Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Filosofia
 
Disciplina: FLF0113 - Introdução à Filosofia
Introduction to Philosophy

Créditos Aula: 8
Créditos Trabalho: 4
Carga Horária Total: 240 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 80 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2020 Desativação:

Objetivos
A disciplina oferece uma abordagem introdutória de obras centrais do pensamento moderno, tendo em vista a compreensão do que sejam questões filosóficas. Com ênfase nas técnicas de leitura crítica e análise estrutural de textos, visa à formação de professores, buscando aprimorar competências e habilidades relacionadas à expressão em língua portuguesa mediante o desenvolvimento de atividades específicas de interpretação de texto, produção de dissertação interpretativa e do uso de outras linguagens como imagens, vídeos, etc. Serão desenvolvidas estratégias de abordagem comparativa entre racionalismo e empirismo para o Ensino Médio, com particular atenção à escolha de exemplos adequados e construção das etapas pedagógicas necessárias para assimilação destes conteúdos.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
426082 - Alberto Ribeiro Gonçalves de Barros
74302 - Caetano Ernesto Plastino
499525 - Eduardo Brandão
1142709 - Joao Vergilio Gallerani Cuter
66115 - Jose Carlos Estevao
704905 - Luís César Guimarães Oliva
2566412 - Marco Antonio de Avila Zingano
1566730 - Marco Aurélio Werle
1356490 - Maurício Cardoso Keinert
1333111 - Mauricio de Carvalho Ramos
2809666 - Moacyr Ayres Novaes Filho
1591051 - Pedro Paulo Garrido Pimenta
56055 - Roberto Bolzani Filho
69758 - Sergio Cardoso
 
Programa Resumido
A disciplina oferece uma abordagem introdutória de obras centrais do pensamento moderno, tendo em vista a compreensão do que sejam questões filosóficas. Com ênfase nas técnicas de leitura crítica e análise estrutural de textos, visa à formação de professores, buscando aprimorar competências e habilidades relacionadas à expressão em língua portuguesa mediante o desenvolvimento de atividades específicas de interpretação de texto, produção de dissertação interpretativa e do uso de outras linguagens como imagens, vídeos, etc. Serão desenvolvidas estratégias de abordagem comparativa entre racionalismo e empirismo para o Ensino Médio, com particular atenção à escolha de exemplos adequados e construção das etapas pedagógicas necessárias para assimilação destes conteúdos.
 
 
 
Programa
Os temas centrais abordados na disciplina são: 1) “Metafísica e método em Descartes”. a) A dúvida hiperbólica e a moral provisória. b) O cogito: o primado do pensamento. c) A veracidade de Deus e a origem do erro. d) A distinção entre a alma e o corpo. e) A união da alma e do corpo e as paixões. 2) “Metafísica e crítica em Kant”. a) O ceticismo de Hume. b) Juízos sintéticos e juízos analíticos. c) Fenômeno e coisa em si. d) Ideias da razão.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Trabalho escrito e/ou seminário.
Critério
A nota final será aquela da atividade de avaliação proposta. Se houver mais de uma atividade, o peso de cada uma será indicado pelo professor responsável pela disciplina.
Norma de Recuperação
Trabalho escrito, versando sobre conteúdos do curso, cuja nota substituirá a da primeira avaliação.
 
Bibliografia
     
BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria da Educação Básica. Orientações curriculares para o ensino médio. Volume 3, Ciências humanas e suas tecnologias. Brasília, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/book_ volume_03_internet.pdf BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria da Educação Básica. Parâmetros curriculares nacionais: Ensino médio. Parte IV: Ciências humanas e suas tecnologias. Brasília, 2005. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/ CienciasHumanas.pdf CHAUI, Marilena. Filosofia. Série Novo Ensino Médio. São Paulo: Ática, 2008. FAVARETTO, Celso. “Sobre o ensino de Filosofia”. Revista da Faculdade de Educação, USP, vol. 19, jan.-jun. de 1993. GALLO, Silvio. Metodologia do ensino de filosofia. Uma didática para o ensino médio. Campinas: Papirus, 2012. MORAES, Amaury. A importância da didática para (a formação de) o professor de Filosofia. São Paulo: FE-USP, 2001, mimeo. MORAN, J. M.; MASETTO, M.; BEHRENS, M. Novas tecnologias e mediação pedagógica. São Paulo: Papirus, 2004. BACICH, L.; NETO, A.T.; TREVISANI, F. M. Ensino híbrido – Personalização e tecnologia na educação. São Paulo: Penso, 2015. DESCARTES Discurso do Método e Ensaios. São Paulo: Edunesp, 2018. Obras escolhidas. São Paulo: Perspectiva, 2010. Obras. Coleção Os Pensadores. São Paulo: várias edições. Princípios de filosofia. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2002. Regras para a direcção do espírito. Lisboa: Edições 70, 1989. O mundo ou tratado da luz / O homem. Campinas: Edunicamp, 2009. Hume Investigação acerca do entendimento humano e sobre os princípios da moral. São Paulo: Edunesp, 2003. Sumário do Tratado da Natureza Humana. São Paulo: Companhia Editora Nacional, São Paulo, 1975. Tratado da natureza humana. São Paulo: Edunesp, 2009. Kant Crítica da Razão Pura. Coleção Os Pensadores. São Paulo: várias edições. Os Progressos da Metafísica. Lisboa: Edições 70, 1995. Prolegômenos a toda metafísica futura. Lisboa: Edições 70, 2008. Estudos ALQUIÉ, Ferdinand. (ed.). Galileu, Descartes e o mecanismo. Lisboa: Gradiva, 1987. COTTINGHAM, John. Dicionário Descartes. Rio de Janeiro: Zahar, 1995. COVENTRY, Angela M. Compreender Hume. Petrópolis: Vozes, 2011. GUÉROULT, Martial. Descartes segundo a ordem das razões. São Paulo: Discurso Editorial, 2016. KOYRÉ, Alexandre. Considerações sobre Descartes. Lisboa: Presença, 1992. LEBRUN, Gerard. Kant e o fim da metafísica. São Paulo: Martins Fontes, 2002. _____. Sobre Kant. São Paulo: Iluminuras, 1993. MARION, Jean-Luc. Sobre a ontologia cinzenta de Descartes. Lisboa: Instituto Piaget, 1997. MONTEIRO, João Paulo. Hume e a epistemologia. São Paulo: Edunesp, 2009. TEIXEIRA, Lívio. Ensaio sobre a moral de Descartes. São Paulo: Brasiliense, 1990. Franklin Leopoldo e Silva. A metafísica da modernidade. São Paulo: Editora Moderna, 1993. Bibliografia recomendada como recursos metodológicos para leitura e escrita: FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler. Cortez, 1986. KLEIMAN, A. B. Texto e leitor: aspectos cognitivos da leitura. - 7ª edição – Campinas, SP: Pontes, 2000. LEITE, Ligia Chiappini M. (coord.) Aprender e ensinar com textos. São Paulo: Cortez, 1997. v. 1-10. PIETRI, E.. Práticas de leitura e elementos para a atuação docente. 1. ed. Rio de Janeiro: Lucerna, 2007.
 

Clique para consultar os requisitos para FLF0113

Clique para consultar o oferecimento para FLF0113

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP