Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Antropologia
 
Disciplina: FLA0394 - Introdução ao estudo das artes verbais
Introduction to the study of the verbal arts

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2016 Desativação:

Objetivos
A disciplina tratará de um tema pouco estudado na Universidade de São Paulo e de interesse central para pesquisas em etnologia, linguística e teoria literária. A bibliografia privilegiará itens traduzidos para o português.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2198502 - Pedro de Niemeyer Cesarino
 
Programa Resumido
O curso pretende oferecer uma introdução ao estudo das artes verbais, com potencial ênfase na etnologia americanista. Serão abordados aspectos diversos relacionados ao assunto tais como as relações entre escrita e oralidade, os processos e conceitos de tradução, as relações entre mito e história, o problema da composição formular e das técnicas de memória, os critérios estéticos e poéticos, os modos de transmissão, composição e aprendizagem, bem como as configurações políticas, sociais, rituais e cosmológicas.
 
 
 
Programa
1) Oralidade e escrita, mito e história: categorias de contraste e grandes divisores; 2) Poder, narrativa e configurações políticas; 3) Memória, transmissão e aprendizagem; 4) Composição formular e autoria; 5) tradução, circulação e transformação; 6) aspectos cosmológicos e rituais das artes da palavra; 7) artes verbais e pensamento especulativo; 8) leitura de traduções e estudos etnográficos.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, leitura e interpretação de textos.
Critério
Ensaio escrito a ser entregue no fim do curso.
Norma de Recuperação
Prova escrita.
 
Bibliografia
     
Arguedas, José María. 2009. Dioses y Hombres de Huarochirí. Lima: Universidad Antonio Ruiz de Montoya. Assmann, Jan. 2011. Historia y mito en el mundo antiguo. Madrid, Gredos. Basso, Ellen. 1987. In Favor of Deceit, Tucson, University of Arizona Press. ________. 1995. The last cannibals. Austin, The University of Texas Press. Benjamin, Walter. 1987. Obras escolhidas – magia e técnica, arte e política. São Paulo, Brasiliense. Brotherston, Gordon & Medeiros, Sérgio (Orgs.). 2007. Popol vuh. São Paulo, Iluminuras. Cadogan, León. 1997. Ayvu rapyta – textos míticos de los Mbyá-Guaraní del Guairá. Ceaduc-Cepag, Asunción. Campos, Haroldo de. 2000. Bere’shith – a cena da origem. São Paulo, Perspectiva. Candido, Antonio. 2008 [1965]. Literatura e sociedade. Rio de Janeiro: Ouro Sobre Azul. Carruthers, Mary. 2011. A técnica do pensamento. Campinas, Editora da Unicamp. _________. 1990. The book of memory. Cambridge University Press. Cassin, Barbara. 1998. Sur la nature ou sur l'étant. Paris, Seuil. Cesarino, Pedro de Niemeyer (Org.). 2013. Quando a Terra deixou de falar – cantos da mitologia marubo. São Paulo, Editora 34. Clastres, Pierre. 1974. Le grand parler – mythes et chantes sacrés des Indiens Guarani. Paris, Seuil. Coleção Narradores Indígenas. São Gabriel da Cachoeira, FOIRN, 7 vols. Cornford, F.M. 1989 [1952]. Principium sapientiae – as origens do pensamento filosófico grego. Lisboa, Calouste Gulbenkian. De Civrieux, Marc. 1980 [1970]. Watunna: an Orinoco creation cycle. Tradução e organização de David Guss. Berkeley: North Point Press. Déléage, Pierre. 2009. Le chant de l’anaconda – l’apprentissage du chamanisme chez les sharanahua (Amazonie occidentale). Nanterre, Société d’Ethnologie. Detienne, Marcel. 1981. L’invention de la mythologie. Paris, Gallimard Dundes, Alan. [1964] 1996. Morfologia e estrutura no conto folclórico. São Paulo, Perspectiva. Foucault, Michel. 1969. “Qu’est-ce qu’un auteur?”. Bulletin de la Société française de philosophie, 63e année, No 3: 73-104. Frye, Nothrop. 1963. Fables of identity – studies in poetic mythology. Harcourt Brace & Co. Goody, Jack. 1988. The Interface Between the Written and The Oral. Cambridge, Cambridge University Press. Gow, Peter. 2001. A amazonian myth and its history. Oxford, Oxford University Press. Hymes, Dell. In Vain I Tried to Tell you. Philadelphia, University of Pennsylvania Press, 1992 [1981]. Feld, Steven. 1982. Sound and sentiment - birds, weeping, poetics and song in Kaluli expression. Philadelphia, University of Pennsylvania Press. Kirk, G.S. & Raven. J. E. & Schofield, M. [1983] 1994. Os filósofos pré-socráticos. Lisboa, Calouste Gulbenkian. Kirk, G.S..1970. El mito. Barcelona, Paidos. Kopenawa, Davi & Abert, Bruce. 2010. La chute du ciel – paroles d’un chaman yanomami. Paris, Plon. Lévi-Strauss, Claude. 1958. Anthropologie structurale. Paris, Plon. __________. 1973. Anthropologie structurale deux. Paris, Plon. Lloyd. G.E.R.. 2002. The ambitions of curiosity. Cambridge, Cambridge University Press. Lord, Albert. 1970. The singer of tales. Nova York, Atheneum. Malinowski, Bronislaw. 1978. Coral gardens and their magic. New York, Dover. Meschonnic, Henri. Poética do traduzir. São Paulo, Perspectiva, 2010. Risério, Antonio. 1993. Textos e tribos. Rio de Janeiro: Imago. Schieffelin, Edward. 1985. "Performance and the cultural construction of reality". American ethnologist 12 (4): 707-724. Seeger, Anthony. 1988. Why suyá sing. Cambridge, Cambridge University Press. Severi, Carlo. 2007. Le Principe de la Chimère. Paris : Musée du Quai Branly/ Éditions Rue d’Ulm. Tedlock, Dennis. 1983. The spoken word and the work of interpretation. Philadelphia, The University of Pennsylvania Press. Vernant, Jean-Pierre. 1973. Mito e pensamento entre os gregos. São Paulo, Edusp. Viveiros de Castro, Eduardo. 2002. A inconstância da alma selvagem. São Paulo, Cosac Naify. Yates, Frances. 1966. The art of memory. Nova York/ Londres, Routledge & Kegan Paul. Zumthor, Paul. 1983. Introduction à la poésie orale. Paris, Seuil
 

Clique para consultar os requisitos para FLA0394

Clique para consultar o oferecimento para FLA0394

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP