP