Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Ciências Farmacêuticas
 
Farmácia
 
Disciplina: FBF0342 - Desenvolvimento Farmacotécnico
Pharmaceutical development

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 45 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2015 Desativação:

Objetivos
Capacitar o aluno para o desenvolvimento, preparo, acondicionamento e estabilidade das principais formas farmacêuticas na farmácia, em escala laboratorial. Para tanto, o enfoque da disciplina é essencialmente prático, colocando o aluno em contato com as principais técnicas de preparo e matérias-primas empregadas na manipulação farmacêutica.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
205252 - Cristina Helena dos Reis Serra
93186 - Humberto Gomes Ferraz
51672 - Vladi Olga Consigliere de Matta
 
Programa Resumido
Formas Farmacêuticas líquidas, Formas Farmacêuticas semi-sólidas, Formas Farmacêuticas sólidas e Boas práticas de manipulação.
 
 
 
Programa
Teórico:
1. Formas Farmacêuticas líquidas.
2. Formas Farmacêuticas semi-sólidas.
3. Formas Farmacêuticas sólidas.
4. Boas práticas de manipulação.

Prático:
1. Formas Farmacêuticas líquidas.
2. Formas Farmacêuticas semi-sólidas.
3. Formas Farmacêuticas sólidas.
 
 
 
Avaliação
     
Método
1) Método de Ensino:
A disciplina é ministrada, fundamentalmente, sob a forma de aulas práticas. Os trabalhos práticos são enfocados na forma de projetos a serem desenvolvidos pelos alunos nos quais conteúdos teóricos anteriormente apresentados na disciplina de Farmacotécnica FBF 0341 e resultantes de pesquisas e estudos realizados servirão como base para construção do conhecimento prático de Farmacotécnica. Serão estudadas as características de cada preparação quanto à formulação, matérias-primas, técnicas de preparo e estabilidade. Cálculos e exercícios também serão efetuados. A avaliação do aluno estará baseada nos resultados práticos e nas conclusões alcançadas. Os resultados são apresentados sob a forma de seminários nos quais os alunos discutem seus resultados com os colegas.

2) Método de Avaliação:
O aluno é avaliado ao longo do desenvolvimento de seus trabalhos na disciplina e no final do semestre mediante a apresentação formal do projeto.
Critério
Serão considerados na avaliação os seguintes aspectos: qualidade da proposta para desenvolvimento; comprometimento com o desenvolvimento do projeto; desempenho no laboratório; apresentação e conteúdo do projeto desenvolvido.
Será aprovado o aluno que obtiver nota média superior ou igual a 5,0 e frequência mínima de 70%.
Norma de Recuperação
em virtude das características de desenvolvimento dos trabalhos e da avaliação que é realizada de forma contínua durante todo o semestre, não é possível aplicar recuperação.
 
Bibliografia
     
BÁSICA:
ALLEN, L.V., POPOVICH, N. G., ANSEL, H. C. 8 ed. Formas farmacêuticas e sistema de liberação de fármacos. Sede São Paulo: Artmed, 2007. 775p.
ANSEL. H. C., STOKLOSA, M. J. 12 ed. Cálculos Farmacêuticos. São Paulo: Artmed, 2008. 451 p.
AULTON, M. E. Delineamento de formas farmacêuticas. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, 2005. 677 p.
LACHMAN, N.L., LIEBERMAN, H. A., KANING, I.L. Teoria e prática na indústria farmacêutica. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 2001.
PRISTA, L.N. & LAVES, A.C. Técnica farmacêutica e farmácia galênica. 5 ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1995.
REMINGTON'S pharmaceutical sciences. 21 ed. Easton: Mack, 2005.
THOMPSON, J. E. A prática farmacêutica na manipulação de medicamentos. Porto Alegre: Artmed, 2006. 575 p.

COMPLEMENTAR:
BANKER, G. S., RHODES, C. T. Modern Pharmaceutics. 3 ed. New York: Marcel Dekker, 1996. 943p.
CARSTENSEN, J. T. (Ed.) Advanced pharmaceutical solids. New York: Marcel Dekker, c.2001.
DICIONÁRIO de especialidades farmacêuticas. São Paulo: Editora de publicações científicas, 2011/2012
FARMACOPEIA Brasileira. 5 ed. Brasília: ANVISA, 2011. Acessível em http://www.anvisa.gov.br/farmacopeiabrasileira/index.htm
MARTINDALE the extra pharmacopeia. 38 ed. London: Pharmaceutical Press, 2007
MERCK index. 19 ed. Rahway: Merck & Co., 2007.
NAE, A., NELLER, P. J. Handbook of pharmaceutical excipients. 2 ed. London: Pharmaceutical press, 1994
UNITED States Pharmacopeia. 35 ed. Rockville, United States Pharmacopeial Convention, 2011.
 

Clique para consultar os requisitos para FBF0342

Clique para consultar o oferecimento para FBF0342

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP