Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Antropologia
 
Disciplina: FLA0396 - Tópicos de Antropologia: Marcadores Sociais da Diferença II
Anthropology Topics : Social Bookmarks Difference II

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2016 Desativação:

Objetivos
O curso pretende trazer para a sala de aula leituras e reflexões sobre o processo de inflexão em curso que vem reconfigurando a construção de políticas e programas sociais nos campos da saúde e do direito. Contam neste processo a constituição recente de uma série de regimes democráticos (como Brasil, Argentina, Chile, África do Sul, Moçambique, entre outros países de diferentes continentes) e de inúmeros acordos internacionais como a Convenção 169 da OIT (1989), a Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (Cairo 1994), a 4ª Conferência Mundial da Mulher (Beijing, 1995), a Conferência Mundial contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Correlata (África do Sul, 2001), a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, promulgada pela ONU, entre outros encontros relevantes no cenário internacional dos quais muitos países foram signatários. Essas Convenções e conferências têm um impacto de largo espectro que ainda vem sendo explorado nos cenários nacional e internacional.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
980578 - Heloisa Buarque de Almeida
713263 - Julio Assis Simoes
5597260 - Laura Moutinho da Silva
2085152 - Lilia Katri Moritz Schwarcz
5509312 - Marcelo Tavares Natividade
 
Programa Resumido
O objetivo desta disciplina é ampliar a reflexão sobre os marcadores sociais da diferença - tradicionalmente construídos a partir das clivagens de raça, gênero e sexualidade - para campos que operam na interface com a antropologia como, por exemplo, a saúde e o direito.
 
 
 
Programa
O conteúdo irá variar de acordo com a\o professora\o que ministrar a disciplina. Mas de uma forma geral, serão as seguintes linhas de pesquisa e reflexão abordadas. - A linguagem dos direitos humanos na contemporaneidade: sujeitos, práticas e resistências - Antropologia e saúde - Antropologia e direito - Etnografias sobre o corpo - Marcadores sociais da diferença, tempo e espaço - Políticas de raça, gênero, sexualidade, identidades nacionais, geração, deficiência: sob a ótica do sofrimento, da moral e da compaixão.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas; seminários; filmes e materiais audiovisuais; leituras dirigidas.
Critério
Presença e participação em sala de aula; provas e trabalhos escritos; seminários individuais e coletivos.
Norma de Recuperação
Prova individual em data a definir sobre o conteúdo total do programa. A nota final dos alunos em recuperação resultará da média da primeira e segunda avaliação [nota final do curso + recuperação)/2].
 
Bibliografia
     
ALMEIDA, Heloisa Buarque de. De Malu a Mulher: gênero, sexualidade e feminismo na TV. In: Cristina D Cancela; Laura Moutinho; Júlio Simões. (Org.). Raça, etnicidade, sexualidade e gênero em perspectiva comparada. 1ed.São Paulo: Terceiro Nomes, 2015, pp. 287-306. ALMEIDA, Heloisa Buarque de. Trocando em miúdos: gênero e sexualidade na TV a partir de Malu Mulher. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 27, p. 125-137, 2012. ALMEIDA, Heloisa Buarque de. & SZWAKO, José. (Org.) Diferenças, Igualdade. 1. ed. São Paulo: Berlendis & Vertecchia Editores, 2009. v. 1. 239p . BRASIL. Convenção sobre os direitos das pessoas com deficiência. Brasília: Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH)/Coordenadoria Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência (Corde), 2008. BUTLER, Judith. Desdiagnosticando o gênero. Physis, v. 19, n. 1, p. 95-126. 2009. CANCELA, Cristina; MOUTINHO, Laura; SIMÕES, Júlio Assis. (Org.). Raça, etnicidade, sexualidade e gênero em perspectiva comparada. São Paulo: Terceiro Nomes, 2015. CARRARA, Sérgio; SIMÕES, Júlio Assis. Sexualidade, cultura e política: a trajetória da identidade homossexual masculina na antropologia brasileira. Cadernos Pagu, v. 28, p. 65-99. 2007. CAVALHEIRO, Andrea de Moraes. Com outros olhos: uma análise etnográfica da “cegueira” e “deficiência visual”. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Departamento de Antropologia Social, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. CRENSHAW, Kimberle. Demarginalizing the Intersection of Race and Sex: A black Feminist Critique of Antidiscimination Doctrine, Feminist Theory and Antiracist Politics, University of Chicago Legal Forum (1989): 139-167. DAVIS, Lennard J. (Org.). The Disability Studies Reader, 3. ed. Nova York/Oxon: Routledge, 2010. p. 301-315. DINIZ, Débora. O Modelo Social da Deficiência: a crítica feminista. Série Anis, v. 28, p. 1-8. julho, 2003. GILROY, Paul. Entre Campos: nações, culturas e o fascínio da raça. São Paulo: Annablume, 2007. p.123-164. LANNA JÚNIOR, Mário Cléber Martins (Comp.). História do Movimento Político das Pessoas com Deficiência no Brasil. Brasília: Secretaria de Direitos Humanos/Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, 2010. LOPES, Pedro. Negociando deficiências: sobre identidades, subjetividades e corporalidades entre pessoas com “deficiência intelectual”. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Antropologia – USP, 2014. MACHADO, Lia Zanotta. “Emociones Violentas y Familiares Correctivos ”. (pp.155 a 175) In: RIFIOTIS, Theophilos y CASTELNUOVO LIVEIRA, Natalia (orgs.) Antropología, violencia y justicia. Buenos Aires: Ed. Antropofagia, 2011. MOUTINHO, Laura. Diferenças e desigualdades negociadas: raça, sexualidade e gênero em produções acadêmicas recentes. Cadernos Pagu (UNICAMP. Impresso), v. 1, N. 42, p. 201-248, 2014. MOUTINHO, Laura; LOPES, Pedro; ZAMBONI, Marcio; RIBAS, Mario; SALO, Elaine. Retóricas Ambivalentes: ressentimentos e negociações em contextos de sociabilidade juvenil na Cidade do Cabo (África do Sul). Cadernos Pagu, n. 35, p. 139-176. 2010. MOUTINHO, Laura; CARRARA, Sérgio. Apresentação ao Dossiê Raça e Sexualidade em Diferentes Contextos. Cadernos Pagu, n. 35, p. 9-35. 2010. MOUTINHO, Laura. Razão, Cor e Desejo: uma Analise Comparativa dos Relacionamentos Afetivos-Sexuais no Brasil e na África do Sul. São Paulo, Editora UNESP, 2004. MAUSS, Marcel. "As técnicas do corpo" In: Sociologia e antropologia. São Paulo: Cosac & Naify, 2003, p. 401 a 422. MAUSS, Marcel. “A expressão obrigatória de sentimentos” In Marcel Mauss: antropologia. Coleção Grandes Cientistas Sociais. São Paulo: Ática, 1979, p. 147 a 153. McCLINTOCK, Anne. Couro Imperial: raça, gênero e sexualidade no embate colonial. Editora Unicamp: Campinas, 2010. NATIVIDADE, Marcelo. Margens da política: direitos sexuais, Estado e religiões. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2015. NATIVIDADE, Marcelo. Religião, homofobias e direitos LGBT. Latitude, v. 07, p. 31-49, 2013. NATIVIDADE, Marcelo. Uma homossexualidade santificada? Etnografia de uma comunidade inclusiva pentecostal. Religião & Sociedade (Impresso), v. 30, p. 90-120, 2010. PISCITELLI, Adriana G. 2008. “Interseccionalidades, categorias de articulação e experiências de migrantes brasileiras”. Sociedade e Cultura. Vol. 11, n. 2, p. 263-274. SARTI, Cynthia. 2011. A vítima como figura contemporânea. Caderno CRH, vol 24, n. 61, p. 51-61. SCHWARCZ, Lilia. Os povos não sentem da mesma maneira: Nina Rodrigues e o direito penal. In: Gilberto Hochman; Nísia Trindade Lima. (Org.). Médicos intérpretes do Brasil. 1ed.São Paulo: Hucitec, 2015, v. 1, p. 3-26. SCHWARCZ, Lilia. Histórias Mestiças são histórias de fronteira. In: Adriano Pedrosa; Lilia Moritz Schwarcz. (Org.). Histórias mestiças. Antologia de textos. 1ed.Rio de Janeiro: Cobogó, 2014, v. 1, p. 13-20. SCHWARCZ, Lilia. O Espetáculo das Raças, São Paulo: Companhia das Letras,1993. SCHWARCZ, Lilia. Dos males da dádiva: sobre as ambiguidades no processo da Abolição brasileira. In: Olívia Maria Gomes da Cunha; Flávio dos Santos Gomes. (Org.). Quase-cidadão. 1ed.Rio de Janeiro: Editora FGV, 2007, v. 1, p. 23-54. SIMÕES, Julio Assis e CARRARA, Sergio. O campo de estudos socioantropológicos sobre diversidade sexual e de gênero no Brasil: ensaio sobre sujeitos, temas e abordagens. Cadernos Pagu (UNICAMP. Impresso), v. 42, p. 75-98, 2014. SIMÕES, Julio Assis. Corpo e sexualidade nas experiências de envelhecimento de homens gays em São Paulo. A Terceira Idade, v. 22, p. 7-19, 2011. SIMÕES, Julio Assis; FRANÇA, Isadora Lins; MACEDO, Marcio. Jeitos de corpo: cor/raça, gênero, sexualidade e sociabilidade juvenil no centro de São Paulo. Cadernos Pagu (UNICAMP. Impresso), v. 35, p. 37-78, 2010.
 

Clique para consultar os requisitos para FLA0396

Clique para consultar o oferecimento para FLA0396

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP