Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Geografia
 
Disciplina: FLG0579 - Geografia Regional I - África
Regional Geography I - Africa

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 90 h
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2018 Desativação:

Objetivos
Compreender o processo de formação do território africano, analisando os principais aspectos da história, da cultura e da geopolítica do continente. A África Pré-colonial. O processo de colonização. A diáspora. O processo de independência. Aspectos culturais da cultura afro-brasileira. A Lei 10.639/03, sua implementação e implicações para o ensino de Geografia. O movimento negro organizado e a luta contra o racismo e a discriminação. Analise dos aspectos organizacionais das comunidades negras brasileiras.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
3493538 - Eduardo Donizeti Girotto
 
Programa Resumido
Ementa (programa resumido)
 
 
 
Programa
1. Temporalidades e territorialidades no processo de formação do continente africano. 2. Sociedade e Natureza no território Africano. 3. Reinos e culturas na África 4. O processo de dominação colonial entre os séculos XV e XX. 5. Estados e Conflitos na África Independente. 6. Diversidade e desigualdade na África Contemporânea. 7. As relações Brasil e África: entre o passado e o presente. 8. O lugar da África na formação socioespacial brasileira 8. A África e o ensino de Geografia
 
 
 
Avaliação
     
Método
1. Aulas Dialogadas; 2. Seminários e discussão de textos; 3. Trabalhos de campo.
Critério
Instrumentos 1. Seminários; 2. Produção de textos de análise 3. Relatórios de trabalho de campo
Norma de Recuperação
Norma de Recuperação
 
Bibliografia
     
BIBLIOGRAFIA BÁSICA ANJOS, R. S. A. A Utilização dos Recursos da Cartografia Conduzida para uma África Desmistificada. Revista Humanidades, ano VI, Brasília, 1989. ANJOS, R. S. A. Coleção África-Brasil: Cartografia para o Ensino-Aprendizagem. Mapas Editora & Consultoria. Brasília, 2000. ANJOS, R. S. A. A África, a Geografia, o Tráfico de Povos Africanos e o Brasil. Revista Palmares em Ação, ano I, n. 2, Brasília, 2002. APPIAH, Kwame A. A Casa de Meu Pai. A África na Filosofia da Cultura. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997. BENOT, Yves. As ideologias políticas africanas. Lisboa: Sá da Costa, 1980. BRUNCHWWIG, Henri: A Partilha da África Negra. Kronos 6. Editora Perspectiva. 1974. CHALAND, Gerard e RAGEAN, Jean P. : Atlas des Diásporas. Odile Jacob. Paris - 1991. HERNANDEZ, Leila. A África na sala de aula. Visita à História Contemporânea. São Paulo: Selo Negro, 2005. KI-ZERBO, J.: História Geral da África - Metodologia e Pré-história da África. Editora ética. UNESCO. M´BOKOLO, Elikia. África Negra. História e civilizações. Tomo 1 (Até o século XVIII). Salvador/São Paulo: EDUFBA/Casa das Áfricas, 2009. _________. África Negra. História e civilizações. Tomo 2 (do século XIX aos novos dias). Lisboa: Colibri, 2007. MARQUET, Jacques: El Poder Negro en África. Ediciones Guadarrama S.a. Madrid. MESSIANI, Cristine: Apartheid et Capitalisme - Le Systeme Economique de lÁfrique de Sud. Françóis Maspero. 1979. MUNANGA, Kabengele. Origens africanas do Brasil Contemporâneo. Histórias, Línguas, Culturas e Civilizações.São Paulo: editora Global, 2009. SERRANO, Carlos e MUNANGA, Kabengele. A revolta dos colonizados. O processo de colonização e as independências da África e da Ásia. São Paulo: Atual, 1997. SILVA, Alberto da Costa e. A enxada e a lança. A África antes dos portugueses. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1996. UNESCO. História Geral da África. São Paulo: Ática / Unesco, 1982-91. (8 volumes). BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR ALENCASTRO, Luiz Felipe de. O trato dos viventes – Formação do Brasil no Atlântico Sul. São Paulo: Cia. Das Letras, 2000. 525p. ALKMIM, Tânia e PETTER, Margarida. “Palavras da África no Brasil de ontem e de hoje”. In: FIORIN, J.L. e PETTER, M. (orgs.) África no Brasil: a formação da língua portuguesa. São Paulo: Contexto, 2008 ALTUNA, P. Raul Ruiz de Asúa. Cultura tradicional bantu. Luanda: Secretariado Arquidiocesano de Pastoral, 1985. ANDRADE, Mário de. Antologia temática de poesia africana: na noite grávida de punhais. Lisboa: Sá da Costa, 1975. BONVINI, Emilio. “Os vocábulos de origem africana na constituição do português falado no Brasil”. In: FIORIN, J. L. e PETTER, M. (orgs.) África no Brasil: a formação da língua portuguesa. São Paulo: Contexto, 2008. CASTANHA, Marilda. Agbalá. Um lugar-continente. Belo Horizonte: Formato Editorial, 2001. (Coleção 500 Brasis). CASTRO, Yeda Pessoa de. Falares africanos na Bahia (Um vocabulário afro-brasileiro). Rio de Janeiro: Topbooks, 2001. COSTA e Silva, Alberto da. A África explicada aos meus filhos. Rio de Janeiro: Agir, 2008. COSTA E SILVA, Alberto. A manilha e o libango. A África e a escravidão de 1500 a 1700. Rio de Janeiro: Nova Fronteira/Fundação Biblioteca nacional, 2002. 1072p. 17 mapas. COSTA E SILVA, Alberto. Francisco Félix de Souza, mercador de escravos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira/EdUERJ, 2004. 207p. DIAMOND, Jared. Armas, Germes e Aço. Os destinos das sociedades humanas. Rio de Janeiro:Editora Record Ltda. 2008 GIORDANI, Mário Curtis. História da África anterior aos descobrimentos. Petrópolis: Vozes, 1985. IBAZEBO, Isimeme. Explorando a África. São Paulo: Ática, s.d. (Livro do Professor). (Trad.: Isa Mara Lando). KI-ZERBO, Joseph. Para quando a África? Entrevista com René Holenstein. Rio de janeiro: Pallas, 2006. LEITE, Fábio. “Valores civilizatórios em sociedades negro-africanas”. In: ÁFRICA: Revista do Centro de Estudos Africanos da USP, 18-19(1), 1995/1996:103-118. São Paulo: CEA/FFLCH/USP, 2000. LEPINE, Claude. Os dois reis do Danxome – Varíola e monarquia na África Ocidental, 1650-1800. Marília: UNESP-Marília Publicações; São Paulo: FAPESP, 2000. LOVEJOY, Paul E. A escravidão na África. Uma história de suas transformações. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002. 497p. MACEDO, Tania. Luanda, cidade e literatura. São Paulo: Editora da UNESP, 2008. MAESTRI, Mário. História da África negra pré-colonial. Porto Alegre e São Paulo: Mercado Aberto. (Série Revisão, 31). MAUCLER, Christian e MONIOT, Henri. As civilizações da África. s.l.: Lello & Irmão, 1990. (Coleção História dos Homens). MEILLASSOUX, Claude. Antropologia da escravidão. O ventre de ferro e dinheiro. Rio de Janeiro: Zahar, 1995. 297p. MONTI, Franco. As máscaras africanas. São Paulo: Martins Fontes, 1992. (Trad. Luís Eduardo de Lima Brandão). OLIVER, Roland. A Experiência Africana. Da Pré-História aos dias atuais. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1994. PETTER. Margarida. “Línguas especiais, línguas secretas: na África e no Brasil”. In: Revista da ANPOLL, São Paulo, 1998, vol. 4. PETTER. Margarida. “Termos de origem africana no léxico do português do Brasil”. In: NUNES, José Horta e PETTER, Margarida Maria Taddoni. História do saber lexical e constituição de um léxico brasileiro. São Paulo/Campinas: Humanistas/Pontes, 2002, p. 123-146. PETTER. Margarida. “Línguas Africanas no Brasil”. In: Quinhentos anos de história lingüística do Brasil. Suzana Alice Marcelino Cardoso, Jacyra Andrade Mota, Rosa Virgínia Mattos e Silva (orgs.). Salvador: Secretaria da Cultura e Turismo do Estado da Bahia, 2006. RODNEY, Walter. Como a Europa Desenvolveu a África. Lisboa: Seara Nova, 1975. SERRANO, Carlos. Os senhores da terra e os homens do mar. Antropologia política de um reino africano. São Paulo: FFLCH/USP, 1983. 175p. SERRANO, Carlos; WALDMAN, Maurício. Memória D’África: a temática africana em sala de aula. São Paulo: Cortez Editora, 2007.
 

Clique para consultar os requisitos para FLG0579

Clique para consultar o oferecimento para FLG0579

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2018 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP