Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Antropologia
 
Disciplina: FLA0384 - Antropologia e Música
Anthropology and music

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2013 Desativação:

Objetivos
A disciplina tem como objetivo discutir abordagens de universos musicais a partir das ciências humanas, em especial da antropologia. Serão discutidas diferentes possibilidades analíticas a partir de escutas e da leitura de monografias, ensaios e artigos sobre práticas musicais em diferentes contextos, desde aldeias amazônicas até as salas de concerto metropolitanas.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1939750 - Rose Satiko Gitirana Hikiji
 
Programa Resumido
Os estudos sobre a música constituem um campo vasto, mas pouco discutido no currículo dos antropólogos e cientistas sociais. Na formação dos músicos, por sua vez, as dimensões antropológicas e sociológicas da prática musical são pouco debatidas. A disciplina pretende discutir e promover aproximações entre estes campos de saber.
 
 
 
Programa
Antropologia da música, antropologia musical, etnomusicologia: conceitos e metodologias. Etnografia da performance musical. Estudos de caso em etnomusicologia (música indígena e aborígene; músicas do Brasil; música sinfônica).
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas teóricas; Aulas práticas; Seminários; Audições musicais; Discussões de filmes etnográficos e documentários.
Critério
Leitura obrigatória dos textos básicos de cada aula; participação nos debates e seminários; realização das provas.
Norma de Recuperação
Prova e entrevista
 
Bibliografia
     
BLACKING, John. How musical is man?. Seattle and London, University of Washington Press, 1974.
BLACKING, John. Music, culture & experience. Chicago, University of Chicago Press, 1995.
CASTRO, Marcos Câmara de. Os estilhaços da orquestra: Resenha do livro L’orchestre dans tous ses éclats: ethnographie des formations symphoniques, de Bernard Lehmann. Opus, Goiânia, v. 15, n. 1, p. 23-36, jun. 2009.

DENORA, Tia. Beethoven and the construction of genius. Los Angeles, University of California Press, 1995
DIAS, Márcia T. Os Donos da Voz. São Paulo: Ed. Boitempo, 2000.
ELIAS, Norbert. Mozart: sociología de un genio. Barcelona, Ediciones 62 S.A., 1991
FELD, Steve. Sound and sentiment. Birds, weeping, poetics, and song in Kaluli expression. Filadélfia, University of Pennsylvania Press, 1982.
GARCIA, Walter. Sobre uma cena de "Fim de semana no Parque", do Racionais MC's. Estud. av. [online]. 2011, vol.25, n.71, pp. 221-235. ISSN 0103-4014. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40142011000100015.
GUÉRIOS, Paulo Renato. Heitor Villa-Lobos: o caminho sinuoso da predestinação. Rio de Janeiro, FGV, 2003
HIKIJI, Rose. A música e o risco. Etnografia da performance de crianças e jovens. São Paulo, EDUSP, 2006.
LEHMANN, Bernard. “L'envers de l'harmonie”, in Actes de la recherche en sciences sociales, Année 1995, Volume 110, Numéro 1 p. 3 – 21
LUCAS, Elizabeth. Música e Sociedade. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, v. 5, n. 11, p. 7-10, 1999.
LEVI-STRAUSS, Claude. "Boléro de Maurice Ravel", in L'Homme, vol.11(2), [1971], pp. 5-14.
LÉVI-STRAUSS, Claude. O cru e o cozido. São Paulo, Brasiliense, 1991.
LÉVI-STRAUSS, Claude. Olhar escutar ler. São Paulo, Companhia das Letras, 1997.
LÉVI-STRAUSS, Claude. O homem nu. São Paulo, CosacNaify, 2011.
MATOS, TRAVASSOS & MEDEIROS. Palavra cantada: ensaios sobre poesia, musica e voz. RJ, Zahar, 2008.
MENESES BASTOS, Rafael de. A Festa da Jaguatirica: Uma Partitura Crítico-Interpretativa. Tese de Doutorado em Antropologia, Universidade de São Paulo, 1990.
MENESES BASTOS, Rafael de. A Musicológica Kamayurá. Brasília: FUNAI, 1978.
MERRIAM, Alan P. Ethnomusicology. “Discussion and definiton of the field”. In SHELEMAY, Kay Kaufman (ed.). Ethnomusicology. History, definitions, and scope. Nova Iorque, Garland Publishing, Inc., 1992.
MERRIAM, Alan P. The Anthropology of music. Evanston, Illinois, Northwestern University Press, 1997.
MONTARDO, Deise Lucy O. Através do Mbaraka: Música, dança e xamanismo guarani. São Paulo: Edusp, 2009
MORELLI, Rita. Indústria Fonográfica: um estudo antropológico. Campinas: Editora da UNICAMP, 1991.
NETTL, Bruno. The study of ethnomusicology. Thirty-one Issues and Concepts. Urbana, University of Illinois Press, 1983.
OLIVEIRA PINTO, Tiago de. Etnomusicologia: da música brasileira à música mundial. In REVISTA USP, São Paulo, n.77, p. 6 -11, março/maio 2008
OLIVEIRA PINTO, Tiago de. “Som e música: questões de uma antropologia sonora”. In Revista de Antropologia. São Paulo, USP, v. 44, n.1, 2001.
RUIZ, Irma. Aborigen, sudamericana y transgresora: la ingeniosa flauta de Pan de las mujeres mbya-guaraní. Revista Transcultural de Musica, vol 15, 2011. Buenos Aires: Conicet.
SALLES, Pedro Paulo. “Adjuronà: percursos simbólicos da trompa Karajá”. Revista dos Anais do V Encontro Nacional da Associação Brasileira de Etnomusicologia-ABET, vol. V, p. 563-575, 2011.
SANDRONI, C. . Feitiço decente: transformações do samba no Rio de Janeiro, 1917-33. 1. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2001.
SEEGER, Antony. “Novos Horizontes na Classificação dos Instrumentos Musicais”. In:RIBEIRO, Berta. (Coord.) Arte Índia – Suma Etnológica Brasileira – Vol 3. Petrópolis: Vozes/FINEP/Darcy Ribeiro, 1986.
SEEGER, Anthony. “Ethnography of music”. In MYERS, Helen. Ethnomusicology. An introduction. Londres, The MacMillan Press, 1992.
SEEGER, Anthony. Nature and society in central Brazil. The Suya indians of Mato Grosso. Cambridge, Harvard University Press, 1981.
SEEGER, Anthony. Os índios e nós. Estudos sobre sociedades tribais brasileiras. Rio de Janeiro, Editora Campus, 1980.
SEEGER, Anthony. Why Suyá sing. A musical anthropology of an Amazonian people. Cambrige, Cambridge University Press, 1987.
TONI, Flávia Camargo. A Missão de Pesquisas Folclóricas do Departamento de Cultura. São Paulo: Centro Cultural São Paulo, 1985.
TONI, Flávia C. Me fiz brasileiro para o Brasil. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, número 30, de 2002P. 75-91
TRAVASSOS, Elizabeth. Os mandarins milagrosos: arte e etnografia em Mário de Andrade e Béla Bartók. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.
TRAVASSOS, Elizabeth. Mário e o folklore. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, número 30, de 2002P. 92-110
WEBER, Max. Os fundamentos racionais e sociológicos da música. São Paulo, Edusp, 1995.
WISNIK, José Miguel. O som e o sentido. Uma outra história das músicas. São Paulo, Companhia das Letras, 1999.
 

Clique para consultar os requisitos para FLA0384

Clique para consultar o oferecimento para FLA0384

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP