Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Filosofia
 
Disciplina: FLF0463 - Ética e Filosofia Política III
Ethics and Political Philosophy III

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 120 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2017 Desativação:

Objetivos
Introduzir à leitura e interpretação dos principais ensaios de Montaigne dedicados à reflexão política, considerando tanto a inscrição histórica quanto o balizamento dessa reflexão no terreno da tradição da ética e da filosofia política.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
426082 - Alberto Ribeiro Gonçalves de Barros
851685 - Homero Silveira Santiago
69758 - Sergio Cardoso
 
Programa Resumido
Estudo da reflexão política de Montaigne tal como surgida em alguns de seus ensaios e em confronto com a tradição da filosofia política.
 
 
 
Programa
1) O estatuto do texto montaigniano: procedimentos de leitura dos Ensaios. 2) Referências históricas e biográficas: o debate político no quadro das “guerras de religião”. 3) Balizamento da literatura crítica: Montaigne entre a moralidade política e a “razão de estado”). 4) O estoicismo: Montaigne e Justus Lipsius; a retomada do tema do útil e do honesto. 5) Montaigne e o antimaquiavelismo: a retomada dos temas da fides e da perfídia. 6) Leitura e comentário do Ensaio III, 1 (“Do útil e do honesto”). 7) Leitura e Comentário do Ensaio III, 9 (“Da vaidade”). 8) Considerações sobre a questão do “conservadorismo político” de Montaigne.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Trabalho escrito e/ou seminário.
Critério
A nota final será aquela da atividade de avaliação proposta. Se houver mais de uma atividade, o peso de cada uma será indicado pelo professor responsável pela disciplina.
Norma de Recuperação
Trabalho escrito, versando sobre conteúdos do curso, cuja nota substituirá a da primeira avaliação.
 
Bibliografia
     
ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. Col. Os Pensadores. São Paulo: várias edições (há outras traduções). AUBENQUE, Pierre. A prudência em Aristóteles. São Paulo: Discurso Editorial & Paulus, 2008. BIGNOTTO, Newton. Maquiavel Republicano. São Paulo: Loyola, 1991. BIRCHAL, Telma de Souza. O Eu nos Ensaios de Montaigne. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2007. BRANDÃO, Carlos Antônio Leite. Quid Tum? O combate da arte em Leon Battista Alberti. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2000. BURCKHARDT, Jacob. A cultura do renascimento na Itália. São Paulo: Companhia das Letras, 2009. BURKE, Peter. Montaigne. São Paulo: Loyola, 2006. CARDOSO, Sérgio. “Montaigne: uma ética para além do humanismo”. O que nos faz pensar?, Rio de Janeiro, n. 27, 2010. ERASMO. Elogio da loucura. São Paulo: Hedra, 2013 (há várias traduções). EVA, Luiz Antonio Alves. Montaigne contra a Vaidade. Um estudo sobre o ceticismo na Apologia de Raimond Sebond. São Paulo: Humanitas, 2004. FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas. São Paulo: Martins Fontes, 2007. GARIN, Eugenio. Idade média de renascimento. Lisboa: Estampa, 1994. _____. L’éducation de l’homme moderne, 1400-1660. Paris: Fayard, 1968. HEIDEGGER, Martin. Sobre o Humanismo. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1995. JACOPIN, Paul; LAGRÉE, Jacqueline. Erasme. Humanisme et Langage. Paris: PUF, 1996. LANGER, Ullrich (org.). The Cambridge companion to Montaigne. Cambridge (EUA): Cambridge University Press, 2005. MAQUIAVEL, Nicolau. Tutte le opere. Florença: Sansoni, 1992 (há várias traduções). MARGOLIN, Jean-Claude. Erasme. Précepteur de l’Europe. Paris: Julliard, 1995. MONTAIGNE, Michel de. Ensaios. Col. Os Pensadores. São Paulo: várias edições. _____. Ensaios. São Paulo: Martins Fontes, 2001-2006, 3 vol. _____. Les Essais. Paris: PUF, 2004. SIEGEL, J.E. Rhetoric and Philosophy in Renaissance Humanism. Princeton: Princeton University Press, 1968. SKINNER, Quentin. As fundações do pensamento político moderno. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. TOURNON, André. Montaigne. São Paulo: Discurso Editorial, 2005.
 

Clique para consultar os requisitos para FLF0463

Clique para consultar o oferecimento para FLF0463

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP