Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 

Júpiter - Sistema de Gestão Acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação


Faculdade de Ciências Farmacêuticas
 
Farmácia
 
Disciplina: FBF0336 - Planejamento de Fármacos
Drug Design

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 30 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2015 Desativação:

Objetivos
Fornecer aos alunos conhecimentos teórico-práticos sobre os aspectos estruturais da ação de fármacos e processos de planejamento com vistas à compreensão da introdução de novos fármacos na terapêutica.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
43287 - Elizabeth Igne Ferreira
 
Programa Resumido
Introdução ao planejamento de fármacos; Mecanismos de ação de fármacos; Interações entre fármacos e receptores; Estratégias na busca por compostos-líderes; Metabolismo de fármacos; Modificação molecular de fármacos; Latenciação; Bioisosterismo; Propriedades físico-químicas e atividade biológica; Modelagem molecular.
 
 
 
Programa
1. Introdução ao planejamento de fármacos
2. Mecanismos de ação de fármacos
3. Interações entre fármacos e receptores
4. Estratégias na busca por compostos-líderes
5. Metabolismo de fármacos
6. Modificação molecular de fármacos
7. Latenciação
8. Bioisosterismo
9. Propriedades físico-químicas e atividade biológica
10. Modelagem molecular

Teórico:
Tópicos 1 a 10

Prático:
Tópicos 9-10
 
 
 
Avaliação
     
Método
1) Método de Ensino:
aulas teóricas expositivas, exercícios e seminários

2) Método de Avaliação:
As aulas serão expositivas, com aplicação de exercícios em alguns tópicos e aulas práticas sobre ferramentas computacionais básicas de planejamento de fármacos. Os, em grupos, deverão elaborar projetos de planejamento.
Critério
A média final será assim definida: [(P1 + P2 + P3) x 0,7] + (P x 0,2) + (E x 0,05) + (R x 0,05);
P1 = nota da prova 1; P2 = nota da prova 2; P3 = nota da prova 3; R = nota do relatório de práticas; P = nota de projeto; E = nota da lista de exercícios. Haverá uma prova substitutiva, ao final do curso, destinada a alunos que tiverem impedimento, comprovado por documento específico, ou para aqueles que desejarem substituir a nota mais baixa.
Norma de Recuperação
Os alunos com frequência mínima de 70% e nota média de 3,0 a 4,9 poderão fazer uma prova escrita sobre o conteúdo, no inicio do semestre seguinte ao do oferecimento da disciplina.
Prova de recuperação: nota mínima 5,0, com matéria integral da disciplina.
 
Bibliografia
     
BÁSICA:
ABRAHAM, D. J. ; ROTELLA, D. P.(Eds.). Burger´s medicinal chemistry, drug discovery and development. 7 ed. Hoboken: Wiley, 2010. 8 volumes.
BARREIRO, E. J., FRAGA, C. A. M. Química medicinal: As bases moleculares da ação dos fármacos. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, 2008. 536p.
LEMKE, T. L.; WILLIAMS, D. A. (Eds.). Foye´s principles of medicinal chemistry. 6 ed. Philadelphia : Lippincott Williams & Wilkins, 2012. 1520p.
MONTANARI, C. A. (Org.) Química Medicinal: Métodos e fundamentos em planejamento de fármacos. 1. ed. São Paulo: EDUSP, 2011. 720p.
PATRICK, G. L. An introduction to medicinal chemistry, 4 ed. Oxford: Oxford University Press, 2013. 816p.
TAYLOR, J. B.; TRIGGLE, D. J. (Eds.). Comprehensive medicinal chemistry II. 2 ed. Amsterdam: Elsevier, 2007. 8 volumes.
THOMAS, G. Química medicinal: uma introdução. Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, 2003.
WERMUTH, C.G. (Ed.).The practice of medicinal chemistry. 3 ed. London: Academic Press, 2008. 942p.

COMPLEMENTAR:
Journal of Medicinal Chemistry, Annual Reports in Medicinal Chemistry, European Journal of Medicinal Chemistry, Bioorganic & Medicinal Chemistry, Bioorganic & Medicinal Chemistry Letters, Drug Design and Discovery, Drug Design Today, entre outros.
 

Clique para consultar os requisitos para FBF0336

Clique para consultar o oferecimento para FBF0336

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP