Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Letras Clássicas e Vernáculas
 
Disciplina: FLC0485 - Literatura Infantil e Juvenil: Linguagens do Imaginário I
Children's and youth literature, Imaginary languages I

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2010 Desativação:

Objetivos
Caracterização do que distingue, esteticamente, a literatura infantil da literatura em geral. Visão panorâmica da Literatura Infantil, desde as origens até o século XIX: obras e autores compreendidos não só em relação à época histórica a que pertencem, mas também em relação à estética literária adulta a que corresponderiam.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
4868023 - Jose Nicolau Gregorin Filho
92887 - Maria dos Prazeres Santos Mendes
2536832 - Maria Zilda da Cunha
 
Programa Resumido
Origens e Formação da Literatura Infantil/Juvenil. A natureza da arte literária e seus gêneros, formas, espécies. Conceitos de LIJ, Leitura, Literatura. A linguagem simbólica. Dos textos inaugurais a Júlio Verne.
 
 
 
Programa
1. A natureza da arte literária, Literatura, a natureza e função da Literatura infantil e juvenil. Conceituação de leitura, literatura, literatura e educação. Estratégias decorrentes. Metodologia de pesquisa. Origem da Literatura: a comunicação oral e a escrita. A dimensão simbólica da linguagem. Panorama histórico-literário-cultural: das origens da Literatura Infantil ao Século XIX.
2. O século XVII: As Fábulas de la Fontaine e os Contos de Charles Perrault: últimas ramificações do mito, lendas e literatura folclórica. A redescoberta do "homem natural". Swift e a denúncia satírica das deformações morais do "homem civilizado"
3. O século XIX e a criação definitiva da Literatura Infantil e Juvenil: os Irmãos Grim, H. C. Andersen, Collodi, Júlio Verne, Lewis Carroll, De Amicis, R. L. Stevenson... O homem entre o maravilhoso e a aventura realista. Condessa de Ségur.
4.O problema das traduções e adaptações
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas . Aulas práticas com análise de textos. Seminários em pequenos grupos
Critério
Na avaliação dos Seminários, trabalhos de aproveitamento e prova escrita será levada em conta a capacidade do aluno em sentir os textos literários, como adequados ou não à mente da criança; e também em distinguir as correspondências que existem ou não entre a produção literária para crianças e a que se destina para adultos.
Norma de Recuperação
A recuperação se fará mediante trabalho ou prova escrita, em torno do programa desenvolvido durante o semestre. As avaliações deverão ser entregues até uma semana antes da data máxima de retificação de matrículas, prevista para o semestre seguinte.
 
Bibliografia
     
ARROYO, Leonardo - Literatura Infantil Brasileira. São Paulo, Melhoramentos, 1988.
BETTELHEIM, Bruno. Psicanálise dos Contos de Fadas. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1978.
COELHO, Nelly Novaes - A Literatura Infantil; 5ª ed. São Paulo, Ática, 1991.
____________________ - Dicionário crítico da Literatura Infantil e Juvenil Brasileira. São Paulo, Melhoramentos, 1991.
____________________ - Panorama histórico da Literatura Infantil. (4 L ed.) São Paulo, EDUSP.
GÕES, Lúcia Pimentel. Introdução à Literatura Infantil e Juvenil. S. Paulo, Pioneira, 1984.
JESUALDO. A Literatura Infantil. S. Paulo, Cultrix/USP, 1978.
PIAGET, Jean. A Formação do Símbolo na Criança. Rio, Zahar ed. 1978.
ROUSSEAU, Jean Jacques. Emile I e II. Paris, Larousse, s/d.
RODARI, Giani. Gramática da Fantasia. S. Paulo, Summus, 1982.
SORIANO, Marc. Guide de Litterature pour la Jeunesse. Paris, Flammarion, 1975.
YUNES, ELIANA E ponde, GLÓRIA. Leitura e leituras da literatura infantil São Paulo FTD, 1988.
 

Clique para consultar os requisitos para FLC0485

Clique para consultar o oferecimento para FLC0485

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP