Informa??es da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Filosofia
 
Disciplina: FLF0509 - Teoria das Ciências Humanas IV
Theory of Human Science IV

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 120 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2016 Desativação:

Objetivos
Examinar as diversas relações entre as ciências humanas e a filosofia política.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
1064470 - Luiz Sergio Repa
44611 - Ricardo Ribeiro Terra
1803971 - Vladimir Pinheiro Safatle
 
Programa Resumido
Trata-se de realizar uma introdução ao estudo das relações entre as diversas ciências humanas e a filosofia política. Procura-se examinar nesse contexto as relações das teorias sociais com a história e a atualidade da filosofia política e com fenômenos políticos da modernidade.
 
 
 
Programa
1) As críticas ao marxismo. 2) As críticas ao totalitarismo. 3) Os novos movimentos sociais e as teorias da justiça. 4) Feminismo e esfera pública. 5) Democracia e direitos humanos. 6) Multiculturalismo e cosmopolitismo. 7) Críticas às concepções liberais e republicanas de democracia. 8) Biopolítica e seus desdobramentos.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Trabalho escrito e/ou seminário.
Critério
A nota final será aquela da atividade de avaliação proposta. Se houver mais de uma atividade, o peso de cada uma será indicado pelo professor responsável pela disciplina.
Norma de Recuperação
Trabalho escrito, versando sobre conteúdos do curso, cuja nota substituirá a da primeira avaliação.
 
Bibliografia
     
AGAMBEN, G. Estado de exceção. São Paulo: Boitempo, 2004. ARATO, A; COHEN, J.L. Civil Society and Political Theory. Cambridge (EUA): MIT Press, 1992. ARENDT, H. A condição humana. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2014. _____. Origens do totalitarismo. São Paulo: Companhia das Letras, 1989. _____. Sobre a violência. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009. BADIOU, A. Compêndio de metapolítica. Lisboa: Instituto Piaget, 2005. BAYNES, K. The Normative grounds of social criticism. Kant, Rawls, Habermas. Albany (EUA): State University of New York Press, 1992. BENHABIB, S. Critique, Norm, and Utopia. Nova York: Columbia University Press, 1986. _____. Situating the Self. Nova York: Routledge, 1992. _____; Cornell, D. (org.) Feminismo como crítica da modernidade. Rio de Janeiro: Rosa dos Ventos, 1987. BUTLER, J. Problemas de gênero. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003. COHEN, J.L. Class and civil society: the limits of marxian Critical Theory. Amherst (EUA): University of Massachusetts Press, 1987. ESPOSITO, R. Bíos: biopolitica e filosofia. Turim: Einaudi, 2015. FORST, R. Contextos de justiça. São Paulo: Boitempo, 2010. FOUCAULT, M. O nascimento da biopolítica. São Paulo: Martins Fontes, 2008. FRASER, N. Justice Interruptus. Nova York, Routledge, 1997. HABERMAS, J. Direito e democracia. Rio de Janeiro, Tempo Brasileiro, 1997, 2 vol. _____. Mudança estrutural da esfera pública. São Paulo: Edunesp, 2014. _____. Teoria e práxis. São Paulo: Edunesp, 2013. HELD, D. Cosmopolitanism. Cambridge (Reino Unido): Polity Press, 2010. HONNETH, A. Luta por reconhecimento. São Paulo: Editora 34, 2003. RANCIÈRE, J. O desentendimento. São Paulo: Editora 34, 1996. RAWLS, J. Liberalismo político. São Paulo: Ática, 2010. TAYLOR, Ch. Multiculturalism: examining the politics of recognition. Princeton: Princeton University Press, 1994.
 

Clique para consultar os requisitos para FLF0509

Clique para consultar o oferecimento para FLF0509

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2020 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP