Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Antropologia
 
Disciplina: FLA0403 - Pensamento Social Caribenho: Racialidade, Cultura e Poder
Social Caribbean Thought: raciality , Culture and Power

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2016 Desativação:

Objetivos
Por focalizar questões de relações raciais e africanidade, essa disciplina contribuirá para a expansão do currículo da área de Populações Africanas e Afro-Brasileiras, incluindo uma região central para a diáspora africana e ampliando seu enfoque transatlântico. Ela visa também ao estabelecimento de um currículo voltado para os estudos latino-americanos e caribenhos no Departamento de Antropologia, que possibilitará aos alunos de Ciências Sociais uma compreensão mais ampla e complexa do contexto regional em que vivem. A disciplina promoverá também a reflexão crítica sobre algumas questões fundamentais para a antropologia contemporânea, como nacionalidade, raça, crioulização, africanidade, capitalismo, colonialismo e diáspora.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
9126024 - João Felipe Ferreira Gonçalves
 
Programa Resumido
Fornecer ao estudantes de Ciências Sociais e cursos afins uma introdução crítica ao pensamento social caribenho, através da leitura e discussão de textos clásssicos de autores de diversas ilhas/países da região (Cuba, Porto Rico, Trinidad e Tobago, Jamaica, Antigua, Haiti e Martinica). Os alunos deverão se familiarizar com as ideias centrais dos autores, entender as ligações e debates entre eles, e discutir temas tais mais amplos como nacionalidade, raça, crioulização, africanidade, capitalismo, colonialismo e diáspora.
 
 
 
Programa
I. Antirracismo fundacional 1. Cuba, Martí: a inexistência de raças 2. Haiti, Firmin: a igualdade das raças Jamaica, Garvey: o retorno à África II. Raça e nação 1. Porto Rico, Pedreira: europeísmo e insularismo 2. Haiti, Price-Mars: africanidade e religião 3. Cuba, Ortiz: transculturação e ajiaco III. Leituras marxistas 1. Trinidad e Tobago, Eric Williams: capitalismo e escravidão 2. Trinidad e Tobago, C. L. R. James: revolução e liderança IV. Teorias das negritudes 1. Martinica, Césaire: a alma negra 2. Martinica, Fanon: o corpo negro V. O retorno do hibridismo 1. Martinica, Glissant: a crioulização messiânica 2. Martinica: o grupo da crioulização VI. Críticas pós-nacionalistas 1. Antigua, Kincaid: exotismo e turismo 2. Porto Rico, Ríos Ávila: sexualidade e diáspora 3. Cuba, Benítez Rojo: pós-modernidade 4. Haiti, Trouillot: a produção da história
 
 
 
Avaliação
     
Método
Realização das leituras programadas, participação nas discussões em sala de aula, participação em um seminário de apoio e demais atividades de avaliação descritas abaixo. Os textos escritos em espanhol serão lidos no original. Com relação aos textos de autores anglófonos e francófonos, serão usadas traduções em português, sempre que disponíveis. Caso não haja traduções em português, serão usadas traduções em espanhol.
Critério
- provas escritas – cada uma com peso 3, total de peso 6 - seminário de apoio – peso 3 - participação em discussões em sala de aula – peso 1 Os alunos terão uma semana para entregar as provas escritas, que constarão de perguntas abertas sobre os textos lidos. Frequência mínima = 11 presenças (serão aceitas, portanto, 4 faltas no máximo).
Norma de Recuperação
A recuperação (para quem ficar com média final entre 3,0 e 4,9) constará de uma prova final, referente a toda a matéria do semestre, em data a ser agendada.
 
Bibliografia
     
I. Antirracismo fundacional 1. Cuba, Martí: a inexistência de raças 2. Haiti, Firmin: a igualdade das raças Jamaica, Garvey: o retorno à África II. Raça e nação 1. Porto Rico, Pedreira: europeísmo e insularismo 2. Haiti, Price-Mars: africanidade e religião 3. Cuba, Ortiz: transculturação e ajiaco III. Leituras marxistas 1. Trinidad e Tobago, Eric Williams: capitalismo e escravidão 2. Trinidad e Tobago, C. L. R. James: revolução e liderança IV. Teorias das negritudes 1. Martinica, Césaire: a alma negra 2. Martinica, Fanon: o corpo negro V. O retorno do hibridismo 1. Martinica, Glissant: a crioulização messiânica 2. Martinica: o grupo da crioulização VI. Críticas pós-nacionalistas 1. Antigua, Kincaid: exotismo e turismo 2. Porto Rico, Ríos Ávila: sexualidade e diáspora 3. Cuba, Benítez Rojo: pós-modernidade 4. Haiti, Trouillot: a produção da história
 

Clique para consultar os requisitos para FLA0403

Clique para consultar o oferecimento para FLA0403

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP