Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Letras Modernas
 
Disciplina: FLM0286 - Introdução à Prática de Tradução do Espanhol
Introduction to Spanish Translation Practices

Créditos Aula: 2
Créditos Trabalho: 1
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2007 Desativação:

Objetivos
Oferecer uma abordagem introdutória da tradução, no que constitui sua característica fundamental: a exposição a problemas de tradução variados, nas dimensões lingüísticas, estilísticas e culturais, em diferentes tipologias textuais, com a finalidade primordial de conscientizar os alunos da complexidade da natureza do ato tradutório e das diferentes problemáticas nele envolvidas. Contribuir para desconstruir crenças sobre tradução e sobre linguagem que possam levar o tradutor novato a traduzir automaticamente, linearmente, sem consciência da necessidade de contextualização e de adequação a finalidades específicas e ao público e cultura de chegada, e com visões biunívocas, estáticas e simplistas de equivalência tradutória. Iniciar a familiarização dos estudantes com métodos, estratégias e técnicas da tradução. Dar impulso inicial ao desenvolvimento uma competência tradutória geral para a tradução direta escrita, na relação tradutória espanhol/português.
 
 
 
Programa Resumido
A partir da análise crítica de casos de tradução e de exercícios guiados de tradução direta escrita, para uma variedade de tipologias textuais, enfatizar-se-á a complexidade do ato tradutório, em suas dimensões de ato comunicativo, operação textual e processo mental, com o intuito de desconstruir visões simplistas e estáticas da linguagem, do texto e da tradução, que costumam levar novatos em tradução a traduzirem linearmente, sem contextualização adequada, com tendência ao decalque e/ou com pouca segurança das soluções a que chegam. O curso dará destaque à tradução subordinada, posto que este tipo de tradução parece ter o potencial de deixar especialmente clara a importância do público e da finalidade em tradução, e favorecer a contextualização e o afastamento da lineariedade.
 
 
 
Programa
- A tradução como operação textual e tipologia textual em tradução
- Texto sagrado e intraduzibilidade
- Fraseologia no texto jurídico e documentação
- Narrativa: conto infantil
- Tradução subordinada e a teoria da finalidade
Palavras cruzadas
Histórias em quadrinhos
Especificidades da legendagem e da dublagem
Tradução de canções
Tradução de softwares
- Cultura, uso e variação lingüística em tradução
- Tradução de nomes próprios e normas internacionais para a tradução
- Lírica, função poética e transcriação
 
 
 
Avaliação
     
Método
Estudo de casos, com ênfase especial na tradução subordinada; exercícios que levem à construção de uma teoria implícita e à conscientização da natureza complexa do ato tradutório; sistematização de conceitos teóricos.
Critério
Um exercício de tradução (9a semana), peso 1, uma avaliação final, peso 2.
Norma de Recuperação
 
Bibliografia
     
ALVES, Fabio; MAGALHÃES, Célia & PAGANO, Adriana. (2000): Traduzir com autonomia. Estratégias para o tradutor em formação. São Paulo: Contexto.
ARROJO, Rosemary. (1999): Oficina de tradução. A teoria na prática. São Paulo: Ática.
ASSMANN, Jan. (1996): Translating Gods: Religion as a Factor of Cultural (Un)Translatability. In: BUDICK, S. & ISER, W. (ed.). The Translatability of Cultures. California: Standford University Press. p. 25-36.
AUBERT, Francis Henrik. (1994): As (In)Fidelidades da Tradução. Servidões e autonomia do tradutor. Campinas, SP: Editora da UNICAMP.
AUBERT, Francis Henrik. (1998): Modalidades de tradução: teoria e resultados. TradTerm - Revista do Centro Interdepartamental de Tradução e Terminologia, 5 (1), São Paulo: Humanitas/CITRAT-USP, p. 99-128.
BAKER, Mona. (ed.). (1998): Routledge Encicopedia of Translation Studies. Londres: Routledge.
BAKER, Mona. (1992): In other words. Londres: Routledge.
BENJAMIN, Walter. La tarea del traductor. In: VEGA, Miguel Ángel (ed.). Textos clásicos de teoría de la traducción. Madri: Cátedra, 1994. p. 285-296.
BORGES, Jorge Luis. (1926/1997): Las dos maneras de traducir. In: Textos recobrados. Buenos Aires: Emecé, 1997. Publicado por primera vez en La Prensa. Buenos Aires, 1 de agosto de 1926.
CARBONELL I CORTÉS, Ovidi. (1999): Traducción y cultura. Salamanca: Colegio de España.
CINTAS, Jorge Díaz. (2003): Teoría y práctica de la subtitulación: inglés / español. Barcelona: Ariel.
CORREA, Regina Helena Machado Aquino. (2000): Ensino de tradução e a tradução de cultura. In: DURÃO, Adja Balbino de Amorim Barbieri & ANDRADE, Otávio Goes (org.). Anais das II Jornadas de Estudos Hispânicos: Problemas de Ensino / Aprendizagem de Brasileiros Estudantes de Espanhol. Tomo II. Londrina: UEL.
GOETHE, J. W. von. (1819/1994): Diván de Oriente y Occidente. In: VEGA, Miguel Ángel (ed.). Textos clásicos de teoría de la traducción. Madri: Cátedra, 1994. p. 247-248.

GOETHE, J. W. von. (1811-1833/1994): Ficción y verdad. In: VEGA, Miguel Ángel (ed.). Textos clásicos de teoría de la traducción. Madri: Cátedra, 1994. p. 249.
GONZÁLEZ, Neide T. Maia. Tradução: a multiplicação ou a substituição das aspas? (Fundamentos para a crítica da tradução de dois romances de Manuel Puig ao Português). Anuario Brasileño de Estudios Hispánicos, 2.
HATIM, Basil & MASON, Ian. (1990/1995): Teoría de la traducción. Una aproximación al discurso. Barcelona: Ariel, 1995. (Discourse and the Translator. Londres: Longman, 1990).
HURTADO ALBIR, Amparo (org.). (1999): Fundamentos. Objetivos de aprendizaje y metodología en la formación de traductores e intérpertes. In: Enseñar a traducir. Metodología en la formación de traductores e intérpretes. Madri: Edelsa.
HURTADO ALBIR, Amparo. (1996b): La enseñanza de la traducción directa "general". Objetivos de aprendizaje y metodología. In: HURTADO ALBIR, Amparo. (ed.). La enseñanza de la traducción. Castellón: Universitat Jaume I. (Collecció "Estudis sobre la Traducció" 3).
HURTADO ALBIR, Amparo. (2001): Traducción y traductología. Madri: Cátedra.
JAKOBSON, Roman. (1960/1969): Aspectos lingüísticos da tradução. In: Lingüística e comunicação. São Paulo: Cultrix, 1969. p. 63-62 (On linguistic aspects of translation. In: BROWER, R. S. (ed.) On Translation. New York: Oxford, 1960.)
LUTERO, M. (1530/1994): Circular sobre la traducción. In: VEGA, Miguel Ángel (ed.). Textos clásicos de teoría de la traducción. Madri: Cátedra, 1994. p. 105-112.
MILTON, John. (1998): Tradução. Teoria e Prática. São Paulo: Martins Fontes.
MOUNIN, Georges. (1963/1971): Los problemas teóricos de la traducción. Madri: Gredos, 1971 (Les problèmes théoriques de la traduction. Paris: Gallimard, 1963).
MOYA, Virgilio. (2000): La traducción de los nombres propios. Madri: Cátedra.
NIDA, Eugene A. & TABER, Charles. R. (1969/1986): La traducción: teoría y práctica. trad. e adapt. A. de la Fuente Adánez. Madri: Ediciones Cristiandad, 1986. (The Theory and Practice of Translation. Leiden: E.J.Brill, 1969)
OSIMO, Bruno (2001): O processo de tradução (primeira parte). In: Curso de tradução. Disponível na Internet em:
http://www.logos.it/pls/dictionary/linguistic_resources.traduzione_bp?lang=b
PACTE (Process in the Acquisition of Translation Competence and Evaluation). (2001): La competencia traductora y su adquisición. Quaderns. Revista de Traducció, 6, Barcelona, p. 39-45. (Disponível em: http://dois. mimas. ac.uk/DoIS/data/Articles/julffkeby:2001:v:6:p.39-45.html)
PRESAS, Marisa. (1998): Los componentes de la competencia pretraductora en el marco del diseño curricular. In: GARCÍA IZQUIERDO, Isabel & VERDEGAL, Joan (eds.): Los estudios de traducción: un reto didáctico. Castelló de la Plana: Publicacions de la Universitad Jaume I, D.L..
REISS, Katherine & VERMEER, Hans J. (1984/1996): Fundamentos para una teoría funcional de la traducción. Madrid: Akal, 1996. (Grundlegung einer allgemeinen Translationstheorie. Tübingen: Max Niemeyer Verlag, 19912 ed. [1 ed. 1984])
ROBINSON, Douglas. (1997/2002): Construindo o tradutor. trad. Jussara Simões. Bauru, SP: EDUSC. (Becoming a Translator. An accelerate course. Londres: Routledge, 1997.)
SCHLEIERMACHER, F. (1813/1994): Sobre los diferentes métodos de traducir. In: VEGA, Miguel Ángel (ed.). Textos clásicos de teoría de la traducción. Madri: Cátedra, 1994. p. 224-235.
SNELL-HORNBY, Mary. (1988/1999): Estudios de traducción. Hacia una perspectiva integradora. Salamanca: Almar, 1999. (Translation Studies: An Integrated Approach. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, 1988).
 

Clique para consultar os requisitos para FLM0286

Clique para consultar o oferecimento para FLM0286

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP