Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Letras Clássicas e Vernáculas
 
Disciplina: FLC0163 - Introdução ao Latim II
FLC0163 Introduction to Latin - level 2

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 30 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2015 Desativação:

Objetivos
O objetivo do curso é a continuação do estudo introdutório das estruturas morfológicas e sintáticas da língua latina, iniciado em “Introdução ao Latim I”, e das principais relações destas estruturas com as da língua portuguesa. Além disso, a disciplina pretende discutir os problemas didáticos do ensino do latim, em particular, da sintaxe latina, voltado para o ensino do português.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2851470 - Marcelo Vieira Fernandes
 
Programa Resumido
Nomes da 3ª declinação em vogal e da 4ª declinação, inclusive os pronomes pessoais, reflexivos, possessivos, relativos e interrogativos; as principais formas verbais passivas do sistema do infectum, as formas ativas e passivas do sistema do perfectum; os numerais; a sintaxe básica do genitivo e do ablativo.
 
 
 
Programa
1. Pronomes pessoais: ego, tu, is; demonstrativos: is e idem; composição do léxico português a par-tir do latim: os pronomes pessoais e os demonstrativos;2. Sistema do perfeito ativo de todos os verbos; composição do léxico português a partir do latim: o perfectum latino: formações fracas e fortes; modificação de radicais verbais; conservação de pretéri-tos fortes; o particípio; conjugação antiga e moderna de alguns verbos;3. Pronomes reflexivos e possessivos; composição do léxico português a partir do latim: os prono-mes possessivos;4. Nomes de tema em -i da 3ª declinação; ablativos: de meio, companhia e modo; composição do léxico português a partir do latim: os nomes; as três declinações do latim vulgar; sobrevivência do acusativo e dos demais casos; os advérbios: de lugar, de tempo, de intensidade, de modo, de afirma-ção e negação, de designação; da ligação das palavras na oração: os nomes, verbos, advérbios, con-junções e preposições;5. Numerais: genitivo partitivo; genitivo e ablativo com numerais cardinais; ablativo de tempo; com-posição do léxico português a partir do latim: particularidades das preposições: preposições que substituem casos latinos;6. Adjetivos da 3ª declinação; composição do léxico português a partir do latim: os adjetivos; flexão e gêneros; os adjetivos biformes e uniformes;7. Pronome relativo; composição do léxico português a partir do latim: os pronomes relativos; as orações relativas, as orações substantivas, a interrogação indireta;8. 1ª e 2ª conjugações: voz passiva do sistema do presente; ablativo de agente; composição do léxico português a partir do latim: 1ª e 2ª conjugações do latim vulgar; o infectum latino e o sistema do presente; razões de aparentes irregularidades e anomalias;9. Sistema do perfeito passivo de todos os verbos; pronomes interrogativos e adjetivos; o perfectum latino: formações fracas e fortes; modificação de radicais verbais; conservação de pretéritos fortes; o particípio; criações românicas: formas passivas analíticas; 10. 4ª declinação; ablativos: de lugar de origem e de separação; composição do léxico português a partir do latim: as três declinações do latim vulgar; sobrevivência do acusativo e dos demais casos; preposições que substituem os casos dativo e acusativo do latim.
Problemas e estratégias didáticas do ensino da sintaxe do latim, em particular, da sintaxe dos casos e das formas nominais do verbo, voltado para o ensino da gramática histórica da língua portuguesa. Emprego das Tecnologias da Informação e da Comunicação no ensino e também no aprendizado (“sites” de texto e imagem relacionados com língua latina e com história da língua portuguesa).
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, proposição e resolução de exercícios, indicação de leituras. Uso de recursos audiovisuais e de tecnologia da informação e comunicação.
Critério
Prova escrita sobre os conteúdos ministrados no semestre. A avaliação poderá também levar em conta a realização de exercícios de morfologia e sintaxe latina pelo aluno, bem como a entrega de fichamentos de textos indicados.
Norma de Recuperação
Prova escrita. A avaliação poderá também levar em conta a realização de exercícios de morfologia e sintaxe latina pelo aluno, bem como a entrega de fichamentos de textos indicados.
 
Bibliografia
     
ALLEN, J. H.; GREENOUGH, J. B. New latin grammar: for schools and colleges: founded on com-parative grammar. Boston: Ginn, 1931.
BECHARA, Evanildo. Moderna gramática portuguesa. 37ª ed. Rio de Janeiro: Lucerna, 2001. CARDOSO, Zélia Ladeira Veras de Almeida. Iniciação ao latim. 5ª ed. Série Princípios, 172. São Paulo: Ática, 2005.
COMEAU, Paul. Workbook for Wheelock's Latin, 3rd ed., revised by Richard A. LaFleur. [New York:] Collins, 2000.
CUNHA, Celso Ferreira da; CINTRA, Luís Filipe Lindley. Nova gramática do português contempo-râneo. 3ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001.
DIAS, Augusto Epiphanio da Silva. Sintaxe histórica portuguesa. 2ª ed. Lisboa: Clássica, 1933.
FARIA, Ernesto. Dicionário escolar latino-português. 5ª ed. Rio de Janeiro: Fename, 1975. FARIA, Ernesto. Fonética histórica do latim. 2ª ed. Biblioteca brasileira de filologia, n. 9. rev. e aumentada. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, 1957-1970.
FARIA, Ernesto. Gramática superior da língua latina. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, 1958. JUCÁ FILHO, Cândido. Gramática histórica do português contemporâneo. Biblioteca do ensino moderno. Rio de Janeiro: Espasa, 1945.
KEHDI, Valter. Formação de palavras em português. 2ª ed. Série Princípios, 215. São Paulo: Ática, 1997.
KEHDI, Valter. Morfemas do português. 6ª ed. Série Princípios, v. 188. São Paulo: Ática, 2005.
MAGNE, Augusto. Dicionário etimológico da língua latina; famílias de palavras e derivações ver-náculas. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Saúde, Instituto Nacional do Livro, 1953.
NASCIMENTO, Manoel; CARVALHO, Dolores Garcia. Gramática histórica: especial para o clássico, científico e vestibulares. 2ª ed. São Paulo: Ática, 1966.
PRIETO, Maria Helena de Teves Costa Ureña; TORRES, Maria Isabel Greck; ABRANCHES, Cristina Maria Negrão. Do grego e do latim ao português. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica, [1995].
ROCHA LIMA, Carlos Henrique. Gramática normativa da língua portuguesa. 31ª ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1992.
SAID ALI, Manuel. Gramática histórica da língua portuguesa. 7ª ed., melhorada e aumentada de 'Lexeologia e formação de palavras' e ‘Sintaxe do português histórico'; estabelecimento do texto, revisão, notas e índices pelo prof. Maximiliano de Carvalho e Silva. Série Biblioteca Brasileira de Filologia, v. 19. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, [1971].
SARAIVA, Francisco Rodrigues dos Santos. Novíssimo dicionário latino-português: etimológico, prosódico, histórico, geográfico, mitológico, biográfico, etc. 11ª ed. Rio de Janeiro: Livra-ria Garnier, 2000.
SILVA NETO, Serafim da. História da língua portuguesa, índice de palavras de A. G. Cunha; índice onomástico de Raimundo Barbadinho Neto. 3ª ed. Coleção Linguagem, 11. Rio de Janeiro: Presença, 1979.
SILVA NETO, Serafim da. Manual de filologia portuguesa: história, problemas, métodos. Rio de Janeiro: Acadêmica, 1952.
SPINA, Segismundo. História da Língua Portuguesa. Série Fundamentos, 23. São Paulo: Ática, 1987.STONE, Jon R. Latin for the illiterati: exorcizing the ghosts of a dead language. New York: Rou-tledge, 1996.
TEYSSIER, Paul. História da língua portuguesa, trad. Celso Cunha. 2ª ed. São Paulo: Martins Fon-tes, 2001.
TORRINHA, Francisco. Dicionário latino-português. 3ª ed. Porto: Ed. Maranus, 1945. VERDIER, Roger. Marcus et Tullia: manual de língua latina, adaptação portuguesa de Odette A. Souza Campos, revisão de Alceu Dias Lima. Coleção Linguagem (Presença Edições), 10. Rio de Janeiro: Presença/Editora da Universidade de São Paulo, 1978.
VIARO, Mário Eduardo. “A importância do latim na atualidade”. Revista de Ciências Humanas e Sociais. São Paulo, v. 1, n. 1, 1999, p. 7-12.
VIARO, Mário Eduardo. Por trás das palavras. Manual de etimologia do Português. [São Paulo:] Globo, 2004.
VILELA, Mário. Ensino da língua portuguesa: léxico, dicionário, gramática. Coimbra: Livraria Almedina, 1995.
VILELA, Mário. Estruturas léxicas do português. Colecção Novalmedina, 45. Coimbra: Livraria Almedina, 1979. WHEELOCK, Frederic M. Wheelock's Latin Reader: Selections from Latin Literature, 2nd ed., revised by Richard A. LaFleur. [New York:] Collins, 2001.
WHEELOCK, Frederic M. Wheelock's Latin, 6th ed., revised by Richard A. LaFleur. [New York:] Collins, 2005.
WILLIAMS, Edwin Bucher. Do Latim ao Português: fonologia e morfologia históricas da língua portuguesa, trad. Antônio Houaiss 4ª ed. Série Biblioteca Tempo universitário, v. 37. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1986.
ZENONI, G. Exercícios de morfologia latina. 3ª ed. Cucujaes: Ed. Missões, 1960.ZENONI, G. Sintaxe latina. 3ª ed. Cucujaes: Ed. Missões, 1953.
Bibliografia didática:
FARIA, E. Introdução à didática do latim. Rio de Janeiro: FNF, 1959.
HANLIN, J.; LICHTENSTEIN, B. Learning Latin through Mythology. Cambridge: Cambridge University Press, 1991.
LIMA, A. D. Uma estranha língua? Questões de linguagem e de método. São Paulo: Edunesp, 1995.
POLSKY, M. First Latin: a Language Discovery Program. New Jersey: Prentice Hall, 1997.
ROBBINS, E. S.; ASHWORTH, K. R. Discovering Languages. New York: Latin: AMSCO School Publications, 1995.
- “Sites” da internet:
DICIONÁRIOS LATINOS: http://www.tododiccionarios.com/rosetta/latin.html
LATIN DICTIONARIES: http://www.dmoz.org/Reference/Dictionaries/World_Languages/L/Latin/
LEARN LATIN: http://learn101.org/latin.php
LINKS LATINOS: http://frcoulter.com/latin/links.html
PERSEUS DIGITAL LIBRARY: http://www.perseus.tufts.edu/hopper/
 

Clique para consultar os requisitos para FLC0163

Clique para consultar o oferecimento para FLC0163

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP