Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
História
 
Disciplina: FLH0111 - Metodologia da História I
Historical Methodology I

Créditos Aula: 5
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 105 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 20 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2015

Objetivos
A disciplina Metodologia I deve abordar elementos necessários à compreensão da natureza do conhecimento histórico e de seu ensino, analisando as diferentes propostas teóricas e metodológicas presentes na produção historiográfica entre os séculos XIX e XXI, e relacionando-as a situações da prática escolar na educação básica.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
27111 - Ana Maria de Almeida Camargo
6580513 - Jose Antonio Vasconcelos
934461 - José Geraldo Vinci de Moraes
81360 - Marcos Antonio da Silva
3789274 - Miguel Soares Palmeira
 
Programa Resumido
Tratamento histórico da produção historiográfica, em que estejam presentes as questões centrais do procedimento do historiador modalidades do discurso, constituição do objeto, tempo, documento, diferentes tipos de sujeito do conhecimento; aprofundamento das propostas teórico-metodológicas fundadoras, que ainda se mantêm como parâmetros de diálogo na produção historiográfica contemporânea; discussão das condições de produção da obra do historiador (questões teóricas, institucionais, políticas e técnicas); contato direto com textos de natureza teórica, com a história produzida e com espécies e gêneros documentais variados. Relação entre os procedimentos de pesquisa historiográfica e o ensino de história na educação básica. O uso do documento em sala de aula.
 
 
 
Programa
CONTEÚDOS: 1. Compreensão histórica da prática e da produção historiográfica, que levem em conta conceitos chaves e procedimentos do historiador, como a construção das narrativas, constituição do objeto, os tempos históricos, documento, sujeitos do conhecimento, a memória, etc; 2. Apresentação e aprofundamento das diversas tradições teórico-metodológicas construídas nestes 2 últimos séculos e que mantêm diálogo na produção historiográfica contemporânea; 3. Discussão das condições de produção da obra do historiador, como as questões teóricas, institucionais, políticas e técnicas; 4. Contato direto com as diversas espécies e gêneros documentais, com os textos clássicos de natureza teórica e com a produção historiográfica. 5. Trabalho com fontes históricas no ensino de história na educação básica.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Prova ou trabalho escrito.
Critério
A avaliação segue critérios exclusivos de cada docente e tem como objetivos gerais identificar a capacidade do aluno em sistematizar dados, compreender os textos e conceitos trabalhados, formular e transferir conceitos, ler os diversos tipos de fontes, desenvolver a narrativa. Para avaliar esses processos, o professor considera um ou vários elementos, tais como: seminários em grupo, provas individuais, fichamentos, análise dos diversos tipos de documentos, resenhas criticas, trabalho escrito. A assiduidade, o interesse e a participação nas discussões e debates em aula também são elementos avaliados.
Norma de Recuperação
Os critérios para recuperação são exclusivos de cada docente e podem compreender a apresentação de relatório pessoal, trabalho individual, prova escrita ou oral sobre um ou mais itens do programa, resenhas crítica e entrevista com o aluno
 
Bibliografia
     
ABREU, Martha, e SOIHET, Rachel (orgs.). Ensino de história: conceitos, temáticas e metodologia. Rio de Janeiro: Casa da palavra, 2003.
ARENDT, Hannah - Entre o Passado e o Futuro. Tradução de Mauro W. Barbosa de Almeida. São Paulo: Perspectiva, 1972 (Debates)
BLOCH, Marc -Introdução à História. Tradução de Maria Manuel Miguel e Rui Grácio. Lisboa: Europa/América, 1965.
BOUTIER, Jean & JULIA, Dominique (org.) - Passados recompostos: campos e canteiros da história. Trad. Marcella Mortara e Ana Maria Skinner. Rio de Janeiro: UFRJ/ FGV, 1998. CUNHA, Maria Clementina Pereira (Org.) - O Direito à Memória. São Paulo: DPH/SMC-SP, 1992.
BURKE, Peter (org.) A escrita da história: novas perspectivas. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1992. (Biblioteca Básica).
CARDOSO, Ciro Cardoso e BRIGNOLI, Héctor Pérez - Os Métodos da História. Rio de Janeiro, Ed. Graal, 1983.
CARDOSO, Ciro Flamarion & VAINFAS, Ronaldo - Domínios da história: ensaios de teoria e metodologia. Rio de Janeiro: Campus, 1997.
CARDOSO, Ciro F., e VAINFAS, Ronaldo (orgs.). Novos Domínios da História. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.
CHARTIER, Roger - a história cultural: entre práticas e representações . Trad. Maria Manuela Galhardo. Lisboa - Rio de
Janeiro: DIFEL - Editora Bertrand Brasil, 1990. (Memória e Sociedade).
CHESNEAUX, Jean - Devemos fazer tábula rasa do passado? sobre a história e os historiadores. Trad. Marcos A. da Silva. São Paulo: Ática, 1995. (Fundamentos, 109)
DUBY, Georges - A história contínua. Trad. Clóvis Marques, Rev. Ronaldo Vainfas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor - Editora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1993.
ELIAS, Norbert –Sobre o tempo. Rio de Janeiro : Zahar, 1988.
FERRO, Marc. A Manipulação da História no Ensino e nosMeios de Comunicação. São Paulo: IBRASA, 1983.
FONTANA , Josep - História: analise do passado e projeto social. Trad. Luiz Roncari. Bauru: EDUSC, 1998. (Ciências Sociais). FURET, François - A oficina da história. Trad. Felipe Jarro. Rev. Adriano Duarte Rodrigues. Lisboa: Gradiva, s.d. (Construir o Passado, 8).
FOUCAULT, Michel - Microfísica do poder. 3ª ed.. Tradução e organização de Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 1982..
FURET, François - A Oficina da História. Tradução de Adriano Duarte Rodrigues. Lisboa, Gradiva, sem data.
GINZBURG, Carlo - A Micro-História e Outros Ensaios. Tradução de Antonio Narino. Rio de Janeiro: Bertrand do Brasil, 1991.
GOLDMANN, Lucien - Ciências humanas e filosofia: que é a sociologia? Trad. Lupe Cotrim Garaude e J. Giannotti. São Paulo: Difusão Européia do livro, 1967
GONÇALVES, Márcia, ROCHA, Helenice, RESNIK, Luís, e MONTEIRO, Ana Maria (orgs.). Qual o valor da história hoje? Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2012.
HARTOG, François. A História de Homero a Santo Agostinho. Prefácios de historiadores e textos reunidos e comentados por François Hartog. Trad. Jacyntho Lins Brandão. Belo Horizonte: ed. UFMG, 2001.
KOSELLECK, Reinhart, et alli. O conceito de história. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013.
LE GOFF, Jacques e NORA, Pierre - História - Novos Problemas, Novos Objetos, Novas Abordagens. Tradução de Theo Santiago et al. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1976, 3 vols..
MARX, Karl e ENGELS, Friedrich - História. Tradução de Florestan Fernandes et al. São Paulo: Ática (Grandes Cientistas Sociais - 36).
PROST, Antoine. Doze lições sobre a história. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2008.
SILVA, M. A. (Org.) . História: Que Ensino é esse? 1. ed. Campinas: Papirus, 2013.
_______.; FONSECA, S. G. . Ensinar História no século XXI - Em busca do tempo entendido. Campinas: Papirus, 2007
VASCONCELOS, José Antonio. Metodologia do ensino de história. Curitiba : Editora Intersaberes, 2007.
VIDAL-NAQUET, Pierre - Assassinos da Memória. Tradução de Marina Appenzeller. Campinas: Papirus, 1987.
VEYNE, Paul - Como se escreve a história: Foucault revoluciona a história. Trad. Alda Baltar e Maria Auxiliadora Kneipp. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 1982. (Cadernos UnB)
VILAR, Pierre - Iniciación al vocabulario del análisis histórico. Trad. Dolores Folch. 4ª ed. Barcelona: Editorial Crítica, 1982. (Estudios y Ensayos, 61)
VOVELLE, Michel - Ideologias e mentalidades. Trad. Maria Julia Goldvasser. São Paulo: Brasiliense, 1987.
 

Clique para consultar os requisitos para FLH0111

Clique para consultar o oferecimento para FLH0111

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP