Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
História
 
Disciplina: FLH0421 - Ensino de História: Teoria e Prática
The Teaching of History: Theory and Practice

Créditos Aula: 5
Créditos Trabalho: 2
Carga Horária Total: 135 h ( Estágio: 100 h , Práticas como Componentes Curriculares = 20 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2015 Desativação:

Objetivos
• Eliminar paulatinamente as barreiras tradicionais que separam a licenciatura (campo das práticas pedagógicas) do bacharelado (campo das práticas de pesquisa nas áreas específicas do conhecimento histórico)
• Formar profissionais dotados de espírito crítico e capacidade de intervir de forma transformadora e renovadora no ensino fundamental e médio.
• Garantir a necessária aproximação entre teoria a prática, realizada através da articulação entre ensino e pesquisa como orientação da formação profissional.
• Estabelecer interlocução com professores da rede pública de ensino centrada na análise e produção de material didático.
• Centralizar a orientação das 100 horas de estágio supervisionado na unidade, estabelecidas pelo Programa de Formação de Professores da USP.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
319475 - Antonia Terra de Calazans Fernandes
1595500 - Mauricio Cardoso
 
Programa Resumido
A disciplina tem como objetivo contribuir para a formação do profissional do ensino de História para o nível básico por intermédio de estudos que estabeleçam as relações entre os fundamentos da produção historiográfica e os da história ensinada. Além de abordar o desenvolvimento da disciplina ao longo do tempo, no âmbito dos diferentes contextos em que as instituições escolares, os currículos, os programas, o corpo docente, as avaliações institucionais, o uso da tecnologia no ensino e o material didático atuaram no processo educativo brasileiro, o curso propõe uma reflexão sobre o pensamento histórico nas suas múltiplas articulações e lugares de produção, de modo a fundamentar práticas formais e informais de ensino.
 
 
 
Programa
1. Tendências da historiografia contemporânea e produção didática.
2. Usos de documentos na pesquisa histórica e no ensino.
3. História e interdisciplinaridade na cultura escolar.
4. Imaginários e representações no ensino de História
5. Ensino de História e redes virtuais de conhecimento.
6. Ensino de História e memória social: tradições escritas e orais.
7. Noções de tempo, espaço e mudança social no ensino de História.
8. Multiplicidade de experiências étnicas e culturais no ensino de História.
9. Cotidiano e saber histórico escolar.
10. Ensino e História do tempo presente.
11. Relação homem/natureza no ensino de História.
12. Por que crianças e jovens devem pensar historicamente?
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas teóricas
Seminários
Aulas práticas
Discussões individuais e em grupo.
Critério
Avaliação contínua da participação em aulas, seminários, trabalhos individuais e me grupo.
Norma de Recuperação
Prova e entrevista sobre as atividades desenvolvidas durante o curso.
 
Bibliografia
     
ABREU, Martha, SOIHET, Rachel e GONTIJO, Rebeca. Cultura política e leituras do passado: historiografia e ensino de História. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.
ABREU, Martha e SOIHET, Rachel (orgs). Ensino de história: temáticas e metodologia. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003.
ALMEIDA, Josimar Paes de. A extinção do arco-iris: ecologia e história. Campinas: Papirus, 1998.
ARIAS NETO, José Miguel (Org.). Dez anos de pesquisas em Ensino de História. Londrina: Atrito/Art/FINEP, 2005.
BAUER, Adriana. Formação continuada de professores e resultados dos alunos no SARESP: propostas e realizações. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 4, p. 809-824, dez. 2011.
BITTENCOURT, Circe (org.). O saber Histórico na Sala de Aula. São Paulo: Contexto, 1997.
BITTENCOURT, Circe. Livro didático e conhecimento histórico: uma história do saber escolar. 1993. Tese (doutorado em História Social) – FFLCH-USP,.
CABRINI, C. et al. O ensino de História: revisão urgente. 5ª ed. ,São Paulo: Brasiliense, 1994.
BITTENCOURT, Circe. Ensino de História: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2004.
CAMARGO, Ana Maria Faccioli e MARIGUELA, Márcio. Cotidiano Escolar. Emergência e Invenção. Piracicaba: Jacintha Editores, 2007.
CARRETERO, Mario et al.. Enseñanza de la Historia y memória colectiva. Buenos Aires: Paidós, 2006.
CHEVELLARD, Yves. La transposición didáctica. Del saber sábio al saber enseñado. Buenos Aires: Aique Grupo Editor, 1995.
CONTRERAS, J.D. A autonomia de professores. São Paulo. Cortez, 2002.
DE ROSSI, Vera Lúcia e ZAMBONI, Ernesta (Orgs). Quanto tempo o tempo tem! Campinas: Alínea, 2003.
DRUMOND, José Augusto. Uma história ambiental: temas, fontes e linhas de pesquisa. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v.4, n.8, p.177-197, 1991.
FONSECA, Selva Guimarães. Caminhos da história ensinada. Campinas: Papirus, 1993.
FONSECA, Selva Guimarães. Didática e Prática de Ensino de História. Campinas: Papirus, 2003.
FRANCO, Creso. O SAEB - Sistema de Avaliação da Educação Básica: potencialidades, problemas e desafios. Revista Brasileira de Educação, n. 17, 2001, p. 127 - 133.
GALLO,S. & SOUZA, R.M. Educação do preconceito:ensaios sobre poder e resistência. Campinas: Alínea, 2004.
GIROUX, H.A. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.
GUIMARÃES, A.M. O cinema e a escola: formas imagéticas da violência. SP. Cad. Cedes. Dez/98.
HOLT, Tom. Thinking historically: narrative, imagination, and understanding. New York: The College Board, 1995. (The Thinking Series).
KARNAL, Leandro (org.). História na sala de aula: conceitos, práticas e propostas. São Paulo: Contexto, 2003.
MONIOT, Henri (org.). Enseigner l’histoire. Berne: Peter Lang, 1984.
MUNAKATA, Kazumi. Produzindo livros didáticos e paradidáticos. 1997. Tese (doutorado em História e Filosofia da Educação) – PUC, São Paulo.
NADAI, Elza. O ensino de História no Brasil: trajetória e perspectivas. Revista Brasileira de História. São Paulo: ANPUH, v.13, n. 25/26, p143-162. 1992/ 1993.
NAPOLITANO, Marcos. Como usar o cinema em sala de aula. São Paulo: Contexto, 2003.
NÓVOA, Antonio (org). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Qixote, 1992.
PINSKY, Jaime (org.). O ensino de História e a criação do fato. 2ª ed., São Paulo: Contexto, 1990.
RAMAL, Andrea Cecilia. Educação na Cibercultura: Hipertextualidade, leitura, escrita e aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2002.
REVISTA BRASILEIRA DE HISTÓRIA. História em quadro negro: escola, ensino e aprendizagem. São Paulo: ANPUH/Marco Zero, v.9, n. 19. Setembro de1989/ Fevereiro de 1990.
REVISTA BRASILEIRA DE HISTÓRIA. Produção e divulgação de saberes históricos e pedagógicos. São Paulo: ANPUH, v.24, n.48, jul-dez, 2004.
REVISTA BRASILEIRA DE HISTÓRIA. Dossiê Ensino de História: novos problemas. São Paulo: ANPUH/Humanitas Publicações, v.18, n.36, 1998.
RUIZ, Luis A. Ortega. À Internet en clase de Historia? In: Las Ciencias Sociales en Internet. Junta de Extremadura. Consejería de Educación, Ciencia y Tecnología. Dirección General de Ordenación, Renovación y Centros. Mérida, 2001. Disponível em: http://www.ub.es/histodidactica/libros/Ccss_Int.pdf Acesso em: 31 Dez. 2006.
SHAMA, Simon. Paisagem e memória. Trad. Hilda Feist. São Paulo: Cia das Letras, 1996.
SILVA, Marcos A. da. História: o prazer em ensino e pesquisa. São Paulo: Brasiliense, 1995.
SILVA, Marcos Antonio da (org.). Repensando a História. Rio de Janeiro: Anpuh São Paulo/ Editora Marco Zero, 1984.
SOHIET, Rachel et al. Culturas políticas: ensaios de história cultural, história política e ensino de história. Rio de Janeiro: Mauad, 2005.
STEARNS, Peter N.; SEIXAS, Peter; WINEBURG, Sam (Ed.). Knowing, teaching and learning history: national and international perspectives. New York: New York University Press / American Historical Association, 2000.
TEMPO, Revista do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense, Niterói, n. 21, jul./dez. 2006 – Dossiê Ensino de História, pp. 11- 107.
VIGOSTSKI, L. S. A formação social da mente. São Paulo, Martins Fontes, 1984.
WINEBURG, Sam. Historical thinking and other unnatural acts: charting the future of teaching the past. Philadelphia: Temple University Press, 2001. (Critical Perspectives on the Past).
WOORSTER, Donald. Para fazer uma historia ambiental. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v.4, n.8, p.198-215, 1991.
 

Clique para consultar os requisitos para FLH0421

Clique para consultar o oferecimento para FLH0421

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP