Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Letras Clássicas e Vernáculas
 
Disciplina: FLC0176 - Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa I
Comparative Studies in Lusophone Literatures I

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2012 Desativação:

Objetivos
Propiciar ao aluno a discussão de critérios e conceitos para o Comparatismo entre as Literaturas de Língua Portuguesa, através da aproximação entre suas produções artísticas, poéticas, ficcionais e em diversos suportes midiáticos. Pretende ainda problematizar conceitos tradicionais dos Estudos Literários e revelar, via Comparatismo Literário, as imbricações entre a Estética, a Ideologia e os demais elementos que as permeiam.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
70893 - Benjamin Abdala Junior
5763421 - Emerson da Cruz Inacio
992985 - Fabiana Buitor Carelli
1421530 - Mauricio Salles de Vasconcelos
1779515 - Rosangela Sarteschi
1764978 - Vima Lia de Rossi Martin
 
Programa Resumido
Critérios para o comparatismo literário; o comparatismo literário Brasil/Portugal/África de língua portuguesa;literatura e colonialismo; literatura e identidade; a teoria na prática: poesia; a teoria na prática: conto; a teoria na prática: romance.
 
 
 
Programa
Comparatismo e Literatura;
Literatura Comparada, Literaturas Nacionais e Literatura Geral;
Sistema e Macrossistema Literário de Língua Portuguesa;
Cânone, Tradição e Ruptura;
Lusofonia(s), Hibridismo Cultural e Mestiçagem;
Colonialismo e Pós-Colonialismo: estudos e proposições;
Relações Brasil-Portugal: Heranças, Apagamentos e Impasses; Relações Portugal-África: de Próspero a Caliban;
Leituras, influências e diálogos nas relações Brasil-África.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas;
Discussões coletivas;
Exibição de filmes;
Audição de músicas, poemas e entrevistas;
Seminários.
Critério
A aprendizagem será aferida mediante a elaboração de fichamentos, seminários, provas e/ou monografia, a critério dos docentes.Serão aprovados os alunos que obtiverem média cinco ou superior a cinco no conjunto das atividades propostas como avaliação de desempenho.
Norma de Recuperação
A recuperação se fará mediante plano de estudo, compreendendo, a critério dos docentes, elaboração ou reelaboração de trabalhos escritos e/ou realização de prova oral e/ou escrita. O estabelecimento final dos resultados de aproveitamento, para fins de nova, dar-se-á até uma semana antes da data máxima de retificação de matrículas prevista para o semestre seguinte.
 
Bibliografia
     
ABDALA Jr., Benjamin. Ecos do Brasil: Eça de Queirós. São Paulo: Senac, 2000.
______ &, SCARPELLI, Marli Fantini. Portos Flutuantes: trânsitos ibero-afro-americanos. São Paulo: Ateliê, 2004.
_____. De Vôos e Ilhas: Literatura e Comunitarismos. São Paulo: Ateliê, 2003. (1)CANCLINI, Nestor Garcia. Diferentes, Desiguais e Desconectados. Rio de Janeiro: UFRJ, 2005.
______. Consumidores e Cidadãos. Rio de Janeiro: UFRJ, 2006.
CHAVES, Rita. Angola e Moçambique: experiência colonial e territórios literários. São Paulo: Ateliê, 2005.
CONVERGÊNCIA LUSIADA (monográfico). Brasil e Portugal: 500 anos de enlaces e desenlaces. Vol. 2. Rio de Janeiro: Real Gabinete Português de Leitura, 2001.
CRISTÓVÃO, Fernando. Cruzeiro do Sul, a Norte: Estudos Luso-Brasileiros. Lisboa: INCM, 2005.
FERREIRA, Manuel. O Discurso no percurso africano I. Lisboa: Plátano, 1989.
FRY, Peter. A Persistência da Raça: Estudos Antropológicos sobre o Brasil e a África. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.
LOURENÇO, Eduardo. A nau de Ícaro. Lisboa: Gradiva, 1999.
PENELOPE (monográfico). O Imaginário do Império. Lisboa: Cosmos, 1991.
PORTUGAL, Francisco Salinas. O texto nas margens: Ensaios de Literaturas em Língua Portuguesa. Santiago de Compostela: Laiovento, 1997.
RAMALHO, Maria Irene & RIBEIRO, António de Souza. Entre ser e Estar: Raízes, Percursos e Discursos de Identidade. Porto: Afrontamento, 2002.
SANTILLI, Maria Aparecida. Paralelas e Tangentes. São Paulo: Arte & Ciência, 2003.SANTOS, Boaventura de Sousa (org.). A globalização e as ciências sociais. São Paulo: Cortez, 2002.SANTOS, Boaventura de Sousa (org.). Reconhecer para libertar: os caminhos do cosmopolitismo multicultural. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.
______. Estado e sociedade em Portugal (1974/1988). Porto: Afrontamento, 1990.
______. Pela mão de Alice: o social e o político na pós-modernidade. São Paulo: Cortez, 1995.
TRIGO, Salvato. Ensaios de Literatura Comparada Afro-Luso-Brasileira. Lisboa: Veja, 1989.


 

Clique para consultar os requisitos para FLC0176

Clique para consultar o oferecimento para FLC0176

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP