Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
História
 
Disciplina: FLH0444 - História da Ciência, da Técnica e do Trabalho
History of Science, Technology and Work

Créditos Aula: 5
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 105 h ( Práticas como Componentes Curriculares = 20 h )
Tipo: Semestral
Ativação: 15/07/2015 Desativação:

Objetivos
O objetivo da disciplina é apresentar as principais linhas historiográficas da história das ciências, técnicas e tecnologias em seu diálogo com a história econômica, social e cultural. Visa também discutir tópicos sobre o ensino da história das ciências destacando temas recorrentes para as áreas científicas, tanto nas ciências humanas quanto nas ciências exatas e naturais.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
954874 - Francisco Assis de Queiroz
943979 - Gildo Magalhães dos Santos Filho
1514530 - Márcia Regina Barros da Silva
 
Programa Resumido
Entre os temas abordados deve-se destacar os debates sobre os conceitos de continuidade e ruptura nos processos de produção científica; questões relacionadas aos processos de difusão do conhecimento; relações históricas entre humanidades e ciências naturais; institucionalização, consolidação e divisão das ciências; construção, representação e papel do cientista na sociedade; trabalho e o desenvolvimento científico-econômico; ciência, tecnologia, nacionalismo e globalização; ética e poder da e nas ciências; interação da ciência com outras variáveis da história e da cultura (política, mentalidade, arte, religião...). A abordagem adotada poderá ser geográfica, cronológica ou temática e predominantemente interdisciplinar.
 
 
 
Programa
• Introdução aos problemas e métodos da história das ciências
• História da ciência e ensino
• O pensamento antigo: história natural, técnica e medicina
• Processos de difusão do conhecimento científico e técnico: relações entre o Oriente e a Idade Média ocidental
• O Renascimento - as grandes navegações, arte, ciência e representações do mundo
• A Revolução Científica dos séculos XVI e XVII e as revoluções cientificas
• Ciência e técnica na era das revoluções
• Mecanicismo e Iluminismo
• As controvérsias práticas e filosóficas das teorias da geração, desenvolvimento e reprodução
• Evolução - especulações e teorias
• Consolidação e divisão das ciências no século XIX
• Microbiologia, teoria das doenças e fisiologia numa era de revoluções
• Da genética mendeliana ao Projeto Genoma e a disputa ideológica sobre as bases da hereditariedade - função e causalidade
• Poder da ciência e ética no mundo contemporâneo
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas teórico-expositivas
Análise de textos
Apresentação e análise de filmes e/ou documentários
Seminários

Atividades discentes
Leituras programadas
Seminários
Participação nas aulas e demais atividades relacionadas ao curso.
Critério
A avaliação terá por base a realização de seminário, trabalho e/ou prova escrita e/ou oral sobre os temas e textos trabalhados ao longo do curso.
Norma de Recuperação
A recuperação será possível aquele(a) que frequentar pelo menos 70% das aulas do curso e que tenha realizado pelo menos uma das duas provas solicitadas. A recuperação poderá consistirá: na entrega de trabalho e resenha de 50% dos textos lidos durante o curso em prazo a ser estipulado; em prova escrita e/ou oral ou trabalho sobre o conteúdo discutido no curso.
 
Bibliografia
     
BERNAL, John Desmond. Ciência na História. Lisboa: Livros Horizonte, 1976, 7 vols.
BLOOR, David. Conhecimento e imaginário social. Tradução Marcelo do Amaral Penna-Forte. São Paulo: Editora UNESP, 2009.
BROOKE, John H. Ciência e Religião: Algumas Perspectivas Históricas. Porto: Ed. Porto, 2005.
BURKE, Peter. Uma história social do conhecimento de Gutenberg a Diderot. Tradução Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor,
CHALMERS, Alan F. O Que é Ciência, Afinal? Trad. de Raul Fiker. São Paulo: Brasiliense, 1995.
FARADAY, Michael. A história química de uma vela. São Paulo: Contraponto, 2003.
FLECK, Ludwik. Génese e desenvolvimento de um fato científico. Tradução Georg Otte e Mariana Camilo de Oliveira. Belo Horizonte: Fabrefactum, 2010.
FORBES, R., DIJKSTERHUIS, E. História da Ciência e da Técnica. Lisboa: Ulisseia, s/d.
GAMA, Ruy. A Tecnologia e o Trabalho na História. São Paulo: Nobel/EDUSP, 1986.
GOULD, Stephen Jay. Pilares do Tempo: Ciência e Religião na Plenitude da Vida. Tradução de F. Rangel; Rio de Janeiro: Rocco, 2002.
GOULD, Stephen Jay. Viva o brontossauro. São Paulo: Cia. das Letras, 1992.
HELLMAN, Hal. Grandes debates na ciência. São Paulo: UNESP, 1999.
HENRY, John. A Revolução Científica e as Origens da Ciência Moderna. Trad. de Maria Luiza X. de A. Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1998.
JACOB, François. A Lógica da Vida: Uma História da Hereditariedade. Trad. de Ângela Loureiro de Souza; Rio de Janeiro: Edições Graal, 1983.
KELLER, Evelyn Fox. O Século do Gene. Tradução de Nelson Vaz; Belo Horizonte: Crisálida, 2002.
KRAGH, Helge. Introdução à Historiografia da Ciência. Porto: Porto, 2001.
LANGEVIN, Paul. “O Valor Educativo da História das Ciências”. In: GAMA, Ruy. Ciência e Técnica: Antologia de Textos Históricos. São Paulo: T. A. Queiroz, 1992.
LATOUR, Bruno & WOOLGAR, Steve. A vida de laboratório: a produção dos fatos científicos. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1997.
LATOUR, Bruno. A esperança de Pandora. Tradução Gilson César Cardoso de Sousa. Bauru, São Paulo: EDUSC, 2001.
LATOUR, Bruno. Ciência em ação. São Paulo: Unesp, 2000.
LE COUTEUR, P. e BURRESON, J.. Os botões de Napoleão. Rio de Janeiro: J. Zahar, 2006.
LEVI, Primo. A Tabela Periódica. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1994.
LINDBERG, David C. Los Inicios de la Ciencia Occidental: La Tradición Científica Europea en el Contexto Filosófico, Religioso e Institucional (desde el 600 a. C. hasta 1450). Traducción de Antonio Beltrán. Barcelona, Buenos Aires, México: Paidós, 2002.
MAGALHÃES, Gildo. Introdução à Metodologia da Pesquisa: Caminhos da Ciência e Tecnologia; São Paulo: Ática, 2005.
MAGALHÃES, Gildo. Uma introdução à metodologia de pesquisa. São Paulo: Ática, 2005.
MARGULIS, Lynn e Sagan, Dorion – O que é vida? Rio de Janeiro, J. Zahar, 2002.
MAYR, Ernst. Biologia, Ciência Única. Tradução de Marcelo Leite; São Paulo: Companhia das Letras, 2005.
MOTOYAMA, Shozo (Org.). Prelúdio para uma História: Ciência e Tecnologia no Brasil. São Paulo: EDUSP, 2004.
RHEINBOLDT, Heinrich. História da Balança. São Paulo: Edusp, 1988.
RONAN, Colin A. História Ilustrada da Ciência da Universidade de Cambridge. Tradução de Jorge Enéas Fortes. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001, 4 vols.
ROSEN, George – Uma história da saúde pública. São Paulo: Unesp, 1994.
SACKS, Oliver. Tio Tungstênio. São Paulo: Cia. das Letras, 2002.
SERRES, Michel (Dir.). Elementos para uma História das Ciências. Lisboa: Terramar, 3 vols.,1996.
 

Clique para consultar os requisitos para FLH0444

Clique para consultar o oferecimento para FLH0444

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP